E se TSE cassa chapa Dilma-Temer? O meu candidato é Gilmar Mendes

Se acontecer o pior, haverá 30 dias para realizar a eleição indireta. Deputados e senadores terão de escolher um presidente e um vice

Embora eu já tenha escrito bastante a respeito e muito se tenha repetido por aí, persistem as perguntas sobre o que pode acontecer se o TSE resolver mesmo cassar a chapa por inteiro. Bem, meus caros, o Parágrafo 1º do Artigo 81 da Constituição define o que tem de ser feito:

“Ocorrendo a vacância nos últimos dois anos do período presidencial, a eleição para ambos os cargos será feita trinta dias depois da última vaga, pelo Congresso Nacional, na forma da lei.”

Nessa hipótese, assim que Temer perdesse o mandato, assumiria o posto por 30 dias o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e se tomarão as providências para a eleição indireta. Deputados e senadores elegerão presidente e vice-presidente para completar o período de quatro anos de mandato: até 31 de dezembro de 2018.

Espero, é claro, que isso não aconteça. Torço para que a maioria do TSE não condescenda com aquele que, tudo indica, será o voto de Herman Benjamin, o relator. É evidente que não precisamos de ainda mais instabilidade.

Mas quem?
Mas quem seria o candidato nessa eleição indireta? Qualquer pessoa de, no mínimo, 35 anos, no gozo pleno de seus direitos políticos. Não! O candidato não precisa ser parlamentar ou ter filiação partidária.

Delírios às pencas
Outro dia, ouvi num café, numa mesa próxima à minha, um senhor que se queria muito douto a defender que Temer caia, sim! Em seu lugar, ele quer ver Cármen Lúcia. Não! Não sou bisbilhoteiro. É que o tal “douto” gostava de fazer comício em mesa…

Pois é…

Ocorre que, por determinação constitucional, presidente e vice terão de ser eleitos pelos… parlamentares. Se o nome não contar com a maioria das duas casas, podem esquecer.

Meus candidatos
O meu primeiro candidato, é claro, é Michel Temer! Como? Sim, quero que ele governe até 31 de dezembro de 2018. Mas as dificuldades são conhecidas.

Meu candidato
Se acontecer mesmo a cassação da chapa, o meu candidato a levar o país a bom termo será o ministro Gilmar Mendes.

Acho um nome excelente! Tem convicções liberais; tem autoridade; é um defensor ferrenho do estado democrático e de direito.

Antecipação
“Nesse caso, Reinaldo, não se pode antecipar o pleito direto?” Resposta: “Não!”. A alínea II do Parágrafo 4º do Artigo 60 da Constituição deixa claro que não se pode mudar a periodicidade da eleição.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Inides Bonelar da Fonseca

    Rei, faço minhas as sua palavras e considerações. Eleição direta neste momento, além de ser contra a Constituição interromperia a respiração forçada que o País tem que fazer. O temer está conseguindo fazer isso dentro dos limites que todos conhecemos. Outra, uma eleição direta seria um PRATO CHEIRO para os oportunista de plantão, as aves de rapina, os mesmos corvos que estão sempre a espera de uma ferida para tomar sangue alheio. Por que uma saída do Temer seria muito ruim neste momento? Ele já mostrou neste pouco tempo que assumiu, visão e agilidade, o que não acontecia com a ensacadora de vento. Primeiramente temos que pensar BRASIL e ter compreensão dos fatos. Se for a única saída, se for levado ao pé da letra a cassação da chapa, também fico com o Temer ou o Gilmar Mendes. Com coisa séria não se pode brincar. Eu tenho visto alguns partidos falando besteira sobre a reforma da previdência. Eles provam que não sabem nada a respeito, que querem o continuísmo dos erros alem de mentir para adquirir popularidade. Tanto que entram sempre o meio das novelas. A má fé deles é muito grande. Com isso eles conseguem fazer a cabeça de quem pouco lê ou não se informa a respeito. Fico pensando como fica a cabeça de uma pessoa que só liga a tv no horário das novelas. É difícil entender o PATRIOTISMO desses que se dizem defensores do povo!

    Curtir

  2. Concordo plenamente. Temer em primeiro. Gilmar Mendes para substituí=lo, caso queimem os navios.

    Curtir

  3. Flavio Alves

    Lendo o artigo do Jânio de Freitas e este fica tudo muito claro. Né Reizim?

    Curtir

  4. Hector Villanueva

    Reinaldo fanfarrão. Humilde ao extremo. Na falta de argumentos. apaga os comentários ou corrige erros de português. Gênio não pode ser contrariado. Prova viva de como se afundar sozinho! Descanse em paz. E na falta de argumentos, a humildade o faz dizer que quem não concorda é da esquerda louca ou da direita xucra! Rip Reinaldo e leva junto Gilmar… Vai apagar em 3, 2, 1…

    Curtir

  5. Julio Valverde

    Não passa vontade não. Dá o c* pra ele seu blogueiro de m…
    Esse tratante é o Ricardo Lewandowiski da direita no STF.

    Curtir