Alimentos

Preço do tomate cede no varejo - mas sobe mais de 300% no atacado

Segundo o IGP-M, apenas entre janeiro e abril de 2013, o valor médio do item acumulou elevação também expressiva, de 127,81%

Tomates

Tomate: no atacado, preço continua subindo (Thinkstock)

O preço médio do tomate no atacado acumulou alta de 333,09% no acumulado dos últimos 12 meses até abril, no âmbito do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), de acordo com a Fundação Getulio Vargas (FGV). Entre janeiro e abril de 2013, o valor médio do item acumulou elevação também expressiva, de 127,81%. 

Quem imaginava que os recentes protestos e piadas que chegaram à internet sobre o preço do tomate provocaria alguma mudança de comportamento do valor do produto certamente se surpreendeu com mais uma nova alta mensal no item. Em abril, também no âmbito do IGP-M, houve avanço de 18,72% no atacado ante variação positiva de 4,35% verificada em março.

Ao detalhar o IGP-M de abril, o economista da FGV André Braz citou alguns dos motivos para a resistência do tomate em níveis fortemente elevados. De acordo com Braz, um dos fatores é que o inverno rigoroso de 2012 prejudicou o amadurecimento do fruto nas lavouras, puxando o preço para cima, numa época na qual se aguardava um comportamento diferente. "Parecia que o tomate estava numa geladeira, o que retardou o amadurecimento do fruto", disse.

Leia também:
Piadas sobre tomate contagiam empresas nas redes sociais
No rali da inflação, leite poderá ser o novo tomate

Outros motivos listados foram a redução da área plantada e o aumento de custo com mão de obra e combustível para o frete. Para completar, houve uma demanda mais intensa em relação ao tomate. No varejo, pela pesquisa do IGP-M, o cenário também não foi dos mais animadores. Entre março e abril, a alta do item passou de 10,36% para 11,69%. No acumulado de 2013, o preço do tomate subiu 85,15% e, em 12 meses, 176,35%.

Preço cai no varejo - O resultado do IGP-M coloca novamente em atenção a inflação do tomate no varejo para os próximos meses, apesar da recente queda dos preços nos supermercados. Em grandes redes, como o Pão de Açúcar, os preços caíram em cerca de 50%. Se, em março, o quilo estava acima de 10 reais, agora está em cerca de 5 reais. Na Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), houve queda de 75% no preço do fruto - de 10 reais o quilo para 2,50 reais.

(Com Estadão Conteúdo)

Tomate é prato cheio para as redes sociais

O tomate foi o meme brasileiro mais criado na internet no primeiro semestre

1 de 21

Dilma Bolada

O programa Minha Casa, Minha Vida foi redesenhado - e este pode ser o provável cartaz da campanha presidencial das eleições de 2014

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados