Blogs e Colunistas

corrupção

24/10/2014

às 19:35 \ Opinião

‘Beto & Paulinho’, de J.R. Guzzo

PUBLICADO NA EDIÇÃO IMPRESSA DE VEJA

J.R. GUZZO

Diante das versões francamente incompreensíveis que o governo vem apresentando a respeito dos atos de corrupção praticados na Petrobras ao longo dos últimos anos, talvez seja útil para o leitor ter na ponta da língua os fatos registrados a seguir. Versões são mercadoria barata. Fatos, porém, são o corpo e a alma da realidade. Podem ser ignorados por quem não gosta deles, mas não mudam, e não vão embora. No caso da Petrobras, aqui estão:

Paulo Roberto Costa, chamado de “Paulinho” pelo ex-presidente Lula e um dos convidados ao casamento da filha da presidente Dilma Rousseff, Paula, em abril de 2008, foi um dos mais altos diretores da Petrobras entre 2004 e 2012. Em março deste ano “Paulinho” foi preso pela Polícia Federal, acusado de praticar atos de corrupção nas operações da estatal, e algum tempo atrás resolveu confessar seus crimes, por livre e espontânea vontade, dentro das condições legais que permitem redução de pena para réus que colaboram com a Justiça. Seu companheiro de delitos, o doleiro Alberto Youssef, ou “Beto”, fez o mesmo. A partir daí ficou provado, acima de qualquer dúvida, que houve corrupção na maior empresa estatal do Brasil; é um fato que não pode mais ser apagado. Feita dentro das exigências da lei, a confissão é a “rainha das provas” – não pode ser suplantada por nenhuma outra, e é a única que garante consciência tranquila ao juiz que assina uma sentença de condenação.

» Clique para continuar lendo e deixe seu comentário

24/10/2014

às 14:05 \ Opinião

‘Quatro anos num domingo’, de Fernando Gabeira

Publicado no Estadão desta sexta-feira

A campanha chega ao fim com o grande debate de hoje. Alguns temas ficaram de fora. Do Rio Piracicaba à nascente do São Francisco, na Serra da Canastra, encontrei vestígios da grande seca, talvez a maior dos últimos 50 anos no Sudeste. Ignoro o que os candidatos pretendem fazer a respeito. Não falam em recuperação de rios, fortalecimento dos comitês de bacia, nada que lembre uma política de recursos hídricos. Apenas se culpam.

Não sei se todos têm a sensação de que há uma distância entre o País dos debates e o da vida real. Creio que a distância às vezes é ampliada pelo próprio debate, que deveria encurtá-la.

» Clique para continuar lendo

23/10/2014

às 13:39 \ Opinião

‘Outro negócio suspeito faz a Petrobras continuar sangrando’, de Ricardo Noblat

Publicado no Globo desta quinta-feira

Êpa! Tem jeito de elefante, presa de elefante, tromba de elefante, mas o governo não admite que seja um elefante.  O que será então?

Muita coisa se passou na Petrobras desde que se montou ali um esquema bilionário de desvio de recursos para enriquecer políticos que apoiam o governo e financiar campanhas – a de Dilma, inclusive.

O Tribunal de Contas da União (TCU) abriu uma auditoria para investigar o pagamento extra de mais de R$ 1 bilhão feito pela Petrobras ao governo boliviano. Tem a ver com a importação do gás boliviano pelo Brasil.

» Clique para continuar lendo e deixe seu comentário

19/10/2014

às 11:56 \ Sanatório Geral

Surto de modéstia

“Fazem de tudo para construir a realidade de que nós somos os inventores da corrupção”.

Gilberto Carvalho, ex-seminarista que virou coroinha de missa negra, num surto de modéstia ocorrido durante reunião com companheiros militantes, ensinando que o PT apenas transformou uma coisa que já existia em categoria de arte, programa de governo e plataforma ideológica.

17/10/2014

às 21:05 \ Sanatório Geral

Inocência demitida

“Tenho muita tranquilidade. Em abril de 2012, eu não sabia que havia esse processo e retirei as pessoas envolvidas. Não tenho o que assumir na Petrobras, tenho de investigar”.

Dilma Rousseff,  jurando que resolveu afastar os diretores gatunos da Petrobras por achar que eram inocentes.

14/10/2014

às 22:14 \ Direto ao Ponto

1 Minuto com Augusto Nunes: Até a Dádiva de Deus foi roubada pelos quadrilheiros que Lula e Dilma infiltraram na Petrobras

Em agosto de 2009, como registrou o post reproduzido na seção Vale Reprise, o então presidente Lula apareceu num palanque no Rio fantasiado de Dom Pedro III e proclamou a Segunda Independência. Graças à descoberta do pré-sal, promovido a Dádiva de Deus pelo maior dos governantes desde Tomé de Souza, o Brasil já perto da perfeição se tranformaria em dois ou três anos numa espécie de Noruega com muito sol, muita praia, muita mulata e Carnaval. E o PIB da Alemanha que se preparasse para uma procissão de desmoralizantes 7 a 1.

Como informa o comentário de 1 minuto para o site de VEJA, o palavrório delirante só não foi materializado porque Lula colocou o presente da Divina Providência sob a guarda de uma Petrobras infestada de larápios que ele próprio nomeou. A Dádiva de Deus continua enterrada nas profundezas do Atlântico. Mas já foi tungada pelos quadrilheiros de estimação do governo lulopetista.

14/10/2014

às 18:12 \ Sanatório Geral

Recesso dos larápios

“Você faz audiência pública a hora que lhe convém, agora, fazer audiência pública no meio de uma campanha eleitora, parcial, é que eu acho estranho”.

Dilma Rousseff, sobre os depoimentos de Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef à Justiça Federal do Paraná, ensinando que, durante campanhas eleitorais, o Poder Judiciário deve cancelar todos os depoimentos que revelem roubalheiras do PT em parceria com bandidos de estimação do governo.

14/10/2014

às 9:40 \ Opinião

‘Como roubaram a Petrobras’, editorial do Estadão

Publicado no Estadão

Começam a brotar os detalhes daquele que se afigura como um dos maiores escândalos de corrupção da história brasileira – o assalto à Petrobrás, que teria movimentado ao menos R$ 10 bilhões. Os mais recentes depoimentos dos principais personagens desse escabroso esquema, montado para drenar os recursos da maior empresa estatal do País, revelam a quem foi repassado o produto do roubo – e, mais uma vez, como tem sido habitual ao longo dos governos lulopetistas, aparecem fartas digitais do PT.

Fica cada vez mais claro que figuras de proa desse partido – muitas das quais já foram presas por corrupção – permitiram na última década o arrombamento dos cofres do Estado por parte de delinquentes, servindo-se desse dinheiro para financiar seu projeto de poder.

» Clique para continuar lendo

13/10/2014

às 9:44 \ Opinião

‘Dilma e a Polícia Federal’, editorial do Estadão

Publicado no Estadão

Para tentar impedir que o escândalo do mensalão e as denúncias de corrupção contra o governo respinguem sobre sua campanha pela reeleição, a presidente Dilma Rousseff vem alegando que concedeu à Polícia Federal (PF) total liberdade para investigar as denúncias de corrupção na Petrobrás, inclusive orientando-a a instaurar inquéritos criminais e a adotar medidas para acabar com o uso de caixa 2 pelos partidos políticos e esquemas de lavagem de dinheiro para financiar campanhas eleitorais.

» Clique para continuar lendo

11/10/2014

às 21:20 \ Sanatório Geral

Doutor em corrupção (2)

“Aécio é um cara que tem falado muito em corrupção, e eu acho que esse é o tema que a Dilma vai querer debater com o Aécio também. É um tema sempre apaixonante, cheio de diz-que-diz, muito cheio de insinuações”.

Lula, uma semana antes de berrar que está “de saco cheio” com as revelações sobre bandalheiras na Petrobras que estão dinamitando o sonho do quarto mandato.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados