Blogs e Colunistas

José Genoíno

30/04/2014

às 18:38 \ Opinião

‘Não dá para levar a sério’, editorial do Estadão

Publicado no Estadão desta quarta-feira

Não se deve levar a sério quem não leva a sério a si mesmo. Diante das nuvens que ameaçam carregar de sombras o cenário eleitoral, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu abrir a caixa de ferramentas e “partir para cima” de quem ou o que quer que seja que represente risco para o projeto de perpetuação do PT no poder.

Tem aproveitado todas as oportunidades para exercitar sua conhecida e inexcedível desfaçatez. Na noite de sábado passado, em entrevista à TV portuguesa, chegou ao cúmulo, ao interromper a entrevistadora que queria saber o nível de suas relações com José Dirceu, José Genoino e Delúbio Soares e sair-se com uma inacreditável novidade: “Não se trata de gente de minha confiança”.

» Clique para continuar lendo

04/03/2014

às 12:40 \ Sanatório Geral

Quadrilheiro corrupto

“Dizer que José Genoino é quadrilheiro é desrespeito”.

Rui Falcão, presidente do PT, reafirmando que José Genoino prefere ser chamado de corrupto.

27/02/2014

às 17:44 \ Direto ao Ponto

O PT está eufórico com a grande notícia: os companheiros presidiários não são quadrilheiros. São apenas corruptos

“O PT não róba nem dexa robá”, recitava José Dirceu antes da descoberta do mensalão. Hoje, como resumiu Joelmir Betting, o partido dos ex-presos políticos se tornou um partido de políticos presos.

Antes do julgamento do mensalão, Dirceu reinava na Casa Civil, governava o PT e sonhava com a presidência da República. Hoje só reina na cela S13 da Papuda e sonha com a vida fora da cadeia.

Antes do mensalão, a seita que tem como único Deus um palanque ambulante posava de detentora do monopólio da ética. Nesta quinta-feira, a notícia de que os companheiros presidiários escaparam do regime fechado foi suficiente para antecipar o Carnaval dos devotos de Lula.

O PT, quem diria, está grávido de felicidade com a decisão que anulou a condenação de Dirceu, José Genoino e Delúbio Soares pelo crime de formação de quadrilha. Graças à bancada dos ministros da defesa, o STF resolveu que os três delinquentes não devem ser qualificados de quadrilheiros. Vão continuar engaiolados porque são apenas corruptos.

22/02/2014

às 7:14 \ Sanatório Geral

Raciocínio lógico

“Dizer que no núcleo de poder havia uma quadrilha é um escancarado absurdo e o povo brasileiro já refutou isso. Aliás, pesquisa dá como certa a reeleição da presidente Dilma no primeiro turno”.

Luiz Fernando Pacheco, advogado de José Genoíno, durante o julgamento dos embargos infringentes pelo STF, garantindo que apoiar Dilma Rousseff é a mesma coisa que votar nos quadrilheiros engaiolados na Papuda.

21/02/2014

às 16:38 \ Sanatório Geral

Me engana que eu gosto (1.217)

“Uma causa tem que dar pão ou glória. De preferência as duas coisas. Esta aqui até agora não deu pão nem glória. Vamos ver se hoje a gente ganha. Meu cliente é mais pobre que marré deci, não tem lugar para puxar pelo rabo”.

Luiz Fernando Pacheco, advogado de José Genoíno, afirmando que resolveu trabalhar como voluntário no julgamento do mensalão por pensar apenas nos superiores interesses da nação.

16/02/2014

às 22:58 \ Sanatório Geral

Ofensa gravíssima

“O gesto é muito comum. Genoino fez, Dirceu fez, Mandela fez”.

Vicentinho, líder do PT na Câmara dos Deputados, sobre o gesto ensaiado pelo colega André Vargas para provocar o presidente do STF, Joaquim Barbosa, ofendendo gravemente Nelson Mandela ao comparar o estadista morto com dois quadrilheiros condenados por corrupção.

02/02/2014

às 0:53 \ Sanatório Geral

Elogio ou ofensa?

“Sou um advogado que, circunstancialmente, defende um grande petista”.

Luiz Fernando Pacheco, advogado de José Genoíno, ao recusar a proposta de filiação partidária do PT de São Paulo, sem esclarecer se “grande petista” é elogio ou ofensa.

29/01/2014

às 5:13 \ Sanatório Geral

Discriminação é isso

“Queremos nos congratular com a militância que, solidariamente, vem contribuindo para as multas, injustas e desproporcionais, impostas aos companheiros condenados na Ação Penal 470 no STF”.

Trecho da nota emitida pelo PT nesta segunda-feira, depois da reunião da Executiva Nacional, em agradecimento aos que fizeram doações para pagar as multas de Delúbio Soares e José Genoino, sem explicar por que não recorre ao mesmo tipo de coleta para socorrer companheiros como Marcos Valério e Valdemar Costa Neto, que tanto contribuíram para o sucesso financeiro da quadrilha do mensalão.

22/01/2014

às 23:12 \ Sanatório Geral

Aprendizes do PCC (2)

“Não acho importante dizer quanto foi. Dei minha contribuição”.

Eduardo Suplicy, senador pelo PT de São Paulo, sobre a vaquinha que arrecadou os R$ 667,5 mil necessários para pagar a multa de José Genoino, mostrando que, como no PCC, os devotos da seita que estão em liberdade nunca revelam o tamanho da “contribuição” que beneficia os parceiros engaiolados.

22/01/2014

às 20:22 \ Sanatório Geral

Aprendizes do PCC

“A solidariedade é uma de nossas marcas”.

Marco Aurélio Carvalho, coordenador jurídico do PT, sobre a vaquinha que arrecadou os R$ 667 mil necessários para pagar a multa de José Genoino, confirmando que a companheirada aprendeu com os manos do PCC que quem está em liberdade deve conseguir dinheiro para quem não escapou da cadeia.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados