Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Volkswagen planeja demitir 800 pessoas no ABC paulista

Funcionários que receberam carta da montadora terão de comparecer nessa terça no Departamento Pessoal. Sindicato faz assembleia para discutir demissões

A Volkswagen começou o ano com ajustes em seu quadro de funcionários. Desde sexta-feira, cerca de 800 funcionários da fábrica em São Bernardo, no ABC paulista, receberam uma carta da empresa pedindo que comparecessem ao Departamento Pessoal nesta terça-feira. A fábrica da Anchieta, como é conhecida, é a mais antiga da montadora no Brasil e emprega 13 mil trabalhadores. A maioria dos funcionários estava em férias coletivas.

O Sindicato dos Metalúrgicos marcou uma assembleia para esta manhã para discutir o tema. No início de dezembro, a empresa tentou discutir um Programa de Demissão Voluntária (PDV) para 2,1 mil trabalhadores, mas as negociações foram suspensas quando o sindicato rejeitou a proposta.

Leia mais:

Funcionários da Volvo fazem greve contra demissões

Novo presidente da Oi demite 150 executivos

A Volkswagem ainda não confirmou as demissões, mas, em nota divulgada na segunda-feira, chama a atenção para a necessidade de adequação de seu efetivo e otimização de custos para melhorar a competitividade em sua fábrica na Anchieta.

O sindicato, porém, alega que a companhia firmou um acordo coletivo em 2012 que garante a estabilidade nos empregos até 2016.

Em 2014, as vendas da indústria automobilística brasileira em geral caíram 7,1%, sendo que a comercialização de carros Volkswagem despencou 13,5% em comparação com 2013.

(Com Estadão Conteúdo)