Mantega diz que haverá limite de tomada por Estado

Por Célia Froufe e Eduardo Cucolo

Brasília – O ministro da Fazenda, Guido Mantega, explicou que haverá limite por Estado para tomada de recursos para empréstimos no valor total de R$ 20 bilhões, conforme anunciado nesta sexta-feira. “Estamos calibrando as regras para distribuir os recursos entre todos os Estados”, disse.

O ministro prevê que as regras de crédito devem estar prontas até o fim da próxima semana e, em seguida, passar pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

A contratação dos recursos deve ser feita pelos Estados até o dia 31 de janeiro de 2013, mas Mantega lembrou que o dinheiro pode ser liberado e o projeto implementado “ao longo do tempo”.Ele disse ainda que o limite de endividamento dos Estados será ampliado no Programa de Ajuste Fiscal (PAF) deste ano. “Vamos dar início a novas negociações e ampliar limites este ano a partir do PAF. Já iniciamos os procedimentos e conversamos com os Estados. Em um mês vamos ter tudo concluído”, estimou.