Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pacote só tem efeito no fim do ano, avalia FecomercioSP

Por Beatriz Bulla

São Paulo – A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) acredita que o novo pacote de estímulos à economia, anunciado nesta quarta-feira pelo governo, é positivo mas terá resultado modesto a curto prazo. “O novo pacote, mesmo somado às quedas de juros e à redução do spread bancário, deve começar a mostrar seus efeitos somente no final do ano”, diz a nota distribuída à imprensa.

No comunicado, a FecomercioSP elogia a ação do governo, embora peça a adoção de medidas que estimulem o consumo e a confiança do consumidor. “É o consumo das famílias o motor que tem possibilitado o desenvolvimento do País e a manutenção dos bons indicadores, mesmo frente ao cenário internacional.”

A entidade aprovou a redução da taxa de juros de longo prazo (TJLP) de 6% para 5,5% ao ano nos empréstimos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social(BNDES). Para a federação, a mudança “permitirá avanços nos investimentos produtivos no Brasil, apesar de a oferta de crédito internacional apresentar retração, o que também deve baratear o preço final dos produtos”.

O anúncio da utilização de R$ 8,4 bilhões para aquisição de equipamentos nos setores de saúde, educação e segurança, entre outros, também foi avaliado positivamente. “Isso deve representar um aumento de 8% na produção industrial no segundo semestre de 2012”, afirma a nota.