Investimento estrangeiro na China chegará a 420 bilhões de dólares entre 2006 e 2010

Segundo projeção do Ministério do Comércio chinês, o investimento estrangeiro direto no país entre 2006 e 2010 chegará à cifra de US$ 420 bilhões.

Em comunicado publicado em seu site, o organismo informou que a China tornou-se o segundo principal destino deste tipo de investimentos, crescendo mais de 50% em relação à meia década anterior.

De acordo com dados do Ministério, o montante foi o responsável pela criação de 45 milhões de postos de trabalho nestes cinco anos.

“As companhias estrangeiras se transformaram em um dos canais mais importantes para criar riqueza e emprego na China”, ressaltou a nota oficial.

Os dados atualizados indicam que nos nove primeiros meses de 2010 um total de 19.209 empresas estrangeiras receberam aprovação oficial para atuar na China, o que se traduziu em um investimento de 74,340 bilhões apenas neste período.

O número representa crescimento de 16,6% em relação ao mesmo período do ano passado.

Os analistas, no entanto, consideram que o avanço contínuo dos investimentos diretos estrangeiros a ritmos superiores a dois dígitos pode sofrer desaceleração a médio prazo.

De fato, no próximo Plano Quinquenal chinês, que será aplicado entre 2011 e 2015, o Governo do país asiático demonstrou ser partidário a diminuir o peso do comércio e do investimento exterior na economia nacional, estimulando o mercado interno e a produção de alto valor agregado.

(com Agência EFE)