Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bolsa de Tóquio perde 1% com fatores Espanha e Grécia

Tóquio – A Bolsa de Tóquio fechou em queda nesta terça-feira. O otimismo dos investidores diminuiu em relação ao pacote de resgate dos bancos espanhóis pela União Europeia. Também pesou no sentimento as eleições de domingo na Grécia, que podem definir o futuro do país na zona do euro. As perdas, contudo, foram reduzidas pela desvalorização do iene, após comentários do Fundo Monetário Internacional (FMI) de que aprova novas medidas de flexibilização pelo Banco do Japão.

O Nikkei perdeu 88,18 pontos, ou 1%, e terminou aos 8.536,72 pontos, após a alta de 2% na sessão de segunda-feira. O volume de negociações continuou fraco, com 1,55 bilhão de ações.

“Os investidores não foram capazes de determinar claramente como a eleição grega poderia influenciar e, portanto, ficaram longe das ações”, disse Hiroyuki Fukunaga, CEO da Investrust. Ele acrescentou que o índice Nikkei “provavelmente não terá uma direção clara nesta semana” antes do pleito de domingo.

“A voz do FMI tem um peso e, com o iene na faixa de suas máximas históricas, não seria preciso muito para causar alguma cobertura de posição de hedge”, afirmou um analista de ações de uma empresa estrangeira. As informações são da Dow Jones.