Mais Lidas

  1. Pedro Corrêa faz relato contundente de envolvimento de Lula no petrolão

    Brasil

    Pedro Corrêa faz relato contundente de envolvimento de Lula no...

  2. Polícia pede a prisão de quatro suspeitos de estupro coletivo no Rio

    Brasil

    Polícia pede a prisão de quatro suspeitos de estupro coletivo no Rio

  3. Polícia tenta identificar bandidos que praticaram estupro coletivo em favela do Rio de Janeiro

    Brasil

    Polícia tenta identificar bandidos que praticaram estupro coletivo...

  4. OAB divulga nota em repúdio a estupro coletivo de jovem de 16 anos no Rio

    Brasil

    OAB divulga nota em repúdio a estupro coletivo de jovem de 16 anos...

  5. China cria ônibus que 'passa por cima' de engarrafamentos

    Economia

    China cria ônibus que 'passa por cima' de engarrafamentos

  6. Bolsa Família perdeu R$ 2,6 bilhões com fraudes

    Brasil

    Bolsa Família perdeu R$ 2,6 bilhões com fraudes

  7. PGR não tem mais dúvidas de que Lula comandou trama contra a Lava Jato

    Brasil

    PGR não tem mais dúvidas de que Lula comandou trama contra a Lava Jato

  8. Pimentel recebeu R$ 20 mi da Caoa, diz delator

    Brasil

    Pimentel recebeu R$ 20 mi da Caoa, diz delator

Bombardier construirá monotrilho em São Paulo

Empresa canadense venceu licitação e terá 1,44 bilhão de reais para construir os trens da linha Expresso Tiradentes

- Atualizado em

Pelo menos 60% dos lugares deverão pertencer à classe econômica
Empresa produzirá 378 carros que serão instalados em 54 trens(Comstock/VEJA)

As construtoras Queiroz Galvão e OAS participaram do consórcio que venceu a licitação e deverão pilotar as obras do monotrilho

A canadense Bombardier terá 1,44 bilhão de reais do contrato de 2,46 bilhões de reais para construção do monotrilho que será instalado na linha Expresso Tiradentes, que liga o centro da capital paulista ao bairro de Cidade Tiradentes, na zona leste. A extensão da obra é de 24 quilômetros.

As construtoras Queiroz Galvão e OAS venceram com a Bombardier licitação para a construção do monotrilho.

O consórcio Expresso Monotrilho Leste é liderado pela Queiroz Galvão e a OAS. A Bombardier será fornecedora de equipamentos. A companhia canadense vai projetar e fornecer o trilho para a linha que terá 17 estações, segundo comunicado da Bombardier nesta segunda-feira.

O contrato envolve 378 carros que serão instalados em 54 trens de 7 carros cada. O sistema é automatizado e os trens operarão sem condutor, de acordo com a Bombardier.

Segundo a Bombardier, os primeiros carros do monotrilho serão produzidos na fábrica da companhia no Canadá, mas os carros subsequentes serão produzidos na unidade da empresa em Hortolândia, no interior de São Paulo.

A expectativa é que a primeira fase do projeto entre em operação em 2014.

(Com Reuters)

TAGs:
Transportes
Negócios