Mais Lidas

  1. Veja fotos da casa onde adolescente foi estuprada no Rio

    Brasil

    Veja fotos da casa onde adolescente foi estuprada no Rio

  2. A selvageria continua: bandidos fazem ofensiva para difamar vítima de estupro coletivo

    Brasil

    A selvageria continua: bandidos fazem ofensiva para difamar vítima...

  3. Marido toma gosto e posta nova foto sensual de Luana Piovani

    Entretenimento

    Marido toma gosto e posta nova foto sensual de Luana Piovani

  4. Defesa de vítima de estupro pedirá afastamento de delegado no Rio

    Brasil

    Defesa de vítima de estupro pedirá afastamento de delegado no Rio

  5. Luana Piovani tem nude disparado pelo marido

    Entretenimento

    Luana Piovani tem nude disparado pelo marido

  6. Bolsa Família perdeu R$ 2,6 bilhões com fraudes

    Brasil

    Bolsa Família perdeu R$ 2,6 bilhões com fraudes

  7. Vício em álcool e drogas levou Johnny Depp à violência, acusa ex

    Entretenimento

    Vício em álcool e drogas levou Johnny Depp à violência, acusa ex

  8. Em novo áudio, Sérgio Machado diz ter agido em nome de Temer

    Brasil

    Em novo áudio, Sérgio Machado diz ter agido em nome de Temer

Nissan investirá R$ 750 milhões para lançar novo modelo no Brasil

Com o Kicks, montadora quer ganhar terreno no segmento de SUVs, um dos poucos que cresceram no país em 2015

- Atualizado em

Carlos Ghosn, CEO da Renault
O presidente mundial da Nissan, Carlos Ghosn(Daniel Roland/AFP/VEJA)

A Nissan apresentou nesta segunda-feira um plano de negócios que prevê investimento de 750 milhões de reais em três anos para a produção do Kicks, com o qual a montadora pretende avançar no segmento de SUVs. O novo modelo chegará ao mercado ainda em 2016 e será produzido em Resende, no Rio de Janeiro. A montadora prevê adicionar 600 empregos à atual equipe de 1.500 funcionários quando o projeto atingir seu pico.

O investimento da Nissan mira um dos poucos segmentos em que houve crescimento no ano passado, quando o mercado automotivo encolheu em torno de 25%. O presidente mundial da Renault-Nissan, Carlos Ghosn, que anunciou o lançamento na sede da empresa no Brasil, no Rio, destacou que o quadro de curto prazo é de pessimismo. Para o executivo, a projeção da Anfavea (associação de montadoras), de nova contração no mercado em 2016, desta vez de 5%, é "otimista".

"Eu, pessoalmente, acho um pouco otimista. Se o mercado se contrair 5% seria uma boa notícia", afirmou Ghosn, que lançou dúvidas sobre a volta do crescimento do mercado em 2017. "Seria uma enorme surpresa se o mercado voltasse a crescer em 2016 ou mesmo em 2017."

No lançamento do Kicks, os executivos da Nissan destacaram que, apesar da queda nas vendas em 2015, a empresa conseguiu registrar retração abaixo das demais companhias e, dessa forma, ganhou mercado. A Nissan passou de 2,1% para 2,5% do mercado nacional. "Não posso dizer que foi um grande ano, mas aumentamos nossa participação no mercado", afirmou Ghosn.

Leia também:

Produção de veículos acumula queda de 22% no ano

Empresários querem definição rápida sobre impeachment

(Com Estadão Conteúdo)

TAGs:
Nissan
Carro
Veículos