Coluna Augusto Nunes

Augusto Nunes

Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido.

sobre

Colunista de VEJA.com, colaborador da edição impressa e apresentador do Roda Viva. Foi redator-chefe de VEJA e diretor de redação das revistas Época e Forbes e dos jornais O Estado de S. Paulo, Jornal do Brasil e Zero Hora. Autor do livro 'Minha Razão de Viver - Memórias de Samuel Wainer'.

“Justiça de olhos abertos”, um artigo de Carlos Alberto Sardenberg

Por: Augusto Nunes

Publicado no Globo

Imagine que uma autoridade do Executivo ou do Judiciário decida colocar sob sigilo os dados sobre desemprego. Não faltam “argumentos” que, aliás, já foram utilizados por outros governos. Em ambiente de desemprego alto e crescente, com forte queda da renda, como acontece neste momento no Brasil, os consumidores gastam menos, por insegurança, e os empresários param de investir ou mesmo fecham seus negócios, por falta de mercado. E a economia piora mais. O país está parando, tal é a sensação nos diversos setores econômicos.

Portanto, temos aí um ambiente de intranquilidade social, talvez uma ameaça à segurança nacional, de tal modo que, em nome da paz e da legalidade, convém proibir a divulgação de dados tão negativos.

Que tal?

Pode-se ir mais longe. Como sempre existe a possibilidade de vazamentos subversivos, seria mais eficiente vetar a própria coleta e elaboração dos dados. Também já foi feito, no Brasil, inclusive. No regime militar, dados sobre inflação foram manipulados para tornar o número mais palatável. Números feios foram escondidos — o governo negava porque negava que havia uma recessão em 1982.

Já no regime civil, governos trocavam os índices “oficiais” de inflação, escolhendo os que mostravam resultados menores.

Na Argentina, o regime dos Kirchner derrubou o índice de inflação e simplesmente proibiu os números sobre a pobreza. Argumento: traziam um sentimento de inferioridade entre os pobres, era uma ofensa para eles.

Absurdos, não é mesmo?

Então por que estamos falando disso?

O leitor já terá percebido. Ocorre que essa atitude de esconder o fato, suspender a informação ou tentar eliminar seus efeitos parece menos absurda quando se vai para a política ou para os tribunais.

O grampo captado pela Lava Jato — na conversa entre Dilma e Lula — sugere que houve tentativa de obstrução de Justiça. Foi com base nesse indício que o ministro Gilmar Mendes, do STF, tornou nula a posse de Lula como ministro, por considerá-la uma manobra para que o ex-presidente escapasse da jurisdição de Curitiba e caísse no foro privilegiado da Suprema Corte.

A decisão de Mendes está pendente de análise do pleno do STF — e esse será um debate interessante.

Mas o quer a dupla Dilma/Lula? Cancelar o grampo, torná-lo sigiloso e invalidá-lo como prova. No fundo, foi esse o sentido da reclamação apresentada pela defesa da presidente ao ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no STF. A decisão de Teori, neste momento, agradou ao governo, pois chamou todo o processo para Brasília, livrando Lula (e Dilma) da jurisdição de Sérgio Moro — de novo, por enquanto.

O ministro baseia sua decisão no fato de o grampo ter apanhado Dilma, circunstância em que o processo deveria ser imediatamente enviado ao STF, única instância na qual a presidente pode ser investigada. E se é assim, claro que Teori condena a divulgação do grampo, autorizada por Moro. Aliás, o ministro decretou sigilo.

A decisão é provisória, precisa passar pelo crivo da Procuradoria-Geral da República e do pleno do próprio STF. Quais as possibilidades?

Há duas questões aqui, uma formal, outra de conteúdo, para simplificar. O conteúdo: várias conversas, já conhecidas de todo mundo, indicando uma tentativa de obstrução da Justiça.

Agora, no aspecto formal: suponha que o STF conclua que o grampo foi ilegal e que, portanto, não pode ser utilizado em qualquer investigação envolvendo a presidente Dilma.

Fica uma situação estranha, não é mesmo? Sabe-se que houve uma fraude, sabe-se quem a cometeu, mas não se pode fazer nada.

Ou, há inflação, há recessão, mas isso não pode ser dito nem usado contra o governo.

Até há pouco, essa era uma linha preferida por advogados brasileiros: anular a prova no processo. Quantas investigações caíram por isso. Ainda agora, advogados de envolvidos na Lava Jato usaram exatamente esse argumento: não importa o que diz a planilha ou o bilhete; têm que ser eliminados do processo, afirmam, por terem sido obtidos fora da praxe da lei.

Daí se entende por que o juiz Moro dá publicidade a tudo. Como ele disse, os governados sempre têm o direito de saber o que fazem os governantes.

Mas não é o pensamento conservador, digamos, que preza o sigilo nas investigações envolvendo autoridades. O presidente do Senado, Renan Calheiros, é alvo de nove inquéritos no STF, todos em segredo de justiça. Vamos convir: não faz o menor sentido.

Como não faz o menor sentido a presidente alegar que o grampo em que ela aparece ameaça a segurança nacional. Não seria o contrário? Uma ilegalidade eventualmente cometida pela presidente é que ameaça a estabilidade.

Também não faz sentido a presidente sustentar que o grampo, mesmo se tivesse sido autorizado pelo STF, deveria permanecer em sigilo.

Por que o povo não pode ou não deve saber que seu presidente está sendo investigado por tais e quais motivos?

Voltar para a home
TAGs:

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*

  1. Jaca

    A Dilma tinha foro mas o Lula, não. O Lula foi grampeado, não a Dilma. Foi tornado público o grampo do Lula. A Dilma, infelizmente, estava do outro lado da linha. Sorry, foi pega em flagrante, conspirando contra a justiça. A Dilma deveria ter sido imediatamente impedida e colocada à disposição da justiça como foi o senador Delcidio Amaral..

  2. Jacinto

    Gilmar Mendes é sensacional. A reserva moral do STF. Agora, às vezes, dá vontade de trocar a foto dele, que ilustra a chamada deste artigo no site, pela do Cerveró…Pode ser, Augusto, só por um dia…um diazinho…

  3. Kalil Boanova

    Gilmar Mendes a salvação da lavoura,pesticida para praga tipo TEORI

  4. Elementar!

    A escuta autorizada por Moro, cobria Lula. É Dilma que liga e combina com Lula os passos do fim do seu governo. A segurança nacional do cargo de presidente da república foi fortalecida e não ameaçada. A escuta comprova que a presidente não tem a qualificação necessária para o cargo.

  5. deaC

    Se dependesse do governo, seríamos uma cópia da Venezuela. Felizmente ainda existem juízes em Berlin.

  6. PÉ DE PANO

    Tudo seria resolvido e ninguém mais (ou pouquíssimos doidos), afrontariam a justiça se na Constituição constasse:

    1) É proibido o Foro Especial para todas as autoridades e políticos, incluindo o presidente da república, em caso de corrupção, má gestão da asministração pública e crime contra a vida.

    2) Fica proibido políticos adminstrarem ministérios, autarquias e empresas públicas.

    3) Toda e qualquer interpretação que contrarie o parágrafo acima, será considerado crime sujeito a perda do cargo para sempre, prisão de 30 a 100 anos obrigatoriamente cumprida sem direito à qualquer tipo de beneficio.

    4) As importâncias roubadas teriam que ser devolvidas com 100% de multa sobre o valor.

    5) É vedado aos políticos, minstros e altos funcionários do governo desfrutarem de mordomias de qualquer tipo, incluindo-se moradia tais como carros, passagens aéreas, segurança, quando não for em missão oficial.

    6) Políticos em Brasilia ou em qualquer outro estado da Federação, não terão direito à gabinetes suntuosos com grande número de funcionários. Cada um contará com apenas uma secretária.

    7) Se for constatado qualquer desvios dessas normas o funcionário, ministro ou político perderá o cargo imediatamente, bastando ser provado.

    8) Todas as despesas deverão ser acompanhadas das devidas notas fiscais.

    9) Exceto o Presidente da República todos os demais servidores, incluindo os políticos de todas as casas, federal, Estadual e Municipal, terão que usar o Sistema Único de Saúde.

    10) A câmara dos deputados e senadores terão que trabalhar de segunda-feira à sexta-feira em horário comercial como todos os demais trabalhadores. Horas extras não serão pagas.

    11) Os ministérios, estatais, prefeituras, câmaras estaduais e municipais estarão sujeitas às mesmas normas.

    12) Os cartões corporativos serão totalmente proibidos e todos os gastos da administração pública federal, estadual e municipal, deverão ser divulgadas, obrigatoriamente na internet no mesmo dia em que forem realizadas.

    SE TIVESSE UM HOMEM SUFICIENTEMENTE HONESTO, HONRADO E CORAJOSO PARA IMPLANTAR ESSAS MEDIDAS, SERÍAMOS O PAÍS MAIS FORTE E RICO DO MUNDO…. só que esse homem ainda não nasceu e talvez jamais nascerá.

    SONHAR NÃO CUSTA NADA.

  7. Elementar, Osório!

    Como esse governo golpeia o pais e seu povo todo dia, usa o mantra: “não vai ter golpe” para tentar esconder o que faz rotineiramente. O Congresso precisa ajudar o país a livrar-se disso, impedindo Dilma!

  8. Maria

    O que quer Teori ao faze com que toda população se sinta como o “marido traído”? Por que temos sempre que ser o “ultimo a saber”? Teori explicou mas não convenceu! Que perigo estariamos correndo como nação? O único que vejo é que estaríamos comendo gato por lebre mais uma vez e, portanto, Moro fez muito bem em suspender o sigilo. Além disso, o conteúdo das ligações foram publicados e até agora, pelo que se sabe, ninguém morreu! Dizem que a relação entre Teori e Moro andava um pouco “azeda” ultimamente. Parece que Teori tomou uma decisão com o fígado, e não com a cabeça. Ele ainda nos deve uma explicação digna da toga que usa!

  9. Robespierre

    Tchau querida.

  10. Cj

    O errado é o foro previlegido, precisa acabar!!!!

  11. Adriano

    Sadenberg, parabenizo a você como comentarista. Só o conhecia por inserções no Jornal da Globo, em Economia. Muito bom. Mesmo que o governo da vez mascare os números, os efeitos práticos na vida aquí embaixo, o dia a dia o desmentem. Muda totalmente o cotidiano para o cidadão comum. É só você conviver com o pessoal da feira. Todos, por uma necessidade ou outra, passam por eles. É um bom termômetro do que está se passando.

  12. Mariazinha

    Para dona Marisa, que nunca quis saber sobre o “harém” do seu Amo e senhor, onde a mulherada politicamente incorreta, mandava, deitava e, rolava à vontade. Haja paciência santa…

  13. Textículos do Jota (ES)

    Um detalhe que não vejo ninguém comentar. Se as autoridades (promotores, juízes, ministros de Tribunais Superiores, procurador-geral da República, etc) não cumprirem com os seus deveres funcionais, como mandar investigar, denunciar, processar, julgar, etc, poderão ser denunciados por crime de prevaricação. A prevaricação é um crime funcional, ou seja, praticado por funcionário público contra a Administração Pública em geral, que se configura quando o sujeito ativo retarda ou deixa de praticar ato de ofício, indevidamente, ou quando o pratica de maneira diversa da prevista no dispositivo legal, a fim de satisfazer interesse pessoal. A pena prevista para essa conduta é de detenção, de 3 meses a 1 ano, e multa. A sua fundamentação está no artigo 319 do Código Penal. Vamos abrir bem os olhos, Justiça!

  14. José Ricardo da Silva

    OK! Minha conclusão! O Brasil rumo ao Brasildesh! Agradeço penhoradamente ao partido que está no poder em 13 anos e não encontrou a herança maldita, que levou esse país, para este resultado! Muito obrigado PT, vocês são uns craques em realização, com 100% de eficiência! Nós éramos a 6ª economia do mundo (2002) e hoje já estamos em 9º lugar (2015) e já alcançando até o fim do ano, o 10º lugar (2016), e logo, logo chegaremos ao glorioso 11º lugar (2017). Parabéns PT, ninguém faria melhor do que vocês.
    Ah! Eu ia esquecendo: 9,6 milhões de desempregados!
    Atenciosamente.

  15. PAPAGAIO

    No meu modo de ver as coisas a ÚNICA diferença entre o regime Militar e o govêrno corrupto petista ( de lula a dilma) é a forma de como foram e estão sendo instalados. No regime Militar foi instalada a ditadura RÁPIDAMENTE, já no govêrno corrupto petista está sendo instalada em DOSES HOMEOPÁTICAS, estamos sendo engolidos por uma teia de corrupção de políticos( pt, pmdb, psdb & cia), que quando acordarmos estaremos num enfrentamento entre a nação onde pode ocorrer mortes, de inocentes, como aconteceu no Regime Militar, pois claramente está se verificando os acirramento desse intuito com as declarações de lula, dirigentes do mst, da cut em enfrentamento de oposições se dilma for cassada. Só nos resta mesmo o SUPREMO, pois estão falando muito em censura disso ou daquilo, instigados por juristas, jornalistas e advogados que parasitam no lado do govêrno petista e deixando as vozes da rua como ‘PALAVRAS AO VENTO …”.

  16. Renato

    Ou o STF se atualiza à nova exigencia da sociedade por transparencia, eficiencia, celeridade e imparcialidade em seus julgamentos ou estara fadado ao descrédito e ao desprezo pelos brasileiros. Não existem alternativas meio-termo!

  17. Ze mane

    Os togas vermelhas sao mais que 7. As vezes se põe contra seus patroes, mas é “jogo de cena” , pois so’ o fazem quando o caso esta’ decidido em prol da quadrilha.

  18. fernando

    Pelo que sei é que a presidanta ligou diretamente de um celular, que não se sabe a quem pertence, para um celular de um segurança do Lula.
    Quem mandou um presidente do Brasil ligar diretamente para um celular de um desconhecido segurança?!?!?

  19. jovem

    Excelente e oportuno artigo!!!
    Além dos indicados no artigo, há outros que não fazem o menor sentido.
    Dentre eles, os contratos de compra de material de defesa firmados com a França nos governos petralhas.
    Como acreditar no contrato firmado pela Marinha com a empresa francesa DCNS se a Odebrecht é um dos atores principais nesse negócio?
    A propósito, a delação do Marcelo Odebrecht só terá sentido se esclarecer os meandros desse contrato:http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/lava-jato/panico-no-cartel-da-petrobras-com-delacao-de-marcelo-odebrecht/
    Além disso, como acreditar no contrato de compra de 50 helicópteros da Eurocopter, agora EADS Helicopters (a vida é assim, fez m…, troca de nome!!!), se as Forças Armadas não pediram essa compra?
    Para piorar, até o velho e sisudo Exército Brasileiro pode ter sido passado para trás numa trama que tem alguns generais seus, Jorge Viana e Lulla, o palestrante ilustre e financiado pela Helibras, braço no Brasil da EADS Helicopters, como envolvidos até o pescoço na “modernização” de seus helicópteros!!!!
    No último caso, só para trocar os reloginhos do helicóptero Esquilo, o Exército pagou o preço de um novo: US$ 3 milhões!!!!!
    Não sei se dou risada, pela piada, ou se choro, como contribuinte…
    Realmente, os milicos tem de classificar como sigiloso tudo o que é imoral feito por eles!!!!

  20. Valério Seccadio

    Quem paga os vôos dos jatinhos que levam Luiz Inácio da Silva daqui prá lá, de lá prá cá?

  21. Amilcar

    Quem paga os advogados de Lula e de onde saiu o dinheiro??

  22. SOFISMA FUTEBOL CLUBE !

    Caro Carlos,
    O pt rouba porque todos os partidos roubam!
    Ninguém eleito tem moral para condenar ladrões, para isso que existe a justiça, que porventura tem seus maiores, escolhidos pelos eleitos? Não faz o menor sentido isso, não seria uma eleição aberta ao público o caminho democrático da construção do poder judiciário ? Pois é!
    Faltam escolas de estadistas no Brasil mas, não faltam empresários eleitos! 513 deputados para quê ? Não faz o menor sentido isso!
    Eu estava preso no transito, porque nossa sociedade é voltada EXCLUSIVAMENTE para o individualismo e não para o coletivo! Não faz o menor sentido isso!
    Obrigado!

  23. Ronaldo

    Onde, quando, como e porque?
    Os petistas só saberão o porque. Onde, quando e como será conosco! Só.

  24. Huni

    O site da PF ou a matéria com áudio do lullarápio que fala sobre o tal ‘canudo’ está com vírus lesivo ao computador e à pessoa que se expõe à tela. Verifiquem.
    Aliás, a voz do lullarápio é DANINHA, evitem-na completamente; carrega um ruído parasita.

  25. Carla Marzagão

    Não há mais o que se dizer sobre o assunto. Detendo nas mãos todas as fichas, cabe ao STF a próxima jogada. Tentar especular se essa jogada será um blefe, ou pequenas apostas, ou um só lance com todas as fichas é bobagem. Se houvessem homens de brio neste país, o STF poderia, com todas as provas que tem, fazer a limpeza política que as ruas exigem, mas sabemos que, homens de brio, são raros em Macunaíma. A presidente insiste em afirmar que tudo é golpe. Golpe gestado pela oposição de fachada que temos, é risível. Também afirma que menos de 2% da população reclamou nas ruas considerando para o cálculo 200.000.000 de habitantes o que, suspeito,deve ser em sua totalidade o número que o PT exige para começar a considerar algum descontentamento social. Estamos hoje, na seguinte situação: a corrupção permeia os três poderes. Ponto. Enquanto isso, a sociedade brasileira se afoga na intolerância da militância política, na falência de empresas e na inadimplência dos 8,2% de desempregados do país. Como não temos um Chapollin, só Deus para nos ajudar, mas dizem que Ele é brasileiro, e como outros governantes parece que não sabe de nada, ou, talvez, esteja de licença-prêmio ou de recesso. O negócio é esperar!

  26. Nelson Cunha

    Se a população brasileira soubesse o que o candidato fala em privado , muitos dos que estão por aí eleitos, estariam na prisão. Quanta fraude foi cometida pela campanha presidencial da Senhora Dilma? Não me refiro nem ao financiamento da campanha. É a ocultação das reais condições das finanças públicas, as promessas irrealizáveis, a calúnia contra adversários e se seguem outros crimes eleitorais. A autoridade ou candidato deveria por lei perder o direito à intimidade que é concedido ao cidadão comum. Não quer ter sua vida devassada? Não seja candidato. Nós os eleitores precisamos saber que tipo de indivíduo se apresenta para nos representar.
    Hoje o mundo todo sabe que o Lula – O operário presidente – é um cidadão de quinta categoria. Venceu na políticas graças aos seus defeitos e a rede de proteção representada pela esquerda nacional e internacional.
    A impostura revelada em poucos telefonemas grampeados. E viva o grampo das autoridades.

  27. Marcelo

    Há, caro escriba, pelo menos três enfoques: o meu, o seu e o verdadeiro, sendo que este último pode até ser chamado de real, mas isso de realidade é coisa muito feia, difícil de entender e aceitar.
    E nesse ponto exato é que entra a gigantesca e imensurável bondade embutida na ideologia petista: nos proteger da medonha realidade mundana. Sem esquecer, ao contrário do que nos disse o professor Albert, que tudo, mas tudo mesmo, é relativo – inclusive as interações energéticas.
    Assim, se é para a felicidade do povo e, principalmente dos Silva & Colaboradores que venha o próximo ato.

  28. Cidadã

    Digamos que as normas jurídicas estão atrasadas e congeladas, se levarmos em conta a maturidade das circunstâncias e das mentalidades. O Estado Democrático de Direito merece caminhar junto com a dinâmica e a real justiça. Não é possível que fatos tão graves e danosos sejam ocultados da sociedade com o próprio amparo da Lei, isto sim é injusto. Numa nova sociedade, o representante público deve estar atento a temer mais os atos criminosos do que se utilizar da tranquilidade de ser amparado justamente pela Lei.

  29. Cirval

    O argumento de que prova de conversas telefônicas não autorizadas não têm valor legal e bastante duvidoso. O próprio advogado e professor Celso Bandeira de Melo, especialista em Direito Administrativo, defensor da Dilma no manifesto de juristas, diz o contrário, quando se trata de agentes públicos. Segundo o blog do Felipe Moura Brasil, o professor Celso defendeu a sua tese em artigo publicado na Folha de São Paulo, quando pediu o impeachment de FHC. É muito simples: basta o Ministro Teori utilizar essa doutrina em sua decisão que a coisa muda de figura, o que incriminaria a Dilma. Afinal, o Prof. Celso é mencionado em decisões, sempre que se trata de Direito Administrativo.

  30. Geraldo Pereira

    Ela e seu criador, o Lulão, julgam-se acima de qualquer lei.

  31. nena

    “Justiça de olhos abertos”. Corretíssimo, Sandenberg. E, estarrecidos, de ouvidos abertos, o que ouvimos claramente nos últimos dias foi uma conversa em que a presidente da República trama e combina detalhes de como obstruir o mandato de prisão do lula. Sigiloso, invalidado, legal ou ilegal, o diálogo felizmente veio a público; o Brasil e o mundo ficaram sabendo. Intenções podem não levar o criminoso à cadeia, embora no Brasil atual tenha ocorrido o inverso em decisões judiciais, em que lamentavelmente o ‘coitadismo’ teve preponderância sobre os fatos.
    No caso lula-dilma, no entanto, houve AÇÃO, materializada pelas canetadas da presidenta(sic), com publicação no Diário Oficial, cerimônia de posse e gastos abusivos para operacioná-la. A intenção tornou-se FATO. A legalidade do ato está sendo questionada nos tribunais e, salvo erro meu, questionado apenas no quesito em que “lula pode ou não ser ministro?”. E o ATO EM SI da presidenta(sic) que foi muito além das meras intenções, vai ficar por isso mesmo??? Obstruir ações da Justiça dá cadeia, até mesmo no Brasil (vide o caso Delcídio, que ficou só nas intenções!); dilma se safa dessa?

  32. Carruagem de Fogo

    Se as instituições não fizerem o que é necessário por esperteza ou por cagaço de seus membros,alguém fará!,fiquemos certos disso!

  33. Paulo

    Caro Sardemberg,
    Eventualmente, nessas horas, as soluções mais óbvias são as maos acertadas, várias encadeadas e coordenadasm todas sob o escrutínio das leis.

    Aparentemente, não sou advogado nem adEvogado como alguns que sempre estão nas notícias, o Juiz Moro cometeu uma ilegalidade ao não enviar as escutas relativas aos quadrilheiros com prerrogativa para o STF, que o repreendam por isto e tornem tais gravações não admissíveis no âmbito da Lava-jato.

    Conjuntamente que se determine ao Ministério Público a instauração de inquérito para apurar os crimes evidenciados nas mesmas gravações pois afinal já estão lá, no STF, instância apropriada para autorizar investigações dos “foreiros”.

    Problemas resolvidos, instituições preservadas, criminosos sendo processados e punidos…simples e eficaz.

    O real problema é que a lógica costuma não se apresentar para o trabalho naquelas ilustres cabeças com muita frequência…pior para todos nós.

    Como, por exemplo quando o STF decidiu pela instalação de urnas de votação nas cadeias e presídios, para que os “presos provisórios” não ficassem impedidos de votar…simplesmente um absurdo!
    Primeiramente, quem está preso, temporária ou permanentemente, está privado de seus direitos civis…então não pode votar.
    Teria sido muito mais simples que se determinasse a emissão de um documento de soltura que permitisse a justificativa frente ao Tribunal Eleitoral mas aí…novamente seria necessário o uso da…lógica.
    Commodity meio em falta por estas bandas, principalmete em Brasília.

  34. EduardoCap

    O crime de obstrução da justiça não era de outro processo, mas do próprio processo no qual a quebra do sigilo foi autorizada. Então o juiz pode quebrar o sigilo para fazer prevalecer a justiça, descobre que existe uma trama para derrubar a investigação e então isso implicaria o juiz interromper a quebra e fazer exatamente o que a trama pretendia. O juiz deveria conformar – se em converter – se de iinstrumento da justiça em instrumento o da ilicitude.

  35. vania

    Bravissimo!!!!

  36. Diamante de Sangue

    O fato grave é o colóquio entre Lula e Dilma e a tentativa de obstruir a Justiça, será que existe algum documento que permite mentiras aos brasileiros? Outro fato intrigante é os brados de “não vai ter golpe”.Mensagem enviada à diplomatas no exterior!
    ehttp://opiniaoenoticia.com.br/opiniao/artigos/o-resgate-da-cidadania-italiana/
    Lula deu procuração geral a Teixeira
    Um dos documentos registrados no 23º Tabelionato de Notas de São Paulo é uma procuração de Lula para Roberto Teixeira, filhas e genro, que trabalham no escritório.Trata-se de uma procuração de “amplos e gerais poderes para o foro geral” para “desistir, transigir, firmar compromisso e acordos, receber e dar quitação”.E que também confere a Roberto poder para representar Lula em processos contra a imprensa. Na procuração, Lula se apresenta como metalúrgico aposentado, ex-presidente da República e empresário.”Luleco também passou procuração.Luís Cláudio Lula da Silva, o Luleco, também repassou a mesma procuração para Roberto Teixeira.” Nota do Antagonista.Nota do Antagonista.

  37. P A U L Ã O

    MEU MESTRE.

    Enquanto o fiel da balança da justiça pende para o lado do governo, mercê daquilo que nos foi revelado no grampo telefônico, enquanto segundo importante meio de comunicação divulgou, são sete os ministros que já estão debaixo da saia da presidanta para se beneficiarem do foro privilegiado, o pais mergulha no caos. Tentar dar o golpe com o Lula assumindo as rédeas do governo (fingindo também estar debaixo da saia da chefona), deixando a figurativa Vana com bunda na cadeira para dar aparência de normalidade não vai gerar empregos, não vai nos tirar do atoleiro. Aliás com Lula no seu terceiro mandato, para o qual não foi eleito, significa a repetição de uma política econômica suicida que nos transformará na nova Venezuela. O bom mesmo é que se ele se mandasse para a Itália e lá certamente, com o decorrer do tempo, ele mandaria falsificar o afresco do gênesis de Miquel Ângelo na Capela Sistina, então teriamos Deus destronado e o apedeuta se colocaria no lugar de Deus, dando vida a Adão. Ave Lula. Avevana. Passem fome brasileiros desempregados que os petistas estão de bolsos cheios. E nós é quem somos os coxinhas.

  38. Davi Silva

    É preciso corrigir a forma como a coisa tem sido colocada. Dilma não “tentou” obstruir a justiça, ela consumou o intento. A prisão já havia sido solicitada à justiça pelo MP-SP, o que deu origem ao termo de posse que ela enviou às pressas, por mensageiro especial, a ser usado pelo denunciado “se necessário”, para escapar da ação da justiça. Não estamos diante de uma tentativa de obstrução, como no caso Delcídio, mas sim de uma obstrução consumada e flagrada. É caso de afastamento imediato do cargo.

  39. Giovani

    O problema Sardenberg, não há ilegalidade, e todos frequentadores de botequins em qualquer parte do Brasil estão convictos disso. Mas estamos convictos também que há uma maioria de ministros amestrados que dizer julgar para a sociedade mas agem para manter a sucia que o colocou lá. A podridão não é aparente ou parcial, estão contaminados o executivo que rouba em associação com o legislativo, e ambos ‘escolhem’ quem no judiciário poderá acusa-los e também defendê-los. Como o próprio hino brasileiro diz, estamos deitados eternamente em berço esplêndido. Temos pois que acordar e lutar.

  40. Paulo Bandarra

    Como lembrou Augusto Nunes, eles querem a proteção da lei para continuarem a cometer crimes.

  41. Renato

    Em meio a tanta besteira sendo dita sobre esse assunto, o artigo de Sardenberg é um sopro de clareza e de um pensamento coerente. Parabens.

  42. FM

    Entre delinquente pode não haver segredos. Agora tornar pública a delinquência, é muito grave, porque3 dá cadeia.

  43. Agricio Balbi

    Lembrando que Teori está retribuindo pela indicação ao supremo, e cobrada a gratidão por Lula.

  44. Rue des Sablons

    Deveríamos pressionar o Congresso para acabar com a famigerada Contribuição Sindical (pourboire de pelegos) e o desgraçado do Foro Privilegiado (protetor de autoridade corrupta).
    O Brasil precisa mudar!

  45. desiludido

    Texto impecável! Síntese jornalística!

  46. Ana Clara

    Parabéns ao brilhante Sardenberg e a toda uma estirpe de jornalistas (não preciso mencionar) que tem compromisso é com a sua consciência, e não têm medo de desagradar aos poderosos trogloditas intimidadores do PT, CUT, UNE, MTST, MST….. Até a globonius está criando coragem…A Cristiane Lobo é que está tristinha…

  47. Sem o bigode

    No artigo 1º, parágrafo único da Carta Mágna diz: Todo o poder emana do povo. Nada numa democracia deveria ou deve ser sigiloso aos olhos do povo, como você bem mencionou. Na américa latina, esses déspotas que chegaram ao poder nas últimas décadas não os reconhece. Não prezam a democracia. ponto. Precisamos ficar atentos e lutar bravamente contra!

  48. Amilcar

    Chegou a hora de se acabar com os privilégios de castas
    no país, se a constituição reza que todos são iguais perante e lei, que se acabe com o foro privilegiado e,
    que o presidente da república sejam processados da mesma forma, no mesmo foro, pelos mesmos juízes, como todos os
    demais cidadãos, juízes esses eleitos pelo povo e não
    indicados por, a. b ou c e nomeados pelo presidente, o
    mesmo para PGR e AGU, tec…

  49. Silvando

    Pela teoria da sombra, cabe aos administrados tão somente pagar tributos, nada mais. Por aqui, um pecadilho, no dizer de um Ministro ,poderá ser mais grave do que o roubo em si. Para acabar com essa idiotice, basta eliminar essa excrescência chamado foro privilegiado ou foro que acoberta ocrime , melhor dizendo.

  50. elianemoura

    Na Banana republic todo poder emana dos vagabundos e em seu nome é exercido.