Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Hoje é o Dia do Museu

Por AE

São Paulo (AE) – A influência das comunidades estrangeiras na cidade de São Paulo é o mote da programação organizada pela Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo para celebrar a Semana Nacional dos Museus e o Dia Internacional dos Museus, que é comemorado hoje. Uma resolução da secretaria determina que a partir de hoje – e em todo dia 18 de maio – os museus administrados pelo Estado – 14 na capital – terão entrada gratuita.

Dentro da programação especial, grande parte desses espaços na cidade promove atividades que permeiam o tema Cosmópolis: em São Paulo Cabe o Mundo. Cosmópolis é uma coletânea de reportagens realizadas em 1929 pelo jornalista, poeta, advogado e tradutor Guilherme de Almeida para o jornal “O Estado de S. Paulo” retratando, com o uso de recursos poéticos, o cotidiano de oito bairros paulistanos influenciados pela presença estrangeira naquele período. Este material foi reunido em livro em duas ocasiões: 1962 e 2004.

A ideia, segundo explica a coordenadora da unidade de museus da secretaria de Estado da Cultura, Claudinéli Ramos, é fazer uma reflexão sobre o quanto São Paulo foi construída por esse conjunto de culturas e, ao mesmo tempo, o quanto essa diversidade cultural se reelabora para formar uma tradição tipicamente paulista.

Na Casa Guilherme de Almeida (Rua Macapá, 187, Pacaembu. 11-3673-1883; terça a domingo, 10h às 17h), museu biográfico localizado na própria residência do escritor, que foi um dos mentores do movimento modernista brasileiro, será aberta amanhã, às 16h, a exposição Cosmópolis. O lugar terá dez painéis, nos quais trechos dos textos de Almeida ficarão expostos, juntamente com fotos ou ilustrações do final do anos 1920 dos bairros abordados pelo jornalista e imagens atuais desses locais.

“Procuramos fazer uma ligação do passado e do presente de São Paulo por meio dos textos dele”, afirma o diretor do museu, Marcelo Tápia. As informações são do Jornal da Tarde.