Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças

A irritação de Paulo Guedes com Luiz Fux

A suspensão da redução de impostos para a importação de armas de fogo irritou o ministro

Por Victor Irajá Atualizado em 24 dez 2020, 11h33 - Publicado em 24 dez 2020, 14h03

O ministro da Economia, Paulo Guedes, não ficou nada satisfeito com a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, de revogar a isenção de impostos para a importação de armas de fogo no Brasil. Ao secretariado, Guedes reclamou: “Eu sou o ministro da Economia. Não posso decidir nem incidência de impostos sobre o que quer que seja?”.

Como mostrou o Radar Econômico, a decisão da Câmara de Comércio Exterior, a Camex, segundo membros do colegiado, foi tomada pensando no estímulo ao comércio. Membros da câmara juram que os preceitos morais foram apreciados, mas que a decisão envolveu critérios absolutamente técnicos. As deliberações tributárias do STF, vale dizer, não vêm agradando nem mesmo entre os pares do Direito

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Publicidade