Blogs e Colunistas

Dilma Rousseff

26/11/2014

às 19:38 \ Direto ao Ponto

1 Minuto com Augusto Nunes: Dilma continuará dando as cartas na economia? Não há o menor perigo de dar certo

26/11/2014

às 16:38 \ Sanatório Geral

Coroinha de joelhos

“Seja qual a equipe que ela montar, quem manda é a presidenta Dilma e ela está determinada a fazer com que essa injustiça histórica seja reparada”.

Gilberto Carvalho, secretário-geral da Presidência (ainda), caixa preta especializada em assuntos de Santo André (implorando pelo arrombamento) e coroinha de missa negra (enquanto a frota de camburões não chega), garantindo que Dilma Rousseff vai acabar com a pobreza que Lula jura ter acabado em 2010.

26/11/2014

às 15:10 \ Opinião

Seis notas de Carlos Brickmann

Publicado na coluna de CARLOS BRICKMANN

Os Dez Mandamentos da Lei de Deus são severos, rígidos; e nem eles proíbem a mentira. O estadista britânico Winston Churchill dizia que a verdade é tão preciosa que precisa ser protegida por uma muralha de mentiras. A mentira, vemos, tem muitas vantagens; mas tem o poder de destruir quem acredita nela.

Todos assistimos à campanha eleitoral, todos assistimos hoje à desconstrução, pela presidente Dilma, daquilo que a candidata Dilma afirmava. Não tem grande importância: o importante é que a presidente tenha reconhecido, ao escolher sua equipe econômica, a necessidade de gastar menos do que o Governo arrecada, de evitar manobras criativas com a aritmética, de fingir que a inflação e as contas externas estão sob controle, que tudo vai bem e no melhor dos mundos.

» Clique para continuar lendo e deixe seu comentário

25/11/2014

às 21:12 \ Sanatório Geral

Neurônio arquiteto

“Prefiro comparar o estágio atual à construção de uma casa. A presidente está agindo como uma arquiteta. Só ela conhece o projeto. Só poderemos avaliar quando a casa ficar pronta. Por enquanto, a casa está em obras”.

Ciro Nogueira, presidente do PP, sobre a reforma do ministério de Dilma Rousseff, explicando que só depois de concluído esse engenhoso projeto arquitetônico o Brasil saberá se o primeiro escalão ficou com cara de barraco, boteco, cabaré, cabeça-de-porco, mansão de empreiteiro amigo do governo ou palácio de ex-diretor da Petrobras.

25/11/2014

às 19:59 \ Sem categoria

Reynaldo-BH: Isto aqui é hospício ou circo?

REYNALDO ROCHA

País de loucos. Seremos todos hóspedes do Sanatório Geral que o Augusto tenta manter com o número necessário de vagas? Aqui corruptor passa recibo – isso mesmo, aquele de papel! – do crime cometido. Só falta a exposição de motivos.

Quem manda no prostíbulo? Lula, depois de uma reunião de dez horas com a mulher que se julga presidente, deve ter anotado as ordens em algum papel de padaria. Isso vale mais – neste governo – que um decreto. Bastam as digitais (ou meia dúzia de garranchos) do copresidente. Dilma jamais ousará contrariar uma determinação de Lula. Aceitou Joaquim Levy como regra-três de  Luiz Carlos Trabuco e Henrique Meireles, os preferidos do padrinho.

» Clique para continuar lendo e deixe seu comentário

24/11/2014

às 21:43 \ Sanatório Geral

Vale a pena ler de novo (2)

“É um orgulho passar pelo Conselho de Administração da Petrobras, e, maior ainda, presidi-lo. Você tem uma nova visão do Brasil. Vê a riqueza do Brasil”.

Dilma Rousseff, em março de 2010, ao despedir-se do comando do Conselho de Administração, confessando que aprendeu muito durante o convívio com executivos do calibre de Paulo Roberto Costa (atualmente na cadeia), Renato Duque (também engaiolado) ou Nestor Cerveró (ainda em liberdade).

24/11/2014

às 20:51 \ Direto ao Ponto

Na TVEJA, Joice Hasselmann e Augusto Nunes comentam a mais recente novidade do Petrolão: propina com recibo

24/11/2014

às 16:47 \ Opinião

Editorial do El País: ‘Petrobras mancha o Brasil’

Publicado no El País

O Brasil está enfrentando o que pode ser o pior escândalo financeiro e político desde a chegada do Partido dos Trabalhadores (PT) ao poder em 2003 com Lula como presidente. A rede de corrupção política e empresarial – com ramificações de financiamento ilegal do partido governista – tecida em torno da gigante estatal Petrobras ameaça apequenar o famoso mensalão, que há oito anos trouxe à tona um sistema de compra de votos no Congresso e – mais uma vez – financiamento ilegal do PT.

A Petrobras não é uma estatal comum. “A Petrobras é o Brasil e o Brasil é a Petrobras”, gostava de repetir Lula. Sua sucessora, Dilma Rousseff, agora precisa combater em duas difíceis frentes. Em primeiro lugar, como ministra de Minas e Energia do Governo Lula, Dilma ordenou que Petrobras tivesse fornecedores nacionais. Uma medida perfeitamente coerente com o ideário do PT e com o objetivo de criar empregos e ativar a indústria nacional. Mas teve o efeito – inesperado, até prova em contrário – de ser utilizada para engordar uma trama de favores, subornos e comissões ilegais que envolveu pelo menos nove das maiores empresas do Brasil e, até o momento, 85 altos executivos.

» Clique para continuar lendo

22/11/2014

às 13:00 \ Opinião

J.R. Guzzo: ‘Caros leitores’

Publicado na edição impressa de VEJA

J.R. GUZZO

Os leitores de VEJA têm o direito de perguntar a si mesmos o que, afinal de contas, estão fazendo de tão errado assim. Ouvem dizer o tempo todo, do governo e do seu sistema de suporte, as coisas mais horríveis a respeito da revista que gostam de ler ─ tanto gostam que continuam a lê-la, semana após semana, sem a menor obrigação de fazer isso. Haveria aí alguma tara secreta, ou outro tipo qualquer de desvio de conduta? A pregação espalhada diariamente pelos mecanismos de propaganda a serviço do governo parece sugerir que existe, sim, uma doença muito séria com esses cidadãos: como poderiam, caso fossem pessoas sadias, buscar informação e outros itens de interesse num veículo que faz parte das leituras proibidas pelo Santo Ofício do PT?

Ainda na véspera da última eleição, a presidente da República, em pessoa, prometeu que iria processar a revista “na Justiça”, aparentemente com uma ação penal, por crimes não especificados e, segundo ela, gravíssimos. Até agora não entrou com ação nenhuma, é verdade, mas e daí? O que importa é afirmar que o leitor está sendo cúmplice de uma publicação “criminosa” ─ e como tal, segundo a filosofia do ex-presidente Lula, torna-se nazista, inimigo do Menino Jesus e participante de um golpe de Estado para derrubar Dilma Rousseff e o governo popular do PT.

» Clique para continuar lendo e deixe seu comentário

21/11/2014

às 19:51 \ Sanatório Geral

Tudo explicado

“O ódio demonstrado contra a presidenta Dilma não se deve ao fato dela ter prejudicado o sistema financeiro ou os empresários. O ódio é exatamente porque a filha de um pequeno agricultor está virando doutora nesse país”.

Lula, ensinando que os milhões de indignados com o governo mais corrupto e incompetente da história se converteriam em devotos da seita petista se os filhos dos pequenos agricultores passassem a vida longe da escola, como fez o declarante.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados