Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sharp cortará 5 mil empregos no mundo todo até março de 2013

Tóquio, 2 ago (EFE).- A japonesa Sharp cortará cinco mil postos de trabalho no mundo todo até março de 2013 como parte de seu plano de reestruturação, informou nesta quinta-feira a agência ‘Kyodo’, que cita fontes ligadas à empresa.

A Sharp anunciou na semana passada que estudava produzir pela primeira vez demissões em larga escala e vender escritórios para compensar os péssimos resultados do período abril-junho, que serão publicados ainda nesta quinta.

A empresa deverá registrar uma perda líquida de 100 bilhões de ienes (US$ 1,26 bilhão) nesse trimestre, o primeiro do ano fiscal 2012 no Japão, sobretudo devido à contínua deterioração das vendas de telas de LCD e painéis solares.

Contribuíram para o fraco desempenho os 150 bilhões de ienes (US$ 1,90 bilhão) que a empresa foi obrigada a pagar como compensação à americana Dell por um escândalo de fixação de preços no mercado do LCD.

A companhia registrou uma perda líquida recorde de 376 bilhões de ienes (US$ 4,75 bilhões) no exercício 2011, e prevê perder 30 bilhões de ienes (US$ 380 milhões) no atual ano fiscal, embora a perda possa ser maior em função dos custos da reestruturação. EFE