Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Parlamento húngaro desafía UE e FMI com reforma do Banco Central

O Parlamento húngaro aprovou nesta sexta-feira a polêmica lei sobre o Banco Banco Central (MNB) que amplia a influência do governo conservador de Viktor Orban nesta instituição, ignorando assim as críticas da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional.

A lei de reforma do MNB foi aprovada por quase a unanimidade dos presentes na câmara de 386 cadeiras. No total, 293 votaram a favor, 4 contra e houve uma abstenção. O Partido Fidesz do primeiro-ministro Orban conta com uma maioria de dois terços (263).