Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petrobras confirma nomeação de Pedro Parente para a presidência

A Petrobras informou nesta segunda-feira que o executivo Pedro Parente foi nomeado como conselheiro de administração e presidente da estatal a partir de 31 de maio. A nomeação ocorre após a renúncia de Aldemir Bendini, ocorrida nesta segunda.

A companhia também informou que Luciano Coutinho, ex-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), apresentou carta de renúncia ao Conselho de Administração e que seu cargo permanecerá vago até a eleição de um novo membro.

Segundo a estatal, o diretor de recursos humanos, segurança, meio ambiente e saúde e serviços, Hugo Repsold Júnior, para o exercício interino das funções de presidência da estatal.

Parente, escolhido pelo presidente da República interino Michel Temer, tinha passado no teste de integridade necessário para a sua contratação e aguardava apenas a formalização do Conselho. O teste de integridade funciona como uma pesquisa e uma análise feitas pela companhia para avaliar possíveis problemas jurídicos que envolvem o nome do indicado para a presidência.

Parente, de 63 anos, formado em engenharia, foi ministro do Planejamento e da Casa Civil no governo de Fernando Henrique Cardoso. Ele também presidiu a unidade brasileira da multinacional do agronegócio Bunge e atualmente é chairman da BM&FBovespa.

Em coletiva de imprensa realizada em Brasília no mesmo dia em que foi indicado aos cargos, Parente prometeu uma gestão “estritamente profissional” na estatal, sem indicações políticas. As declarações foram amplamente aprovadas pelo mercado financeiro e pela indústria.

(Com Reuters)