Musical de Sting é cancelado na Broadway

O músico foi inserido no elenco no início de dezembro para tentar salvar a bilheteria do espetáculo, mas a medida não teve o efeito esperado

Não está fácil para ninguém: Sting tentou, mas não conseguiu alavancar as vendas de seu musical, The Last Ship, na Broadway. Em um e-mail enviado nesta segunda-feira aos membros da peça, os produtores Jeffrey Seller e Kathryn Schenker informaram que o espetáculo deverá ser cancelado, e só permanecerá em cartaz em Nova York até 24 de janeiro. As informações são do site do jornal americano The New York Times.

“Estamos tristes com a nossa incapacidade de manter o público deste musical que amamos profundamente”, escreveram os produtores sobre o show, que custou cerca de 15 milhões de dólares e tinha um gasto semanal de 625.000 dólares.

Leia também:

Sting participará do próprio musical para salvar bilheteria

Sting entra para a lista de ricaços que não deixarão herança para os filhos

Sting ‘pena’ para vender ingressos na Broadway

Quando Sting entrou no elenco, no início de dezembro, a bilheteria quase dobrou e o show teve boas vendas. Mas, ainda assim, apenas 83% dos assentos foram ocupados na semana passada, considerada uma das mais movimentadas na Broadway.

The Last Ship é baseado em um livro de John Logan e Brian Yorkey, livremente adaptado por Sting, que incluiu passagens da sua infância no texto, além de informações da indústria de construção naval em Wallsend. Na história, o antigo líder da banda The Police interpreta o contramestre do estaleiro Jackie White.