Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Dia sem impostos’ terá carro com desconto de R$ 15 mil

Além do desconto no veículo, Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem promoverá a venda de litros de gasolina com preços até 40% mais baixos que o normal

A Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem (CDL Jovem) irá fazer uma campanha para questionar “a alta carga tributária brasileira“.  Nesta quinta-feira, consumidores de 12 estados e do Distrito Federal poderão encontrar produtos sem o valor dos impostos embutidos no preço final.

Dessa maneira, alguns postos de combustíveis irão comercializar o litro de gasolina comum a 2,14 reais (ante 3,35 reais do ‘preço normal’), uma redução de cerca de 40%. Já em Brasília, uma concessionária irá vender uma unidade do Peugeot 208 Active por 37.319 reais, desconto de 14.970 reais ou aproximadamente 28% do valor original do veículo, calculado em 52.290 reais.

Para ter a chance de comprar o Peugeot 208 mais barato, porém, os consumidores deverão dar um palpite sobre o número que o ‘impostômetro’ deverá parar quando o medidor for pausado. Quem der o palpite que chegar mais próximo desse número, poderá comprar o veículo.

“Os impostos não deixarão de ser pagos, mas esse custo será bancado pelos empresários, e não repassado ao consumidor”, afirmou, em nota, o coordenador da campanha Raphael Paganini. Segundo a entidade, até o dia 31 de maio, o Brasil terá recolhido 1 trilhão de reais em impostos.

De acordo com a CDL Jovem, cerca de mil lojas e 10 shoppings irão participar do Dia da Liberdade de Impostos, além de postos com mais de 100 mil litros de combustível disponíveis. As cidades participantes serão Manaus (AM), Fortaleza (CE), Vitória (ES), Macapá (AP), Joinville (SC), Rondonópolis (MT), Juazeiro do Norte (CE), Resende (RJ), Farroupilha (RS), Volta Redonda (RJ), Salvador (BA), Chapecó (SC) e Belo Horizonte (MG).

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Walter Ribeiro

    Logista(???) ou Lojista? Tem desconto para quem achar o erro, também?

    Curtir

  2. Desde que alguns petistas infeccionaram a redação da Veja, os erros de grafia vem se multiplicando, sabe como é Walter, onde sobra ideologia, falta neurônio, principalmente nestes posts semi-anônimos rotulados com “Da redação” … hehehe.

    Curtir

  3. Osmar Serrragem

    Vai ver que é o nome do cara, Paulo Cesar… João da Redação Pinto, Janete da Redação Silva…sei lá…

    Curtir

  4. Luiz Chevelle

    Brasileiros são muito ricos. Pagam muito mais impostos que americanos e europeus.

    Curtir

  5. Isso que dá não ser obrigatório diplomados na função da profissão de repórter, acho que a veja demitiu na crise o revisor de notícias. Na dúvida põem no corretor do Word kkk

    Curtir

  6. Gustavo Costa de Oliveira

    se é pra escrever assim, tem que trabalhar de graça

    Curtir