Luiza Brunet exibe na TV foto de olho roxo após agressão

O 'Fantástico' revelou imagem de hematomas no rosto da atriz, consequência dos golpes desferidos pelo ex

Nesta semana, Luiza Brunet acusou o ex-namorado, o empresário Lírio Parisotto, de agressão. E na edição de domingo do Fantástico, a modelo e atriz revelou uma foto de um grande hetamoma no seu rosto, que seria consequência dos golpes desferidos pelo ex. “Tive medo de denunciar, tive vergonha. Infelizmente, ainda vivemos na cultura de que a vítima é que é a culpada de alguma forma”, desabafou Luiza em uma nota oficial enviada ao programa de TV.

LEIA TAMBÉM:

Luiza Brunet diz ter sido espancada pelo ex, Lírio Parisotto

Justiça proíbe Lírio Parisotto de se aproximar de Luiza Brunet

Ex de Luiza Brunet se defende: ‘Versão distorcida’

Luiza preferiu não gravar entrevista para o dominical, mas em comunicado enviado à emissora, agradeceu o carinho que recebeu dos fãs. Isso é o que me dá forças para seguir na luta pelo fim da violência contra as mulheres. Mantive uma união estável com um homem que acreditava que cuidaria de mim. Me enganei,” afirmou.

A atriz que está no elenco da novela Velho Chico ainda afirmou que todos os fatos sobre o caso já foram resumidos na imprensa, e que se sente magoada com pessoas que tentam culpá-la pela agressão que sofreu. “Muito tem sido dito a meu respeito, é triste ver pessoas buscando uma ação para justificar a agressão. Só quem vive isso sabe do pavor e dos sentimentos conflitantes que tomam conta da gente. Tenho minha consciência tranquila, nada fiz de errado. Fui vítima, como milhares de mulheres são diariamente em nosso país”, comentou na nota enviada ao programa.

Os advogados de Lírio Parisotto também enviaram um comunicado ao Fantástico dizendo que o empresário se encontra em uma viagem internacional e que ainda não foi intimado pela Justiça ou pelo Ministério Público. O ex de Luiza só se manifestará oficialmente após ter acesso aos autos do processo.

Entenda o caso – Luiza, revelou sua história na última sexta-feira pela coluna Ancelmo Góis, do jornal O Globo, e disse que procurou o MP na semana anterior. A atriz fez uma representação ao Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica (Gevid), do órgão, na quinta-feira, dia 23 de junho, em que diz ter sido vítima de agressão doméstica.

Luiza Brunet alega ter sido espancada por Lírio Parisotto em meio a uma crise de ciúmes, no apartamento do empresário em Nova York, na madrugada de 21 de maio passado. Ele teria desferido um soco e pontapés contra a ex-modelo, que teria acabado com quatro costelas quebradas.

Lírio Parisotto é presidente da Videolar Innova, empresa que atua na área de derivados de petróleo. Ele é um dos homens mais ricos do mundo, com fortuna estimada pela Forbes em cerca de 4 bilhões de reais. O empresário se defendeu das acusações através do Instagram e disse que uma versão distorcida dos fatos foi revelada, e que ele é quem teria sido agredido primeiro. O Ministério Público do Estado de São Paulo emitiu uma medida preventiva que proíbe o ex de se aproximar de Luiza Brunet.