Blogs e Colunistas

13/07/2011

às 18:18 \ O País quer Saber

Os filhos de Lula, Erenice e Nascimento ensinam como fazer para virar milionário usando apenas a carteira de identidade

Aiuri Rebello e Bruno Abbud

O Ronaldinho da informática

Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, tinha 27 anos em 2003, quando decidiu montar uma produtora de conteúdo digital em parceria com os amigos de infância Fernando e Kalil Bittar, filhos de Jacó Bittar, ex-prefeito de Campinas, conselheiro da Fundação Petrobras de Seguridade Social (Petros) e íntimo de Lula desde a década de 70. No ano seguinte, a Gamecorp foi pinçada do semianonimato e do raquitismo financeiro por uma proposta surpreendente: a Telemar ofereceu R$ 5 milhões para tornar-se sócia minoritária dos três jovens empresários. Com a mediação da consultoria de Antoninho Trevisan, outro velho amigo de Lula, o negócio foi consumado em 2005. A direção da Telemar informou que resolvera investir no diminuto empreendimento baseada em projeções econômicas que não divulgou. E garantiu que só soube que se associara a um filho do então presidente depois de consumado o acerto.

Antes de virar empresário, Lulinha, formado em Ciências Biológicas pela Universidade Paulista (UNIP), ganhava  R$ 600 por mês como monitor do Jardim Zoológico de São Paulo. Em outubro de 2006, numa entrevista concedida à Folha, o pai foi confrontado com a carta de um leitor interessado em saber por que seus filhos, com formação escolar mais sofisticada, não eram tão bem sucedidos quanto o integrante da Primeira Família. “Porque deve haver um milhão de pais reclamando: por que meu filho não é o Ronaldinho? Porque não pode todo mundo ser o Ronaldinho”, comparou Lula. “Eles fizeram um negócio que deu certo. Deu tão certo que até muita gente ficou com inveja”. Na mesma semana, no programa Roda Viva,  o presidente voltou ao tema. “Não posso impedir que ele trabalhe”, defendeu-se. “Vale para o meu filho o que vale para os 190 milhões de brasileiros. Se têm alguma dúvida, acionem ele”.

A Câmara Municipal de Belém, no Pará, já atendera à sugestão do presidente em fevereiro de 2006, quando solicitou à Procuradoria-Geral da República que investigasse Lulinha por suspeita de tráfico de influência. Como a sede da Telemar fica no Rio, a Procuradoria repassou o caso aos procuradores baseados em território fluminense. Em outubro de 2006, o Ministério Público Federal do Rio de Janeiro pediu a abertura de inquérito à Polícia Federal. Em junho de 2007, contudo, resolveu transferir a missão para o Ministério Público Federal de São Paulo, que abriga a sede da Gamecorp. Em outubro de 2009, os procuradores  paulistas entenderam que cabia ao Superior Tribunal de Justiça decidir quem deve cuidar do assunto.  Em 12 de fevereiro deste ano, a Folha informou que STJ resolvera a pendência: cumpre à 10ª Vara Criminal Federal de São Paulo apurar se Lulinha subiu na vida porque é um Ronaldinho da informática ou porque foi içado pelo sobrenome.

O filho da Casa Civil

A edição de VEJA de 11 de setembro de 2010 revelou que Israel Guerra, 32 anos, filho da ministra Erenice Guerra, amparava-se na influência da chefe da Casa Civil para extorquir propinas de empresários interessados em fechar negócios com o governo. As maracutaias ganharam velocidade em julho de 2009, quando Israel montou com dois sócios a Capital Assessoria e Consultoria, nome oficial da quadrilha formada por parentes e agregados da melhor amiga de Dilma Rousseff. Em abril de 2010, Fábio Baracat, dono de uma empresa de transporte aéreo, pousou em  Brasília para ouvir a proposta do filho da Casa Civil: para contar com a boa vontade da mãe, Baracat teria de pagar R$ 25 mil por mês pela consultoria, mais uma taxa de sucesso de 6% do valor do contrato com o governo.

Baracat conseguiu no mesmo ano um contrato de R$ 84 milhões com os Correios. Só com a taxa de sucesso, Israel embolsou R$ 5 milhões. É uma bolada e tanto, sobretudo para quem tivera de sobreviver com o salário de funcionário público. Em 16 de setembro de 2010, dois dias depois da demissão de Erenice, uma sindicância interna foi instalada na Casa Civil para apurar o escândalo.  As apurações foram concluídas quase quatro meses depois, em 2 de janeiro de 2011. Como não se descobriu nada de errado, ninguém foi punido. Um inquérito aberto pela Polícia Federal ouviu cerca de 60 pessoas. Não tem prazo para terminar.

O Palocci amazonense

O arquiteto Gustavo Morais Pereira, filho do ex-ministro Alfredo Nascimento, tinha 21 anos em 2005, quando se juntou a dois sócios para abrir a construtora Forma Construções, com capital inicial de R$ 60 mil. Em 2006, a empresa declarou R$ 17,7 milhões à Receita Federal. Em 2007, a fortuna cresceu para R$ 52,3 milhões. O aumento de 86.500 % em dois anos, revelado pelo Globo há 10 dias, transformou em coisa de amador o milagre da multiplicação do patrimônio operado por Antonio Palocci.

Desde o nascimento, a empresa construiu um conjunto de 86 casas de alto padrão e um prédio comercial de 20 andares num bairro nobre de Manaus. O Ministério Público Federal investiga desde o ano passado as proezas financeiras de Gustavo. Entrou na alça de mira dos promotores por ter declarado renda incompatível com os ganhos da Forma Construções. Que, por sinal,  também é alvo de investigações, concentradas nos negócios feitos com uma empresa frequentemente irrigada por recursos do Ministério dos Transportes, comandado por Alfredo Nascimento. O pai de Gustavo, demitido por corrupção, ainda não recebeu nenhuma intimação judicial.

Share

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado

166 Comentários

  • oswaldo

    -

    8/6/2015 às 19:15

    A ORIGEM DA ESPÉCIE

    A origem das espécies não tem data,
    Aparecemos não se sabe como,
    Mas,lá atras fomos mono e primata,
    Somos agora do gênero HOMO,
    O homo hábilis, espécie apta,
    Faz qualquer coisa e come como eu como,
    Porém os mais hábeis comem muito mais,
    São políticos matreiros e imorais.

    Certas moléculas de aminoácidos,
    Pequeninas e muito aparentadas
    Se colam de forma íntima,apertadas
    Por fatores ribo-nucleico-ácidos
    Em tais reações químicas ordenadas
    Por sugestão ou por mando tácito
    Que o evento tem por resultado e efeito
    O surgir do GENOMA do sujeito.

    A herança genética aberrante
    Onde na arrumação falta o critério,
    E o cuidado que devia ser constante,
    Na criação se torne despautério
    Que nem a evolução mais atuante
    Cure o mal,o dano e o vitupério.
    Assim é que o ladrão pune a justiça;
    E todo o poder vê, se cala ou atiça.

    Voltando ao genoma por um momento:
    Às combinações dos genes exatas,
    Respondem pelo avanço e aprimoramento,
    Que trouxe o homem vindo dos primatas
    Piorando-lhe a moral e o sentimento,
    Nos animais qualidades inatas
    Erro na escolha dos genes usados,
    Fez surgir a espécie dos aloprados.

  • Theodomiro Gama Júnior

    -

    8/6/2015 às 11:15

    O ser humano precisa evoluir seu sentimento de inveja,e combater a sua hipocrisia. Pois, dizer que um pai deixa de ajudar um filho, é uma hipocrisia. Quero que alguém me diga o contrário. Caso seu filho use de uma atitude ilícita para enriquecer desonestamente, a prejudicar o próximo, é uma coisa que deve ser combatida. No contrário, o pai deve sim ajudar seu filho. Abraços do Ttt13.

  • Fabiano Barreto

    -

    29/5/2015 às 17:22

    Não existe esperança nenhuma para o Brasil. Se algum dia vier a surgir algum processo que possa ter solução para a trajetória de degradação moral e ética que sustenta a cultura da impunidade em todos os níveis neste amontoado de gente que ainda não tem direito de chamar-se país, vocês podem ter certeza de que ele ainda não começou. E depois que começar só faria efeito depois de cerca de 50 anos, o período necessário para que algumas gerações desaparecessem. Ou seja, até onde posso enxergar o Brasil ainda não existe, é apenas uma obra de ficção. Na verdade o Brasil é uma espécie de “golpe”. A ficção do “país” só existe para servir de fachada para a arrecadação de impostos que deveriam servir para sustentar o serviço público de qualidade, mas do qual mais da metade é roubada. Eu estou indo embora, meus filhos merecem coisa melhor, talvez meus bisnetos possam testemunhar se o Brasil virou país de verdade. O Lula é o mais perfeito retrato do brasileiro. O povo é isso aí mesmo. Um Brasil só se (des)constrói com muitos e muitos Lulas.

  • Artur Tamaoki mariscai

    -

    29/5/2015 às 10:57

    A Polícia Federal e Receita Federal , devem ser de total imparcialidade e agir igualmente a todos brasileiros, compondo estas instituições estão as melhores formações acadêmicas e melhores inteligências do país, formados no mínimo como contadores, auditores e administradores de empresas, estes profissionais são capazes de desmascarar quaisquer fantasias ou falcatruas financeiras, porque se fingem de mortos perante todos indícios de enriquecimento ilícitos da família e ligados próximos das famílias de lula e Dilma? Se o lula em seus dois mandatos angariou como presidente da república um salário de 50 mil pór mês , somaria 4.8 milhões de reais e seu filho neste mesmo período 60 mil reais, será que o lula conseguia demonstrar a origem de todos seus recursos sem que haja favorecimento dos órgãos de fiscalizações e vista grossa? Se estes órgãos de fiscalizações são independentes , demonstrem publicamente todas declarações de renda desde o início do mandato do lula, família e próximos até o final de seu mandato com denúncias das juntas comerciais e cartórios de imóveis de todo país.

  • Marcão

    -

    28/5/2015 às 19:04

    Todos os donos de empresas que prestam serviços em estatais se dão bem, por que será? Em São PAulo é só ver o tamanho que empresas como Tejofran, Ductor, Engevix, Power, Transbraçal e etc cresceram nos últimos 30 anos.

  • João Pedro

    -

    28/5/2015 às 15:20

    Todas essas notícias escabrosas não servem para processar, digo: PROCESSAR PARA VALER, sem nenhum apadrinhamento político? Será que a impunidade no Brasil é para ficar, independentemente de quem são responsáveis por isso? Espero que não, agora com o exemplo do LAVA JATO tendo na frente alguém isento de culpa como agora? Espero que os culpados sejam punidos sem nenhum apadrinhamento.

  • ivo

    -

    28/5/2015 às 13:27

    Esse é o maior “calcanhar de acquiles” do HOMEM . SE BATEREM FORTE NESTA LINHA A CASA CAI DE XZ !!!!

  • laerte o silva

    -

    28/5/2015 às 12:36

    nâo se esqueça que ele trabalhava em um lugar cuidando de bicho e bicho deixa milhonario rsrsrsrs tem um bicho que chama petrobras que da muitos dolares quer mais/

  • Samuel Cardoso

    -

    28/5/2015 às 11:36

    Vocês inveja de quem vai bem na vida. Ulala.

    Pena que o camburão está chegando.

  • Marcos

    -

    28/5/2015 às 11:30

    Molusco pai ou filho tanto faz, para comer só em paella para engolir nem frito nem cozido serve, não tem gosto de nada, na politica servem para nada também.Metáforas a parte quem nasceu para picareta merece ser tratador de no zoo de SP ou esquecido nos anais da história, correto seria papudo na papuda.Barbudo em cuba.

  • Marco Antônio Santos De Amorim

    -

    28/5/2015 às 11:02

    “Não há nada de novo sob o Sol” E olha que esta PeTralhada mal intencionada, mentirosa e incompetente, reclamava exatamente contra isto nos idos dos anos 70 e 80! São mesmo “farinha do mesmo saco”!!!

  • joão

    -

    28/5/2015 às 9:42

    Em geral todo pai prepara o filho para seguir na sua profissão, dao as facilidades do conhecimento que já possui.Por ai entende-se que filho de medico procura ser medico, filho de engenheiro procura ser engenheiro, Isto segue em todos os ramos, filho de comerciante vira comerciante, até chega apontos extremos, como filho de bandido vira Bandido, filho de corrupto aprensde e vira corrupto,Tudo na vida é uma questão de esocla e convivencia.Agora fica díficil definir o \lulla. Qual foi seu trabalho na vida? algum dia trabalhou pesado?.Então deixa o \lulinha trabalhar leve, que pode chegar a Presidente.

  • carlos

    -

    28/5/2015 às 9:23

    Tantos Aedes aegypti (mosquito da dengue) que tem em São Paulo, ainda não picaram as bochechas gordas do Lulinha, o menino prodígio, de assalariado no zoológico de São Paulo, em 6 anos, se tornou um dos homens mais ricos do país.

  • Adão

    -

    28/5/2015 às 9:21

    Deus do céu! Consultei o link constante do comentário de Valentina Botas e fiquei impressionado com a intimidade do filho de Erenice Guerra com a, já tão maltratada por petistas ilustres, Língua Portuguesa. Disso tudo, resta-me uma pergunta cuja resposta é de extrema utilidade pública: ONDE É QUE ESSE CARA ESTUDOU DIREITO?????

    http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/direto-ao-ponto/as-provas-que-a-procuradora-nao-enxergou-estao-no-email-em-que-o-filho-de-erenice-mostra-como-subir-na-vida-sem-ter-cerebro/

  • borrolas

    -

    28/5/2015 às 7:31

    O deboche dessa quadrilha é tanta que o lulinha se dá o prazer de viajar toda semana para Ponta del leste para jogar perdendo em torno de R$150.000,00 por noite e ainda sai dizendo que o pai manda no Brasil.

  • esther correa

    -

    28/5/2015 às 0:15

    Augusto
    Só vim aqui para dizer que a figura do Lulinha é horroroza, insuportável, difícil de olhar.

  • Regina Castelletti

    -

    28/5/2015 às 0:04

    E aí como ficamos?O bebum consegue manobrar com todos?

    Eta País de ataque!

  • Valentina de Botas

    -

    27/5/2015 às 22:55

    Então, Augusto, Israel Guerra mostrou as credenciais para o posto num email em que você constatou o preparo moral e intelectual que o filho da mãe substituiu pelo sobrenome: http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/direto-ao-ponto/as-provas-que-a-procuradora-nao-enxergou-estao-no-email-em-que-o-filho-de-erenice-mostra-como-subir-na-vida-sem-ter-cerebro/

    Guarde, Valentina. Vamos usar. Um beijo

  • laercio

    -

    27/5/2015 às 21:11

    Quando vejo um catador de sucata, puxando uma carroça pesada, lutando para viver dignamente, me vem à mente essas figuras inomináveis, que sobem na vida, única e exclusivamente, por serem filhos de desonestos influentes.
    É mais fácil o catador de sucata ser acionado pela Receita Federal, do que esses párias.
    Viva o Brasil.

  • Leonam

    -

    27/5/2015 às 19:44

    Na verdade todos são gênios. Estavam apenas adormecidos em uma enorme latrina, quando veio a descarga, acordaram para uma nova vida. O lulinha deixou de comer o capim do elefante, o israel de comer papel e o gustavo de comer barro. Esse é o Brasil.

  • paulo sergio menezes da silva

    -

    27/5/2015 às 16:37

    e muito roubo,uma vergonha nacional.

  • valeria

    -

    27/5/2015 às 16:03

    Nojo total

  • Luciano

    -

    27/5/2015 às 15:49

    Vc pode me passar o email p/ enviar denuncias?

    Acabei de passar.

  • Luciano

    -

    27/5/2015 às 15:48

    Não é Ricardo Bittar, é Fernando Bittar.

    Corrigido. Obrigado, Luciano

  • jose edson

    -

    27/5/2015 às 15:37

    Esses petralhas da segunda geracao estao sendo treinados pelos seus pais.Daqui uns 10 anos estarao pos graduados em roubalheira, com mestrado em corrupcao ativa e treinados para a celebre frase que sao a chave do sucesso:EU NAO SEI DE NADA.E viva o Brasil o nosso querido Esgoto a ceu aberto.

  • cesar

    -

    27/5/2015 às 15:26

    VERGONHA PAIS CORRUPTO DE PETRALHAS FDP

  • Mauro

    -

    27/5/2015 às 13:06

    Todos sabem o que são e o que fizeram. Queremos saber é se as investigações e consequentes punições acontecerão de fato ? O saco está cheio.

  • daniel b fernandes

    -

    27/5/2015 às 12:17

    Não consegui ler até o fim porque precisei vomitar!

  • Alex Wie

    -

    27/5/2015 às 11:31

    Entenderam agora o porque do ódio viceral que eles tem da Veja e de seus jornalistas?
    Fato consumado, agora investigação não tem.

  • Marcelo

    -

    27/5/2015 às 10:57

    Enquanto tem cavalo, o santo Jorge não anda a pé.

  • roberto moraes

    -

    27/5/2015 às 10:04

    Tenho 67 anos pensei que tinha visto quase tudo na minha vida relacionado ao BRASIL, puro engano. O esquema que o PT montou não se viu em lugar nenhum do mundo. Para que o Pais volte a normalidade, precisamos que aconteça, infelizmente, um golpe militar que tenham alto impacto na NAÇÃO e POPULAÇÃO. Quem sabe assim tenhamos a volta da desta NAÇÃO dirigida e comandada por gente honesta, que tenha pelo menos uns 70% de honestidade

  • Pedro

    -

    27/5/2015 às 9:05

    Esse filho de Lula com Marise deve ser uma piada quando abre a boca. O cara tem uma aparencia de 60 anos de idade,seria muito conforto e nada para fazer o segredo.

  • Marcos F

    -

    27/5/2015 às 3:25

    Por onde essa gente anda, fede.
    “E daí?” – dirão eles, gargalhando com os bolsos cheios.
    Por que a Receita não revela algum interesse em “pesquisá-los”? Já eu ou você … sempre geramos um suspeita num desvio de 5 reais.

  • regiane

    -

    27/5/2015 às 2:24

    Em tese, todo e qualquer favorecimento financeiro originado de tráfico de influência que tipifique enriquecimento anormal configura de fato enriquecimento ilícito, e deveria ser punido como tal. No país da impunidade, para piorar, parece que não há norma penal que efetivamente criminalize o enriquecimento ilícito, ou seja, mais uma porta aberta…
    De fato é meio complicado sair julgando mesmo sem ao menos haver inquérito ou processo judicial em andamento (nem falei em sentença definitiva), mas sabemos que na prática certos filhinhos(as) das autoridades (!) de plantão (ou as próprias!) fazem a festa. Só me estranha a seletividade nos nomes relacionados no post: não se citou, por exemplo, o caso notório da filha de um famoso político paulista, ainda na ativa…pelo pouco que se informa na imprensa, dá pra deduzir que o patrimônio dela, digamos,…”subiu a serra” nos últimos tempos.

  • marta

    -

    27/5/2015 às 0:07

    essa gente me da nojo, eles aprontam tanto e com absoluta certeza que vao sair impunes oque precisa acontecer mais pra que a nossa oposicao tome partido do povo e coloque todo mundo pra correr, ja tem motivos sufucientes para usar os meios legais, chega dessa gente mentirosa, cara de pau, e o pior tipo de gente que tem, sem respeito pela dignidade humana

  • José

    -

    26/5/2015 às 21:02

    Se não mudarmos a forma de votarmos, estes caras vão ficar no poder o qto quiserem. “TEM TRETA” nestas urnas eletrônicas.
    O tofoli tomando conta e organizando isto…não dá p/ confiar… basta conferir o currículo deste petralha.

  • alves

    -

    26/5/2015 às 20:20

    E ainda tem gente achando que COMUNISTAS gostam de pobres. Esse larapios gostam eh do CAPITALISMO. Andar de carroes importados, roupas de griffe,black label, relogios rolex. E aos pobres $80 reais de bolsa familia. Voces nao enganam mais ninguem LULA, PALLOCI, RUI FALCAO, ZE DIRCEU , D DILMAnta. Seu reinado estao chegando ao fim. Ainda mais depois que CUNHA implantar o PARLAMENTARISMO.

  • justice

    -

    26/5/2015 às 19:58

    Os três são o que são, produtos da escória que nasceu para vadiar, roubar e que só se dá bem chafurdando na podridão.

  • Heldomiro Machado

    -

    26/5/2015 às 19:53

    Curioso não é essa gente ficar rica da noite para o dia, curioso é a Receita Federal não achar nada suspeito. Por onde anda aquele auditor fiscal zeloso, que adora pegar o podre trabalhador brasileiro na “malha fina”?
    Não posso crer que até a Receita esteja aparelhada pelos petralhas!!!

  • Ronaldo força

    -

    26/5/2015 às 19:37

    Isto explica a proliferação dos assaltos a bancos, roubos de bicicleta com morte e a certeza de uma população desarmada e sitiada. Com essas e outras notícias do dia dia os facínoras nada temem e seguem o exemplo do andar de cima. Agente que se cuide.

  • umberto melo

    -

    26/5/2015 às 19:29

    ..são os filhos da luta, digo, da p….!!!

  • Kleber Verraes

    -

    26/5/2015 às 19:07

    Lula, Dilma, Nicolás Maduro e Cristina Kirchner adotaram os métodos de Vladimir Putin: Enriquecimento ilícito, assassinatos, despotismo, truculência e propaganda.

    Evidentemente, esta matilha de hienas atua em conjunto; e nada disto esta acontecendo por acaso. Assim se prepara a construção da “União das Repúblicas Socialistas Bolivarianas” (URSB).

    A “PÁTRIA GRANDE” bolivariana será a URSS tropical do século 21 e ficará sob a tutela da Rússia; da mesma forma como os países do Pacto de Varsóvia eram satélites da União Soviética durante a Guerra Fria.

    A Dilma Rousseff não renuncia, pois faz parte de uma organização criminosa que é muito maior do que o governo do Brasil. Não esqueçam que QUEM controla os líderes populistas do “FORO DE SÃO PAULO” é Vladimir Putin.

    O Brasil só poderá respirar aliviado (e voltar à normalidade) no dia em que Lula, Dilma e Stédile forem levados para prisão; para cumprirem pena em regime de trabalhos forçados.

    http://www.telegraph.co.uk/comment/personal-view/11441799/Boris-Nemtsov-murder-Putin-now-governs-mostly-through-terror-and-propaganda.html

  • Paulo

    -

    26/5/2015 às 18:54

    Alfredo Nascimento e nordestino foi morar em Manaus, tinha uma oficina de consertar pneus. Formou-se em letras ja com idade avancada era o mais velho da turma. Ajudou com mau carater a eleicao de Amazonino, e ganhou de presente projecao com a diretoria da suframa. Tornou-se prefeito com ajuda do Amazonino. filiado ao PL partido pequeno do Vice-Presidente Jose de Alencar que o indicou para Ministro dos transporte. Ele e Lula sao muito parecidos em mentiras e mal carater e grandes amigos.

  • Eurico Marques

    -

    26/5/2015 às 18:50

    Está raça vagabunda ri da nossa cara cada vez que se vê no copo de champanhe…

  • Wendel Amorim

    -

    26/5/2015 às 18:47

    Aristocracia da corrupção! Influência política vale milhões!FAMÍLIA PETRALHA!

  • Wendel Amorim

    -

    26/5/2015 às 18:45

    Família de PETRALHAS!

  • Simone

    -

    26/5/2015 às 18:31

    Vômito tudo isso

  • José-Luiz G. de Montenegro-Magalhães

    -

    26/5/2015 às 18:31

    Jornalista Nunes, confesso que dói “refrescar” a memória com Lulinha, Israel Guerra (ô, ironia!) e Gustavinho. São eles a certeza mais absoluta do tráfico de influência, da desonestidade carimbada com o aval da paternidade cúmplice, de baixeza mais abjeta, a descarada espoliação do bem público, deboche ao desamparado povo brasileiro! O pior é que o trio repugnante formado pelo “sindicalista”, Erenice Guerra e Alfredo Nascimento não é único a deixar prole eficiente na “mão grande”: há muitos Barbalhos, Calheiros, Dirceus, Malufs, Jucás etc. por aí !

  • Passofundense

    -

    26/5/2015 às 17:55

    Pois é! O Brasil inteiro sempre soube de tudo isso (ao menos a partir de 2005). Entretanto continuou votando nesta cambada de ladrões
    petistas. Para o PT roubar não é crime, é virtude.
    E o pior ainda é o que está por vir.

  • Nelson

    -

    26/5/2015 às 17:47

    Triste e revoltante tudo isso :(

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados