Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nova alíquota de IPI para linha branca entra em vigor

A partir desta segunda, passam a valer as novas tributações anunciadas pelo ministro da Fazenda na semana passada

O governo federal divulgou nesta segunda-feira um decreto que retira parte do benefício do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para linha branca e móveis. Com o documento, passam a valer as novas alíquotas do imposto, com vigência até setembro, anunciadas pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, na última quinta-feira.

Mantega garantiu que o varejo e a indústria de móveis e eletrodomésticos de linha branca farão um esforço para absorver a recomposição das alíquotas de IPI sem que haja um aumento de preços.

A alíquota do fogão, que era de 2%, passa para 3%. Para tanquinho, ela passa de 3,5% para 4,5%. Para refrigerador e congelador, os 7,5% passam para 8,5%. A máquina de lavar roupa, que antes tinha taxa de 20%, já está em tarifa definitiva de 10%. Móveis em geral, que tinham alíquota de 2,5%, passam a ter 3%. Para as luminárias, os 7,5% passam para 10%. Para papéis de parede, a taxa sobe de 10% para 15%.

Leia também:

Governo eleva IPI para linha branca e móveis

(com Estadão Conteúdo)