Cunhada de Temer adere à campanha de boicote contra JBS

Fernanda Tedeschi, irmã mais nova de Marcela, postou um vídeo com críticas acerca do acordo de delação premiada e pediu o boicote à JBS

Fernanda Tedeschi, irmã da primeira dama Marcela Temer, publicou em sua conta no Instagram um vídeo que defende o boicote aos produtos da JBS, dos irmãos Joesley e Wesley Batista. Joesley gravou conversa que teve com o Michel Temer, colocando o presidente na mais grave crise política do seu governo.

O vídeo faz críticas acerca do acordo de delação premiada dos controladores da empresa e pede que os internautas não consumam produtos da companhia.

“Sabendo também que provavelmente eles não serão presos por conta do acordo de delação que fizeram, eu proponho o seguinte: vamos fazer os irmãos Batista sentirem no bolso o que eles fizeram com o nosso país”, afirma o autor do vídeo.

No vídeo, o autor pede aos internautas que “não deixem mais nenhum produto dessa empresas entrar nas suas casas”. Além disso, ele ainda apresenta as diversas marcas que compõem a holding para, segundo ele, os internautas “não esquecerem de não comprar os produtos”.

A cunhada do presidente apagou o vídeo após a repercussão da postagem.

Após a divulgação das gravações, Temer virou alvo de inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) por corrupção passiva, organização criminosa e obstrução da Justiça, e já há pedidos de impeachment contra ele.

Nas redes sociais, cresce o movimento de boicote aos produtos da JBS e das demais empresas da holding controladora, como Havaianas, Vigor, Seara, Osklen e Mizuno, por exemplo.

Segundo a ferramenta Google Trends, que capta buscas realizadas no site, o crescimento ocorre desde a semana passada, quando a gravação foi revelada. Já o tema ‘boicote JBS’ vem sendo muito utilizado nas redes sociais.

Em nota, a J&F, controladora da JBS, afirmou que as empresas prosseguem operando normalmente e afirmou que o intuito da delação foi expor a corrupção no país.

“Não seria possível expor a corrupção no país sem que os responsáveis pelos atos ilícitos admitissem e relatassem como e com quem agiram, fornecendo provas”. disse a empresa, em nota.

//platform.twitter.com/widgets.js

//platform.twitter.com/widgets.js

//platform.twitter.com/widgets.js

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. #boicote também ao político corrupto de estimação, #não vote no político que te comprou, o Brasil geral diz #Fora Temer.

    Curtir

  2. Sergio Augusto

    Uma Patricinha mimada vai fazer alguma coisa, ou lavar uma trouxa de roupa suja !!!!.

    Curtir

  3. José Antonio Debon

    Não tem nada que boicotar a JBS, ela quer desempregar mais pessoas ainda.
    Os dirigentes fazem falcatruas e ela quer punir a empresa e os funcionários.

    Curtir

  4. Social Democrata Nem Direita Nem Esquerda

    Tem meu total apoio! Essa JBS tem que ser liquidada junto com essa raça de vagabundos do PT que destruíram esse país por um projeto de permanência no poder. Fim do PT e da JBS urgente. Acorda Brasil!

    Curtir

  5. Agora que ela encheu o rabo de carne, fica fácil né?

    Curtir