Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Alcoa: demanda por alumínio continua forte

Por Paula Moura

São Paulo – A demanda global de alumínio continua forte, apesar da queda dos preços do metal, disse hoje o CEO da Alcoa, Klaus Kleinfeld. O declínio acentuado dos preços do alumínio foi mais um resultado do corte das expectativas de crescimento por parte dos investidores do que um colapso da demanda física, disse Kleinfeld em uma chamada em conferência para discutir os resultados do terceiro trimestre da empresa americana. “Continuamos cautelosamente otimistas sobre o mercado de alumínio no curto prazo”, avaliou o CEO. Kleinfeld disse que os preços regionais do metal continuam elevados e perto de altas históricas, citando ganhos na China, Estados Unidos e Japão como sinais de forte demanda.

Espera-se que a demanda de alumínio desacelere durante o segundo semestre na América do Norte, Europa e Brasil, disse o CEO, mas que isso deve ser compensado pelo crescimento robusto na China e outros mercados emergentes. Os preços do metal recuaram 15% na London Metal Exchange no terceiro trimestre enquanto a perspectiva econômica deteriorou com os sinais de desaceleração da atividade manufatureira e piora da crise da dívida europeia. As informações são da Dow Jones.