Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Eleitores boicotam cervejeiro bilionário por seu apoio a Trump

Dick Yuengling comanda a cervejaria mais antiga dos Estados Unidos, que leva o sobrenome de sua família há cinco gerações

Muitos eleitores que são fãs das cervejas da fabricante americana Yuengling estão em busca de uma nova marca para adotar como sua preferida. O boicote surgiu depois que a imprensa registrou o apoio dado na semana passada por Dick Yuengling, o comandante da cervejaria, a Donald Trump, candidato do Partido Republicano à Presidência dos Estados Unidos.

Segundo a imprensa do estado da Pensilvânia, Yuengling falou a Eric Trump, filho do candidato, que Donald era sua escolha na eleição. “Nossa gente apoia seu pai. Precisamos dele lá (na Casa Branca)”, disse o cervejeiro, segundo os repórteres que acompanharam a visita de Eric à mais tradicional das unidades de produção da empresa.

Os comentários sobre boicote se espalharam nas redes sociais. Um consumidor (abaixo) escreveu no Twitter: “Dirijo regularmente 90 milhas (144 km) de Kentucky a Ohio para buscar umas cervejas Yuengling, mas apoiar o racista, misógino e maluco Trump é o fim da linha para mim”.

A ojeriza à cervejaria ganhou corpo com a iniciativa do deputado Brian Sims, um dos primeiros legisladores da Pensilvânia declaradamente homossexual. No Facebook, abaixo de uma foto em que Eric Trump aparece ao lado de Dick Yuengling, Sims deu adeus à cervejaria e apontou Trump como preconceituoso contra minorias.

Em um segundo post, o deputado marcou diversas empresas cujos proprietários são gays e convidou-os a boicotar a marca (abaixo). Várias adesões apareceram nas redes sociais – como a de um bar de Washington que postou um vídeo para mostrar a retirada de uma máquina de cerveja da marca.

A Yuengling é a cervejaria mais antiga dos Estados Unidos. Dick, seu atual presidente, é da quinta geração da família controladora da empresa. Sua fortuna, estimada em 1,9 bilhão de dólares, está entre as 400 maiores dos EUA.

Entrevistado pela revista Forbes, Yuengling disse que ficaria feliz de fazer um tour por sua cervejaria assim como fez com o filho de Donald Trump. O empresário preferiu não fazer mais declarações. “Eu já disse tudo.”

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. ViP Berbigao

    Tremendo marketing.

    Curtir

  2. Arlindo Soares

    A imprensa esquerdista demonizam Trump mas ele vai ganhar a eleição para presidente da EUA. O cara fala com sinceridade contra o politicamente correto da esquerda mundial. O povo americano conservador tem que reagir mesmo votando em Trump. Eu votoria se pudesse. Ainda bem que já temos nosso Trump, Jair Bolsonaro Presidente 2018.

    Curtir

  3. laércio saretta

    Bom,entendo que alguns militantes e “fãs” da candidata contrária a Trump boicotem a tal cervejaria, que diz apoiar o candidato republicano.ISSO É NOTÍCIA?

    Curtir

  4. Pertinax Octavius

    A cerveja certamente sai ganhando em perder esses consumidores de m e rda!

    Curtir

  5. Pertinax Octavius

    Não adianta, revistinha de m e rda! #Trump2016!

    Curtir

  6. Carlos Bandeira

    Veja não perde uma chance contra Trump. Eu hoje votei por Trump. Hillary acaba de ir pro saco com o FBI atrás dela. Dia 8, à meia-noite, já teremos Presidente eleito Trump. Chupa Veja.

    Curtir

  7. Desde que li que o irmão do Obama não vai votar em Hilary e sim no Trump eu vi que tinha alguma coisa errada (algum podre não divulgado) com essa senhora.

    Curtir

  8. Paulo Bandarra

    Não faz o mínimo sentido a não ser que Trump estivesse com traços de intenção de votos. Assim como tem fanáticos que vão a estes extremos, tem os simpatizantes dele, metade do eleitorado, que ira migrar para a marca de cerveja. É apenas uma reportagem para demonizar Trump.

    Curtir

  9. Cadê um Reinaldo de Azevedo para fazer uma auto-crítica sobre o jornalismo tendencioso de Veja?? Acho que redação de Veja foi invadida por estagiários mal pagos e esquerdiotizados… Aposto que Azevedo, Narloch e Felipe Brasil nem pisam mais por lá.. trabalham de casa … mas ainda sim tá feio essa dicotomia escancarada na revista…

    Curtir

  10. Luiz Eduardo

    Realmente o dono da cervejaria deu mole , ele como comerciante nao pode apoiar ninguém , tem que ficar calado pois precisa vender para todos.

    Curtir