Blogs e Colunistas

vídeo

25/08/2014

às 11:33 \ Direto ao Ponto

Dilma ressuscita na TV a obra invisível que, em parceria com Lula, fingiu inaugurar duas vezes para tapear eleitores nordestinos

ATUALIZADO ÀS 11H33

Em 2009, Lula voltou a jurar de morte o fenômeno que atormenta o Nordeste desde o século 19: a seca acabaria para sempre. Não em 2010, como prometera em 2008, mas dali a três anos, assim que fosse concluída a transposição das águas do Rio São Francisco: “Vai sê inaugurada definitivamente em 2012, a não sê que aconteça um dilúvio ou qualquer coisa”, garantiu o palanque ambulante.

Em 2012, Dilma Rousseff confirmou que, como avisara o padrinho, o sertão iria mesmo virar mar. Mas só em 2014. Dilúvio não houve, nem se soube de qualquer coisa suficientemente poderosa para ordenar ao São Francisco que permanecesse onde sempre esteve. O que teria acontecido? A obra foi subestimada pelos responsáveis, explicou a responsável pela obra.

Meses atrás, convidada a justificar o prosseguimento dos trabalhos de parto iniciados há cinco anos sob a supervisão da Mãe do PAC, Dilma irritou-se com Dilma: “Num acredito que uma obra dessas em qualquer lugar do mundo leve dois anos pra sê feita”. Só no Brasil Maravilha que o padrinho criou e a afilhada aperfeiçoa. Tanto assim que, na semana passada, a candidata à reeleição confessou que o deslumbramento fluvial não se tornará visível tão cedo.

De volta ao São Francisco para gravar cenas planejadas pelo marqueteiro João Santana, a supergerente caprichou no dilmês de comício para explicar os motivos de mais um adiamento: Tente entender o palavrório reproduzido sem retoques nem correções:

“Acho que uma parte significou a chamada curva de aprendizado, você tem de aprender a fazer. A segunda parte, eu acho que a complexidade da obra é maior do que se supunha, principalmente quando você considera que não é pura e simples a abertura de canal. É também estações de bombeamento”.

Cenas da visita ao rio que teima em não sair do leito ilustraram a ressurreição da vigarice franciscana no horário eleitoral da TV. Além de exterminar a seca, o milagre das águas agora também vai “irrigar esperanças e secar muita lágrima dos nordestinos”. Basta votar em Dilma e ter paciência para esperar mais um ano e pouco. Ou mais um mandato. Ou mais um século. Haja cinismo.

15/08/2014

às 16:22 \ História em Imagens

Um vídeo que Eduardo Campos e Marina Silva prepararam para o horário eleitoral na TV

09/04/2014

às 22:56 \ Sanatório Geral

Dose tripla

“É uma montagem da mais grotesca (sic). Não faça mais isso. É um desrespeito ao Senado do Brasil”.

Vanessa Grazziotin, senadora pelo PCdoB do Amazonas, sobre o vídeo apresentado no Senado pela deputada venezuelana Maria Corina Machado, que documenta selvagens agressões da polícia e de milícias chavistas aos manifestantes oposicionistas, aparteando a visitante para assassinar a  gramática na primeira frase, ganhar a taça da grosseria na segunda e fazer uma piada na terceira.

08/03/2014

às 23:29 \ Sanatório Geral

Conta outra, prefeito

“O vídeo em questão, efetivamente, não mostra Paes jogando ao chão um pedaço de fruta. Mas ele acredita que, conforme o próprio vídeo indica, tenha lançado o resto de fruta na direção de uma lixeira mais afastada, ou para que um de seus assessores fizesse o descarte em local adequado. Na dúvida, já que o prefeito não se lembra do ocorrido, determinou que a Comlurb emita uma multa a ele próprio, e pede desculpas por um eventual equívoco”.

Eduardo Paes disfarçado de nota oficial da prefeitura do Rio, sobre o vídeo em que aparece jogando lixo na rua, decidido a provar que, se fosse multado a cada mentira que conta, estaria na miséria há muito tempo.

18/02/2014

às 8:11 \ História em Imagens

Em menos de um minuto e meio, o vídeo do Implicante desmoraliza o palavrório ufanista do padroeiro da Copa da Roubalheira

14/12/2013

às 0:37 \ Direto ao Ponto

1 minuto com Augusto Nunes: O medo de ouvir do governo é a maior prova de que Tuma Jr. tem muito a dizer

10/12/2013

às 17:02 \ Feira Livre

Águas de junho

21/11/2013

às 21:49 \ Vídeos: Entrevista

55º debate sobre o julgamento do mensalão

Marco Antonio Villa e os jornalistas de VEJA comentam a vida dos petistas na cadeia, a reação do Partido dos Trabalhadores, a fuga de Henrique Pizzolato e os próximos passos do julgamento.

 

06/11/2013

às 20:10 \ Direto ao Ponto

O embuste virtual faz de conta que a água do São Francisco já fez o sertão virar mar

“A água do São Francisco é distribuída pelas bacias dos rios Jaguaribe, Apodi, Piranhas-Açu, Paraíba, Brígida e Moxotó, beneficiando uma ampla região do ser tão onde vivem 12 milhões de brasileiros”, informa a locutora com voz de aeroporto no fim do vídeo de 1:44 que festeja o colosso fluvial produzido por Lula e Dilma. Os verbos sempre no presente ─ “o canal segue por…”, “a água passa pelo…” ─ avisam que a Transposição do São Francisco já está pronta. Mas só no Brasil Maravilha.

Os habitantes do país real ainda não conseguem enxergar a olho nu um único e escasso canal semelhante ao que aparece no vídeo provando que o sertão já virou mar. (Um mar de primeira, permanentemente irrigado por águas cristalinas que serpenteiam por desertos de faroeste americano e percorrem túneis mais modernos que o trem-bala). O monumento à criatividade lulopetista deveria ser concluído em 2010. Ficou para 2012, depois para 2014 e agora não tem prazo para sair do mundo da ficção.

Na reunião com 15 ministros, Dilma cobrou pressa e agilidade da turma. Decidida a mostrar serviço, quer exibir aos eleitores coisas palpáveis. O ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, por exemplo, foi intimado a entregar em poucas semanas alguma coisa que ateste o avanço das obras no São Francisco. Já deve ter encomendado um vídeo mais extenso ─ e mais mentiroso.

03/07/2013

às 19:24 \ História em Imagens

O vídeo prova que nem sempre recordar é viver: às vezes é morrer de vergonha

Vaiada em estádios de futebol, atarantada com a popularidade em baixa (e a inflação em alta), abandonada pelo padrinho foragido, sitiada por parceiros apavorados com o risco de perder o emprego ou o acesso ao cofre, Dilma Rousseff pode consolar-se com o vídeo que mostra o que acham da presidente em perigo vários amigos de fé.

Pelo que disseram, todos estarão no Planalto em poucos minutos se forem convocados por Dilma. Só o companheiro que virou passarinho e terá de percorrer a rota Caracas-Brasília vai chegar ligeiramente atrasado. Não perca o desfile de prontuários. Ele prova que nem sempre recordar é viver. Às vezes é morrer de vergonha.

Para quem é capaz de envergonhar-se, naturalmente.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados