Blogs e Colunistas

Roda Viva

16/12/2014

às 20:15 \ Vídeos: Entrevista

Modesto Carvalhosa no Roda Viva: uma aula sobre a corrupção que infesta o país

No Roda Viva desta segunda-feira, o advogado Modesto Carvalhosa valeu-se dos conhecimentos acumulados em 82 anos para ministrar um cursinho intensivo de 90 minutos sobre a praga da corrupção e o que fazer para combatê-la. O escândalo que devasta a Petrobras foi o assunto dominante nas perguntas formuladas pelo advogado criminal Eduardo Muylaert e pelos jornalistas Frederico Vasconcelos (Folha), Sonia Racy (Estadão), Zínia Baeta (Valor Econômico) e Rodolfo Borges (El País).

Com a segurança de quem lida desde a juventude com temas de alto teor explosivo, Carvalhosa contestou enfaticamente a ofensiva destinada a desqualificar a delação premiada. Sem esse instrumento legal, afirmou, seria muito mais complicado desmontar uma organização criminosa do porte da investigada pela Operação Lava Jato. Além de complexa, observou o entrevistado, a quadrilha é protegida pelo Planalto, que continua empenhado em desfigurar a Lei Anticorrupção para assegurar a impunidade de bandidos de estimação.

Para Carvalhosa, é ingenuidade qualificar de omisso o comportamento do governo frente ao maior escândalo político-policial da história republicana. Os donos do poder, advertiu no Roda Viva, não param de movimentar-se para livrar os culpados de qualquer castigo legal. “O homem da CGU é Hage, que só fala, não age”, exemplificou o professor de Direito inconformado com o palavrório alarmista do ministro Jorge Hage, chefe da Controladoria Geral da União. A ofensiva dos comparsas nada tem de surpreendente: como o Mensalão, o Petrolão é fruto do projeto concebido pelo PT para eternizar-se no poder.

O partido do governo e seus aliados vêm aparelhando há 12 anos todas as instituições e todas as ramificações da máquina administrativa. A Petrobras é o caso mais ousado ─ e de consequências mais desastrosas. Mas não é o primeiro e dificilmente será o último. Depois de ressalvar que, neste momento, um pedido de impeachment seria prematuro, o entrevistado constatou que muito mais precipitada, além de insolente, é a tentativa de estigmatizar como “golpe” a eventual abertura de um processo do gênero contra Dilma Rousseff. Qualquer governante que tenha cometido crime de responsabilidade tem de submeter-se às normas constitucionais, ensinou o professor de Direito.

“O país não vai parar por causa disso”, reiterou. “A corrupção é que prejudica a governabilidade”. Para Carvalhosa, essa espécie de argumento é só uma esperteza diversionista encampada pelo governo para proteger os quadrilheiros. “O Brasil também não vai parar se as empreiteiras que infringiram a lei forem declaradas inidôneas”, emendou. “Parado o país está há tempos, porque os contratos não são cumpridos e as obras não são entregues”.

Modesto Carvalhosa recomendou ao longo do programa a imediata adoção de medidas de combate à corrupção já testadas com êxito em outros países. “O essencial é a quebra da interlocução entre o poder contratante e a empreiteira que for contratada”, resumiu, localizando nesse acasalamento promíscuo a origem da praga que infesta o país. Confira o vídeo. Somados, os ensinamentos do entrevistado atestam que o caminho que leva para longe das cavernas é menos extenso do que parece. Mas é preciso começar a percorrê-lo agora.

08/12/2014

às 16:44 \ Vídeos: Entrevista

O Roda Viva com o historiador Carlos Guilherme Mota

Carlos Guilherme Mota foi o convidado do Roda Viva desta segunda-feira. A bancada de entrevistadores foi formada por Gabriel Manzano Filho (O Estado de S. Paulo), Eugênio Bucci (colunista de O Estado de S. Paulo e da revista Época), Paulo Werneck (curador da Flip 2015), Oscar Pilagallo (jornalista e escritor) e Glenda Mezarobba (cientista política).

01/12/2014

às 16:58 \ Vídeos: Entrevista

Veja o Roda Viva com Cao Hamburger, diretor e roteirista de TV e cinema

O Roda Viva recebeu Cao Hamburger, diretor, roteirista e produtor de cinema e TV. Entre outros temas, o entrevistado tratou de sua experiência à frente do Castelo Rá Tim Bum, que comandou durante 20 anos, dos filmes que dirigiu, como O Ano em que meus pais saíram de férias e Xingu, ou dos novos projetos para a telinha. Entre eles figura a série Que Monstro te Mordeu, que estreou na TV Cultura neste 10 de novembro.

Participaram da bancada de entrevistadores Camila Guimarães (Época), Cristina Padiglione (O Estado de S. Paulo), Teté Ribeiro (Serafina — Folha de S. Paulo), André Sturm (diretor do Museu da Imagem e do Som) e o ator Sergio Mamberti. O programa transmitido pela TV Cultura começa às 10 da noite.

26/11/2014

às 15:05 \ Vídeos: Entrevista

Veja o Roda Viva com o músico, ator e dançarino Antonio Nóbrega

Músico, dançarino e ator, Antonio Nóbrega foi o convidado do Roda Viva desta segunda-feira. Entre muitos outros assuntos, o múltiplo artista pernambucano tratou do filme “Brincante”, cujo lançamento está previsto para o fim deste mês, que resume a extensa trajetória profissional iniciada no Quinteto Armorial, idealizado por Ariano Suassuna. Um craque em matéria de cultura popular, Nóbrega brindou os telespectadores com passos de frevo, dança típica dos carnavais de Olinda e Recife.

A bancada de entrevistadores foi composta pelos jornalistas Rinaldo Gama (VEJA), Ana Francisca Ponzio (Conectedance), Fernanda Reis (Folha de S. Paulo), Patricia Palumbo (Vozes do Brasil) e Júlio Maria (O Estado de S. Paulo).

10/11/2014

às 18:00 \ Vídeos: Entrevista

Roberto Rodrigues, ministro da Agricultura durante o governo Lula, no Roda Viva

Ex-ministro da Agricultura entre 2002 e 2006 e atual Coordenador de Agronegócio da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Roberto Rodrigues foi o convidado do Roda Viva desta segunda-feira. Na pauta, o panorama do agronegócio brasileiro e os desafios do setor agrícola.

Rodrigues também é um acadêmico reconhecido, com atuação no Instituto de Estados Avançados (IEA) da USP. Foi eleito, em 2004, engenheiro agrônomo da década pela Associação de Engenheiros Agrônomos do Estado de São Paulo.

A bancada de entrevistadores foi formada por André Lahóz (Exame), Bruno Blecher (CBN), Matthew Shirts (Planeta Sustentável), Fernando Lopes (Valor Econômico), Maurício Tuffani (Folha de S.Paulo).

03/11/2014

às 15:59 \ Vídeos: Entrevista

Arthur Virgílio, prefeito de Manaus pelo PSDB, rechaça no Roda Viva a proposta de Dilma: ‘Não podemos dialogar antes de saber a verdade inteira sobre o Petrolão’

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, foi o convidado do Roda Viva desta segunda-feira. No programa, o tucano que liderou a bancada da oposição no Senado durante os dois mandatos de Lula rechaçou o diálogo proposto há dias por Dilma Rousseff. “não podemos dialogar com o governo antes de saber a verdade inteira sobre o Petrolão”, argumentou. “É o maior escândalo da história política do Brasil e precisa ser investigado com profundidade”.

Entre outros temas, Arthur Virgílio comentou o desempenho eleitoral de Aécio Neves, o cenário político redesenhado pelas urnas e as manifestações de rua que pedem o impeachment da presidente. Depois de ressalvar que considera prematura tal reivindicação, o entrevistado afirmou que, “se for provado o que Alberto Youssef falou sobre a participação do Planalto no esquema do Petrolão, ela corre o risco de acabar mal seu mandato”.

A bancada de entrevistadores foi formada pelos jornalistas Thiago Guimarães (Agência Folha), Julia Duailibi (Estadão), Sérgio Roxo (O Globo), Leopoldo Mateus (Época) e Cristian Klein (Valor Econômico).

27/10/2014

às 17:30 \ Vídeos: Entrevista

Jornalistas debateram no Roda Viva a mais acirrada eleição presidencial desde 1989

A disputa pela Presidência mais acirrada desde 1989, quando o chefe de governo voltou a ser escolhido nas urnas, foi o tema do Roda Viva desta segunda-feira. Três jornalistas ─ Sílvio Navarro (editor de Brasil do site de VEJA), José Alberto Bombig (editor de Política da revista Época) e Shasta Darlington (correspondente da CNN) ─  e dois cientistas políticos ─ Rubens Figueiredo (professor da USP) e Aldo Fornazieri (diretor da Escola de Sociologia e Política) ─ debateram com o apresentador a campanha eleitoral, as sucessivas reviravoltas na corrida rumo ao Planalto, os fatores que determinaram a vitória de Dilma Rousseff, o fortalecimento da oposição liderada por Aécio Neves, o mapa político do Brasil redesenhado pela votação dos dois candidatos e os problemas que a vencedora terá de enfrentar no segundo mandato.

20/10/2014

às 18:37 \ Vídeos: Entrevista

O Roda Viva com Felipe Donoso, representante da Cruz Vermelha no Brasil e em mais quatro países da America do Sul

Chefe do Comitê Internacional da Cruz Vermelha para o Brasil, Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai, o cientista político Felipe Donoso foi o entrevistado do do Roda Viva desta segunda-feira.

Engajado na instituição há mais de 20 anos, Donoso falou sobre a evolução das atividades da Cruz Vermelha desde 1863, quando a organização internacional sem fins lucrativos e integrada por voluntários foi criada pelo suíço Jean Henri Dunant, com o objetivo de prestar socorro e garantir assistência a vítimas de guerras e catástrofes naturais.

Donoso também comentou os casos de desvio de dinheiro descobertos de 2012 para cá na Cruz Vermelha do Brasil, envolvendo dirigentes corruptos baseados no Maranhão. A bancada de entrevistadores foi formada pelos jornalistas Adriana Carranca (Estadão), Teresa Perosa (Época) e Aldo Quiroga (apresentador da TV Cultura), pelo fotógrafo de guerra André Liohn e pelo médico ortopedista Ricardo Affonso Ferreira,fundador e presidente da Ong Expedicionários da Saúde.

13/10/2014

às 17:42 \ Vídeos: Entrevista

A atriz e diretora Bibi Ferreira foi a estrela mais aplaudida da história do Roda Viva

A filha do grande ator Procópio Ferreira tinha quatro meses de vida quando, nos braços do pai, entrou pela primeira vez num palco. Nunca mais saiu. Aos 92 anos, Bibi Ferreira protagonizou, dirigiu ou escreveu mais de 150 espetáculos teatrais, numa trajetória que a transformou em lenda viva da cultura brasileira. No programa desta segunda-feira, Bibi falou de sua carreira, contou casos divertidos, fez confidências, interpretou um trecho da peça Gota d’Água e cantou uma das músicas do show, em cartaz  no Teatro Renaissance, em que resgata parte do repertório de Frank Sinatra.

Em toda a história do Roda Viva, que estreou em setembro de 1986, nenhum entrevistado foi tão aplaudido quanto Bibi. Formaram a bancada de entrevistadores as jornalistas Maria Eugênia de Menezes (Estadão) e Teté Ribeiro (Folha), os dramaturgos Sérgio de Carvalho e Sergio Roveri e o ator Juca de Oliveira.

06/10/2014

às 18:53 \ Vídeos: Entrevista

O Roda Viva com cientista político Antonio Lavareda, especialista em pesquisas eleitorais

Sociólogo e cientista político, Antonio Lavareda foi o entrevistado do Roda Viva desta segunda-feira. Especialista em análise de pesquisas eleitorais, Lavareda comentou os resultados do primeiro turno, as chances de Aécio Neves e Dilma Rousseff na etapa final, entre outros temas.

A bancada de entrevistadores foi formada por Eliane Cantanhêde (Folha), João Gabriel de Lima (Época), Sérgio Roxo (O Globo) e Ricardo Galhardo (Estadão). Transmitido ao vivo pela TV Cultura, o programa começa às 10 da noite.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados