Inter usa vitória sobre Cerâmica como preparação para a Libertadores

Além de ter colocado o Internacional na semifinal da Taça Farroupilha, a vitória por 3 a 0 sobre o Cerâmica serviu de preparação para a equipe para a última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América. O técnico Dorival Júnior espera que as virtudes de seu time neste domingo se repitam no confronto com o já eliminado Juan Aurich, quinta-feira, no Peru.

‘Vamos levar a paciência, a posse de bola, a mudança de comportamento de uma etapa para outra, a marcação exercida no segundo tempo em cima do que trabalhamos nesta semana para lá. São pontos bastante positivos’, observou Dorival. ‘Mas cada partida tem sua história e suas peculiaridades. Toda a tensão é pouca para quinta-feira’, ressalvou o comandante colorado.

O treinador ainda se estendeu sobre os méritos do Inter para derrotar o Cerâmica. ‘No primeiro tempo, o adversário teve uma boa postura, com forte marcação, e soube nos neutralizar. No segundo, a equipe foi mais participativa. Adiantamos a nossa marcação e trabalhamos a posse de bola no campo adversário, como treinamos durante a semana. A mudança de postura fez com que melhorássemos’, analisou.

Mesmo satisfeito por ter avançado no Campeonato Gaúcho, Dorival sabe que a prioridade do Inter é outra. Seu time só depende de uma vitória para confirmar classificação para as quartas de final ou de um tropeço do The Strongest contra o Santos, na Vila Belmiro.

‘Não podemos achar que está tudo definido porque o Santos vai enfrentar outro adversário em sua casa. O foco está mantido para o nosso primeiro objetivo a ser alcançado a partir da nossa vitória, que nos dará tranquilidade’, respeitou Dorival Júnior.