Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bolsas da Ásia caem com fraco otimismo sobre Espanha

Bolsas da China seguiram os demais mercados regionais e caíram

O otimismo sobre o fim da crise da dívida da Espanha perdeu força e derrubou os mercados asiáticos nesta terça-feira, após o forte rali da véspera. Apenas a Austrália terminou no território positivo, mas com ganhos limitados. Não houve negociações nas Filipinas por ser feriado.

Na Bolsa de Hong Kong, os investidores também mostraram preocupações com as eleições de domingo na Grécia, que podem definir o futuro do país na zona do euro. O Hang Seng caiu 0,4% e terminou aos 18.872,56 pontos.

As Bolsas da China seguiram o embalo dos demais mercados regionais. O Xangai Composto recuou 0,7% e terminou aos 2.289,79 pontos. O Shenzhen Composto perdeu 0,4%, aos 942,18 pontos. As siderúrgicas lideraram o declínio por causa das perspectivas negativas sobre a demanda por metais industriais.

Em Taiwan, a Bolsa de Taipé encerrou o dia em baixa com o fator Espanha. O índice Taiwan Weighted caiu 0,68%, aos 7.072,08 pontos. As ações do setor de tecnologia, em sua maioria, recuaram.

Pelo mesmo motivo, a Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, também fechou negativa. O índice Kospi caiu 0,66%, aos 1.854,74 pontos. Construtoras ficaram entre as maiores perdedoras.

Na Austrália, após o feriado da segunda-feira, a Bolsa de Sydney teve leve alta, mas com os investidores ainda cautelosos e com dúvidas sobre a eficácia do resgate aos bancos da Espanha. O índice ASX S&P/200 subiu 0,23%, aos 4.072,88 pontos.

(Com Agência Estado)