Blogs e Colunistas

corrupção

29/01/2015

às 16:49 \ Direto ao Ponto

1 Minuto com Augusto Nunes: O afilhado Gabrielli traz Lula para perto do pântano

28/01/2015

às 15:59 \ Sanatório Geral

Coroinha apavorado

“Eles querem nos levar para as barras dos tribunais. O envolvimento do Zé Dirceu agora de novo é tudo na mesma perspectiva. E a leitura que se impões diariamente na cabeça do nosso povo é essa de que a corrupção nasce conosco e por isso não temos condição de continuar governando o país”.

Gilberto Carvalho, ex-secretário geral da Presidência e ex-seminarista rebaixado a coroinha de missa negra, sem explicar se está apavorado com o noticiário político-policial, com a Polícia Federal, com o Ministério Público, com a Justiça ou com tudo isso junto.

26/01/2015

às 15:36 \ Opinião

Editorial do Estadão: ‘A sanha petista’

Publicado no Estadão desta segunda-feira

Qualquer pessoa que saiba somar dois mais dois sabe que o escândalo da Petrobrás tem raízes eminentemente políticas. O enorme esquema de propinas que tomou de assalto e jogou na sarjeta a reputação da maior empresa estatal do País foi urdido com o objetivo de socorrer as finanças do PT e de seus aliados no cada vez mais dispendioso processo eleitoral brasileiro. Pois é exatamente isso que confirmam mais dois depoimentos divulgados esta semana no âmbito da Operação Lava Jato.

» Clique para continuar lendo

15/01/2015

às 15:24 \ Sanatório Geral

Vale a pena ler de novo

“Os companheiros que dirigem a Petrobras têm capacidade para chefiar qualquer empresa do ramo em qualquer lugar do mundo”.

Lula, em 23 de setembro de 2007, sete anos antes da descoberta de que foi ele quem instalou na direção da Petrobras os quadrilheiros que transformaram uma empresa petroleira em fábrica de bandalheiras bilionárias.

06/01/2015

às 17:03 \ Opinião

A senha: ‘SG9W’, por José Casado

Publicado no Globo desta terça-feira

Parece formigueiro quando se observa da janela, no alto da torre desenhada como plataforma de petróleo. A massa serpenteia, quase atropelando vendedores de ilusões lotéricas, espertos do carteado e ambulantes de afrodisíacos à volta dos prédios. Na paisagem se destaca um paletó preto surrado. Bíblia na mão direita e “caixa-para-doações” na esquerda, ele bacoreja: “Irmãos, o apocalipse está chegando!”

Naquela quinta-feira, 7 de abril de 2011, seu palpite ecoava numa cidade perplexa com a carnificina de 12 estudantes em insano ataque numa escola de Realengo, na Zona Norte.

No alto da torre, porém, o mundo era outro. Emoções oscilavam entre a euforia das renovadas promessas de óleo fator sob a camada do pré-sal e a depressão com o rombo de caixa bilionário provocado pelo “congelamento” do preço da gasolina. Recém-chegada à Presidência, Dilma Rousseff culpava suspeitos de sempre, os anônimos “inimigos externos”.

» Clique para continuar lendo

02/01/2015

às 11:03 \ Direto ao Ponto

Não perca: no vídeo, a deputada Mara Gabrilli interpela Gilberto Carvalho sobre o caso Celso Daniel e acusa ‘o homem do carro preto’ de repassar a José Dirceu o dinheiro extorquido de empresários

tarja-an-melhores-do-ano-2014

PUBLICADO EM 10 DE ABRIL

“Faz muitos anos que eu queria olhar nos olhos do senhor e fazer essas perguntas”, disse a deputada Mara Gabrilli em meio à interpelação que interrompeu a procissão de platitudes que o ministro Gilberto Carvalho desfiava, no fim da tarde desta quarta-feira, durante a sessão da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado. Por mais de seis minutos, a parlamentar do PSDB paulista acuou o secretário-geral da Presidência com a evocação de perturbadoras agravantes que envolvem o assassinato do prefeito Celso Daniel, ocorrido em janeiro de 2002. Tentando controlar a emoção que em alguns momentos embargou a voz sempre suave, a deputada que um acidente de carro imobilizou na carreira de rodas abriu a ofensiva com a história do pai, dono de uma empresa de ônibus.

Vítima do esquema corrupto montado na prefeitura de Santo André para extorquir empresários do setor, e irrigar com boladas de bom tamanho as campanhas eleitorais do PT, ele era pressionado todos os meses “por uma gangue” ─ liderada, segundo Mara, por Klinger de Souza (subsecretário de Celso Daniel), Ronan Pinto (hoje proprietário do Diário do Grande ABC) e Sérgio Gomes da Silva, o “Sombra”, denunciado pelo Ministério Público como mandante do crime. “O senhor sempre foi conhecido como o homem do carro preto”, disse a deputada ao ministro. “Era a pessoa que realmente pegava essa coleta de dinheiro extorquido de empresários e levava para o capo, como era conhecido o José Dirceu. Isso eu não li. Isso eu vivenciei”.

Depois de invocar os testemunhos dos irmãos de Celso Daniel e o depoimento de Romeu Tuma Junior, ex-secretário nacional de Justiça, publicado no livro “Assassinato de Reputações”, a deputada seguiu alternando acusações e cobranças. Quis saber se Carvalho também acha que os fins justificam os meios e estranhou o descaso do ministro pelo esclarecimento de um episódio que comoveu e continua intrigando o país inteiro. “Por que o senhor não ajuda a apressar o julgamento do Sombra?”, perguntou, identificando pelo apelido o réu Sérgio Gomes da Silva, processado como mandante do assassinato. “O senhor não se incomoda com isso?”

Desconcertado, Carvalho reprisou o palavrório que recita há mais de dez anos. Alegou que “foi a Polícia Civil de São Paulo comandada pelo PSDB” que reduziu a crime comum uma execução encomendada. Como fez há três meses, prometeu acionar judicialmente Romeu Tuma Junior. E jurou que ninguém sofreu tanto quanto ele com a morte do “amigo e mestre” Celso Daniel. Caprichando na pose de quem acabou de chegar ao velório, declamou mais de uma vez o mantra predileto: “Isso dói”.

Certamente doeu mais a surra verbal que levou de Mara Gabrilli.

31/12/2014

às 11:24 \ Sanatório Geral

Conselho de comparsa

tarja-an-o-ano-em-frases-2014

PUBLICADO EM 01 FEVEREIRO

“O Lula me falou: ‘Lupi, esquece, isso sai na urina’”.

Carlos Lupi, ex-ministro do Trabalho, acusado por uma empresária de receber propina para acelerar o registro de um sindicato, revelando à Folha que, em conversa por telefone com Lula, foi aconselhado a fazer o que o ex-presidente tem feito para escapar do caso Rose, das denúncias feitas por Romeu Tuma Junior e de outros casos de corrupção que o envolvem.

23/12/2014

às 2:59 \ Sanatório Geral

Vai faltar camburão

“O Brasil não vive uma crise de corrupção, como afirmam alguns. No Brasil não há intocáveis. Qualquer um que não trate o dinheiro público com seriedade e honestidade deve pagar por isso. É um compromisso do meu governo”.

Dilma Rousseff, em entrevista ao jornal chileno El Mercurio, insinuando que, assim que o segundo mandato começar, vai ordenar à Polícia Federal que prenda o governo.

 

22/12/2014

às 17:15 \ Sanatório Geral

Neurônio vigarista

“Minha indignação é a mesma que sentem os brasileiros. E quero, como todos eles, que os culpados sejam punidos”.

Dilma Rousseff, em entrevista ao jornal chileno El Mercurio, sem esclarecer porque há seis meses vem fazendo o diabo para que não aconteça o que finge querer.

19/12/2014

às 16:52 \ Sanatório Geral

Agora vai

“Chegou a hora do Brasil dar um basta a este crime que ainda insiste em corroer nossas entranhas. Não vão ser o emocionalismo nem tampouco a caça às bruxas que irão fazer isso. Muito menos a complacência, a ingenuidade ou o conformismo. Chegou a hora de firmarmos um grande pacto nacional contra a corrupção, envolvendo todas as esferas de poder. Esse pacto vai desaguar na grane reforma política que o Brasil precisa promover”.

Dilma Rousseff, na cerimônia da diplomação, informando que, se a oposição parar de se opor e a imprensa parar de divulgar bandalheiras federais, todos os corruptos que protegeu no primeiro mandato serão presos quando começar o segundo.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados