Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vale aprova expansão de US$6 bi de projeto em Moçambique

MAPUTO (Reuters) – O conselho de administração da Vale aprovou um investimento de 6 bilhões de dólares para expansão do projeto Moatize de carvão em Moçambique.

A empresa pretende elevar a produção de 11 milhões de toneladas por ano esperadas inicialmente para 22 milhões de toneladas, informou um representante da companhia nesta terça-feira.

Marcelo Matos, gerente geral de marketing e vendas da unidade de carvão da Vale, afirmou a jornalistas em Maputo que a primeira produção da mina ampliada está prevista para o segundo semestre de 2014.

Cerca de 70 por cento do carvão vindo da expansão será do tipo metalúrgico -importante insumo para a siderurgia- e o remanescente será carvão mineral.

A Vale começou a explorar o carvão em Moçambique mais cedo este ano e vem exportando pequenos volumes do carvão desde setembro. Os primeiros embarques do carvão metalúrgico são esperados para dezembro e serão elevados para escala comercial entre março e abril do próximo ano.

A expansão de Moatize incluirá a modernização do porto de Nacala, ao norte do país, que será usado pela Vale para exportar carvão, e a construção de uma linha ferroviária conectando a mina até o porto, como forma de amenizar os problemas de infraestrutura do país.

(Por Agnieszka Flak)