Bolsas europeias fecham em forte queda após discurso de Draghi

As principais Bolsas europeias encerraram a sessão desta quinta-feira em forte queda, reagindo à falta de anúncios de medidas concretas durante o discurso do presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, sendo que os mercados esperavam por uma ação imediata da instituição europeia para estabilizar a Eurozona.

A Bolsa de Madri foi destaque entre as perdas, como recuo de 5,16% do IBEX 35, a 6.373,4 pontos.

As ações dos grandes bancos espanhóis estavam entre as mais castigadas: Santander perdeu 6,69%, a 4,63 euros, BBVA recuou 6,42%, a 4,941 euros, e CaixaBank caiu 6,51%, para 2,543 euros.

Em Milão, onde os bancos também lideraram as baixas, o FTSE MIB perdeu 4,64%, para 13.283 pontos.

O CAC 40 de Paris perdeu 2,68% e fechou aos 3.232,46 pontos, enquanto que o DAX de Frankfurt baixou 2,20%, a 6.606,09 pontos.

Já o FTSE-100 da Bolsa de Londres baixou 0,88%, a 5.662,3 pontos.