Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Os Estados continuaram acumulando euros no terceiro trimestre de 2011

Os Estados continuaram acumulando euros em seus cofres no terceiro trimestre de 2011, apesar do agravamento da crise da dívida pública na Europa, segundo mostram os dados publicados nesta sexta-feira pelo Fundo Monetário Internacional.

Em 30 setembro, os 139 Estados membros que informam ao FMI sobre a composição de suas reservas em divisas estrangeiras detinham algo mais de 1 trilhão de euros, ou seja, 2,8% a mais que em 30 de junho.

Estas estatísticas devem ser matizadas devido à recusa da China de revelar a composição de suas reservas. Estas constituiem as maiores reservas do mundo: 3,2 trilhões de dólares, ou seja, 31% do total.

No entanto, o valor do euro baixou frente ao dólar, a principal moeda das reservas internacionais, durante este trimestre, que foi marcado pela alta das taxas de juros na Itália.