Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Inflação oficial desacelera e fica em 0,08% em setembro, diz IBGE

IPCA, que acumula alta de 8,48% em 12 meses, ficou abaixo da previsão dos analistas para o mês passado; índice foi o mais baixo para setembro desde 1998

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 0,08% em setembro, informou nesta sexta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse foi o menor patamar do IPCA para setembro desde 1998. No mês anterior, o índice oficial de inflação do país havia ficado em 0,44%.

Leia também:
Salário mínimo ideal já passa de R$ 4 mil, diz Dieese
Focus: estimativa de inflação para 2016 volta a cair

No acumulado de doze meses até setembro, o IPCA teve alta de 8,48%. A inflação em doze meses até agosto tinha ficado em 8,97%.

Entre os nove grupos considerados pelo indicador, o que mais subiu foi habitação, com alta de 0,09%. Três tiveram retração: alimentação e bebidas (-0,07%), artigos de residência (-0,01%) e transportes (-0,02%). Nos meses anteriores, os alimentos haviam liderado as altas do IPCA.

O IPCA de setembro ficou abaixo das previsões dos analistas. Pesquisa da agência Reuters mostrou que a expectativa média era de alta de 0,20% em setembro, acumulando em doze meses alta de 8,60%.