Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lugo aceita deixar o poder

O presidente Fernando Lugo disse nesta sexta-feira que acata a decisão do Congresso de destituí-lo, mas classificou a medida de “ferida profunda na democracia paraguaia”, em um discurso após a decisão parlamentar.

“Submeto-me à decisão do Congresso”, disse Lugo. “Foi a história paraguaia, sua democracia, que foram feridas profundamente.”

“Hoje, retiro-me como presidente, mas não como cidadão paraguaio”, disse o presidente destituído, expressando seu desejo de que não haja incidentes. “Que o sangue dos justos não seja derramado”, pediu Lugo, que deixou o palácio presidencial após o discurso.

Lugo foi destituído pelo Congresso após um julgamento político realizado no Senado, que durou apenas cinco horas.