Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Orzechowski quebra recorde sul-americano nos 50m costas

A primeira etapa decisiva do Troféu Maria Lenk cumpriu o que prometeu com bons resultados e provas bem disputadas. Daniel Orzechowski, do Pinheiros, fizera melhor marca do ano nos 50m costas nas eliminatórias (24s66) e conseguiu tempo ainda melhor na final, com 24s44, que supera o recorde sul-americano de Guilherme Guido, 24s49, no Mundial dos Esportes Aquáticos de Roma 2009.

‘Adoro esta prova e estou muito feliz com esta marca. Que pena que não é olímpica. Mas agora estou ainda mais confiante para os 100m costas, já que o objetivo principal é conseguir o índice para as Olimpíadas’, disse Daniel, recordista sul-americano.

Entre as mulheres, Fabíola Molina, do Minas Tênis, venceu os 50m costas, com 28s74, e chegou na frente da francesa Laure Manaudou (28s81), do Pinheiros.’Treinei muito forte pra conseguir o índice nos 100m aqui no Maria Lenk, mas hoje sinceramente não gostei do meu tempo. Minha chegada foi péssima. Vou analisar o vídeo da prova pra ver onde errei’, explicou.

Nos 200m peito, Tales Cerdeira, que conquistara a vaga olímpica nas eliminatórias, ganhou a disputa com 2m12s40. Com os resultados, a prova de 200m peito está fechada com Tales e Henrique para os Jogos Olímpicos de Londres 2012 e está fora do programa da Tentativa Olímpica, em maio. Sentindo a as dores do estiramento na virilha direita, Tales recordou como ficou de fora de grandes competições por muito pouco.

‘Nadei pra não dar mole pros adversários. Não esqueço que ano passado fiquei fora do Mundial de Xangai por um centésimo e há quatro anos nesse mesmo parque aquático chorei por ter ficado de fora dos Jogos de Pequim 2008. Agora vou fazer o que fiz para nadar essa final, ou seja, ficar mais na maca que na piscina porque quero tentar a vaga dos 100m peito, que já foi minha um dia. Para Pequim fiquei com o terceiro tempo’, contou.

A prova dos 100m peito será na quinta-feira e promete oferecer umas das grandes emoçõess da competição. ‘O meu tempo está muito próximo dos que estão com o índice’, completou Tales.Nos 200m peito feminino, a vitória ficou com Pâmela Souza (2m31s66), do Corinthians, de 18 anos. A atleta está em seu primeiro ano no clube, tendo começado no Santo André e passado pelo Sesi/SP. Este foi seu primeiro título adulto.

Na primeira do dia, os 200m livre feminino, a dinamarquesa Lotte Friis, do Corinthians, com 1m59s65, bateu o recorde da competição, 1m59s78, que pertencia a Monique Ferreira desde maio de 2009. Manuella Lyrio, do Minas Tênis Clube, ficou com o segundo posto pelo tempo de 2m00s27.

Aliás, a prova foi muito positiva, pois além de Manuella, outras duas atletas brasileiras fizeram na casa dos 2m00s: Joanna Maranhão, do Flamengo (4 , 2m00s90) e Jessica Cavalheiro, do Fluminense (5 , 2m00s99).

‘Estou me sentindo muito cansada, mas feliz por ter conseguido ajudar o Corinthians’, disse Lotte. A versão masculina da prova João de Lucca, do Flamengo, venceu ao completar em 1m48s26. O tempo o deixa mais perto do índice olímpico, 1m47s63.

‘Estou me sentindo cansado. Estou contente porque não nadei bem de manhã. Errei a estratégia e ainda não estava me sentindo dentro da competição. Me superei nessa prova e acabei fazendo um tempo muito bom. Fiquei confiante para a Tentativa, acho que dá pra conseguir o índice sim’, disse.Confira todos os resultados:

Finais – 1Etapa

200m Livre F

1) Lotte Friis, Corinthians, 1m59s65 (recorde de campeonato)

2) Manuella Lyrio, Minas Tênis, 2m00s27

3) Laure Manaudou, Pinheiros, 2m00s43

200m Livre M

1) João de Lucca, Flamengo, 1m48s26

2) Nicolas Oliveira, Minas Tênis, 1m48s79

3) Charles Houchin, Minas Tênis, 1m48s83

50m Costas F

1) Fabíola Molina, Minas Tênis, 28s74

2) Laure Manaudou, Pinheiros, 28s81

3) Etiene Medeiros, Flamengo, 28s91

50m Costas M

1) Daniel Orzechowski, Pinheiros, 24s44 (Recorde Sul-Americano/ Brasileiro/ Campeonato)

2) Guilherme Guido, Pinheiros, 24s82

3) Eugene Godsoe, Flamengo, 25s01

200m Peito F

1) Pâmela Souza, Corinthians, 2m31s66

2) Julia Sebastian, Unisanta, 2’32’8

3) Juliana Marin, Minas Tênis, 2’34’8

200m Peito M

1) Tales Cerdeira, Flamengo, 2m12s40

2) Felipe Lima, Minas Tênis, 2m12s62

3) Henrique Barbosa, Flamengo, 2m13s52

1500m Livre F

1) Lotte Friis, Corinthians, 16m11s76

2) Cecilia Biagioli, Unisanta, 16m13s84

3) Poliana Okimoto, Corinthians, 16m47s37