Blogs e Colunistas

22/02/2011

às 18:27 \ Direto ao Ponto

Para que os brasileiros deixem a Líbia, basta um pedido de Lula ao amigo e irmão Kadafi

Desde domingo, centenas de brasileiros em perigo na Líbia aguardam o pouso do avião fretado pelo Itamaraty. Desde domingo, o chanceler Antonio Patriota espera sentado a autorização do governo local para o pouso em algum aeroporto. Desde domingo, Lula faz de conta que conhece só de vista o homem que há 42 anos manda e desmanda no país. O que espera Patriota para interromper a amnésia malandra e recordar ao ex-presidente os tempos em que entrava sem bater na tenda beduína onde Muammar Kadafi conversa, descansa e dorme escoltado pela guarda pessoal só de mulheres?

Há pouco mais de um ano e meio, na reunião da União Africana realizada em Sirte, na Líbia, Lula e Kadafi andaram protagonizando cenas que, infiltradas em qualquer dramalhão de cinema, fariam a plateia inteira chorar lágrimas de esguicho.  “Meu amigo, meu irmão e líder”, derramou-se o convidado de honra, olhos nos olhos com o anfitrião, na abertura da discurseira. Kadafi pareceu especialmente comovido, naquele 1º de julho de 2009, ao ouvir o parceiro responsabilizar os países industrializados pelo “caráter perverso da ordem internacional”.

Em seguida, o orador acusou a imprensa em geral e os jornalistas brasileiros em particular de tratar com “preconceito premeditado” as relações amistosas entre os governos latino-americanos e as ditaduras da região. Só gente preconceituosa poderia fingir que não vê “a persistência e a visão de ganhos cumulativos que norteia os líderes africanos”, todos muito conscientes de que  “consolidar a democracia é um processo evolutivo”. Kadafi ficou tão animado com o palavrório que no encontro seguinte, promovido na Venezuela, propôs uma aliança militar, “nos moldes da OTAN”, entre os liberticidas africanos e os companheiros cucarachas.

No momento, o terrorista vocacional não tem tempo para pensar nessas grandezas: está inteiramente absorvido pela guerra de extermínio movida contra o povo líbio. Mas atenderá imediatamente ao telefone se souber que é Lula quem está do outro lado da linha. E, se ouvir o pedido, não se negará a suspender por algumas horas o bombardeio aéreo da população civil para permitir que o avião do Itamaraty recolha os brasileiros. Ninguém recusa o que pede um amigo e irmão. (Se recusar, o Brasil colherá mais uma prova de que a política externa da cafajestagem, parida pelo que Ricardo Setti batizou de “lulalato”, serviu apenas para envergonhar o país governado por um megalomaníaco).

Além de acionar o ex-presidente, Antonio Patriota deve reforçar urgentemente o esquema de segurança da embaixada na Líbia. Assustado com a força da insurreição popular, Kadafi tem consultado o companheiro Hugo Chavez sobre planos de fuga e refúgios seguros. O último a tratar desses assuntos com o imaginoso venezuelano foi o hondurenho Manuel Zelaya. Os dois decidiram que um bom esconderijo seria a embaixada brasileira em Tegucigalpa. Kadafi avisou nesta terça-feira que prefere morrer a deixar o país. Se Patriota não abrir o olho, o bolívar-de-hospício e o ditador acuado tentarão abrir em Tripoli mais uma Pensão do Lula.

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

145 Comentários

  1. Valentina de Botas

    -

    23/01/2012 às 18:56

    Oi, Augusto!
    Por suas belas linhas, Augusto, o leitor é guiado invariavelmente ao encontro de ideias claras, expostas de modo límpido, em linguagem cristalina. A objetividade, a honestidade e a coragem com que você expõe suas opiniões, além de um appeal todo próprio do seu estilo, distiguem já uma marca, uma grife. Muito valiosa, ou antes, muito preciosa. Ela mesma um valor. Não falo de dinheiro, mas de algo sem preço, por isso ainda mais valioso. Falo do jornalista que não se fraciona entre o profissional e o homem – o primeiro não escamoteia o segundo e este só melhora aquele. Inteireza de caráter. Que não se abriga no esmerado tratamento que a língua tem nos seus textos, pois há verdadeiros crápulas que escrevem muito bem. Ela se oferece na marca, na grife como um todo, daí esta ser um valor. Valores não têm preço. A origem das críticas ao seu trabalho só o enobrece; o respeito e a admiração de quem o conhece também. Dito isso, pergunto: como alguém, conforme li entre os comentários, pode se opor à defesa que você faz dos brasileiros vulneráveis naquela Líbia de quase um ano atrás? Como alguém pode apoiar o abjeto comportamento de Lula? Não pode e, por isso, os milicianos o fazem selvagemente. Ninguém sensato espera bom senso dos seguidores da seita, um velho desconhecido deles. Não surpreendem, mas não deixa de ser chocante a confirmação da expectativa: sem argumentos, desviam o assunto para o ‘seu problema com Lula’, de ordem psicológica. Ora, seu problema com Lula é o mesmo dos demais brasileiros apreciadores da decência: a falta desta no protocaudilho. Kadafi está morto, não vi nem quero ver os vídeos da brutalização do ditador. Minha torcida pelo povo líbio, minha repulsa ao sórdido irmão e líder de Lula, minha ojeriza a ditaduras e a tal amizade não são suficientes para condescender com linchamentos. Isso é somente a aplicação brutal da cruel lei de Talião. O processo complexo e incerto que o país terá de cumprir seria aplainado com o julgamento do ditador, que lhe mostraria aspectos da civilização desprezados por ele e que a própria Líbia parece desconhecer, além de sinalizar para a população que os ciclos de violência terminaram. Significaria subir degraus na escala civilizatória. O vil espetáculo de sua morte chancelou seus torpes métodos. Rebeldes? Rebeldes foram Martin Luther King, Elvis Presley, os zelotes de Massada, Ulisses Guimarães, até Hebe Camargo foi uma rebelde. A turba assassina é apenas a replicação de kadafis. Não é difícil escolher entre defender a civilização, nutrindo a esperança de que suas luzes alcancem lugares primitivos do mundo, o que a Coluna inspira, e agir como os milicianos liderados por Lula que, julgando-se superiores a tudo, abraçam qualquer assassino primitivo inimigo de seus inimigos: prefiro a lucidez otimista e a riqueza sem preço de um caráter íntegro, fico com a grife AN. Um beijo, Valentina.

    Um beijo, Valentina.

  2. Osvaldinho

    -

    28/02/2011 às 0:07

    Na hora de deixar o Brasil para ganhar dinheiro no país dos outros, muitos deles formados por universidades publicas, pagas com o dinheiro de imposto e taxas deste povo que passa fome e a maioria não tem seguer o ensino básico, vão todos muito bem e quando tem oportunidade de serem entrevistados por tv brasileira, “tiram onda” dizendo: “Aqui não tem a violência e insegurança que existe no Brasil”, “Meu sálario de tantos mil dólares no brasil nao seria nem 15% disso”, “Aqui o povo tem cultura, instrução e educação, não é como o Brasil onde o povo é ignorante e só pensa em
    futebol e carnaval”. São essa pérolas que ouvimos sempre, mas quando tudo vira merda lembram que tem para onde voltar e as autoridades brasileiras tem que se virar para tirar as “belezinhas” destes “paraísos” e o pior a viagem de volta paga pelas
    embaixadas, ou seja, com o dinheiro dos “sem cultura”, “sem educação” e se demora para retira-los do país em comflito acham que tem direito a reclamar. É, “brasileiro ser muito bonzinho”

  3. VAL F. ARALDI BASTOS

    -

    27/02/2011 às 3:08

    Cheguei a uma conclusão,quem viver,verá.O poste ainda vai arrumar um ministério para que o molusco fique com o avião presidencial.Não vejo outra explicação perante a insistência em comprar outro para a “sra presidenta” com + “autonomia” de vôo,balela.É dinheiro sobrando enquanto brasileiros morrem de fome.

  4. Almirante Kirk

    -

    27/02/2011 às 1:55

    Vendo a foto,sugiro uma enquete:qual das três múmias,presentes na foto,é a mais horrorosa?!

  5. Almirante Kirk

    -

    27/02/2011 às 1:45

    PERGUNTO AO bocó esquerdopata(pleonasmo) “Ricardo”
    - 24/02/2011 às 18:53:
    Esqueceu ou nunca leu ou ouviu falar sobre a Guerra Fria???!!!
    Tente novamente,agora sob o contexto acima referido – caso tiver capacidade intelectual e cultural para tanto,é claro,o que duvido…

  6. Almirante Kirk

    -

    27/02/2011 às 1:37

    Que foto!!!
    Que gente mais feia,rsrsrs
    Feios,sujos,asquerosos,nojentos etc.!!!
    Dêem-me licença,por favor – vou vomitar…

  7. duduvieira

    -

    26/02/2011 às 14:48

    …Meu prezado AN;
    ..Amei essa foto, demais. Será que essa foto é do dia em que Kadaf convidou o ex- Pres. Lulalá, para ir sozinho na sua Tenda? Porque não convidou o Companheiro Evo tambem ? Talvez Lulalá iria!!

  8. JORGE ELIAS

    -

    25/02/2011 às 22:27

    A oposição deveria fazer um ‘out door’desta foto e fixa-lo nas cidades mais populosas do pais,em locais de gande movimento.

  9. 100destino

    -

    25/02/2011 às 7:05

    ‘É impresionante como sertas pesoas dão azar na vida de outras , o desgraçado do Kadaf tava a 40 anos no poder e ai veio o Lula dizer que ele era seu amigo e irmão . pronto , bastou pro povo encher ele de po=rra=da .
    se o Kadaf encontrar ele mas uma vez vai dar me……. heheheh

  10. vania.alves

    -

    24/02/2011 às 21:48

    Quando vc diz ” até que enfim apareceu alguém da cambada”, me faz perder a vontade de postar qualquer comentário…………………………………………………………………

    Então, não comente. Nem encerre o comentário com a conversa fiada de sempre: “Não sou petista”. É o quê?

  11. Ricardo

    -

    24/02/2011 às 18:53

    porque nao faz satira com os EUA, Pais que sustentou e sustenta a DITADURA nestes paises? Lula pode ter amizade com quem quiser, mas isto nao significa que compactue com a DITADURA…

    Até que enfim apareceu alguém da cambada. O silêncio estava ficando estridente.

  12. ana soriano

    -

    24/02/2011 às 18:36

    Os lulamaníacos do Congresso e Senado devem ter razões inconfessáveis para idolatrarem tanto um
    presidente que só denegriu a imagem destepaiz.
    Esse nosso ex-presidente só pode ter complexo de inferioridade para bajular tantos ditadores.
    Ou é o que ele queria para si: ter o poder de exterminar os adversários como tem esse Kadafi, que é um dos homens mais ridículos que vi em toda minha vida.

  13. Siará Grande

    -

    24/02/2011 às 17:05

    A foto devia ficar na área permanente de seu blog de forma permanente, para ficar o registro histórico dos cumpanhêros.

  14. jorge

    -

    24/02/2011 às 16:17

    Augusto,ate q ponto os radicais religiosos e a Al Qaeda estariam por tras disso. O movimento e mesmo democratico ou corremos o risco de novas Teocracias??

  15. SIMONE SOARES

    -

    24/02/2011 às 13:39

    que maravilha, só falta o fidel, o chaves e mais alguns serial killers…

  16. Francisco Dias

    -

    24/02/2011 às 13:19

    Quanto tempo ainda vamos ter que esperar, para termos o prazer de ver nosso povo (não polvo) acordar desta
    letargia e começar a cobrar (mas cobrar mesmo), resultados positivos e trabalho dos nossos tão esforçados políticos. Que não seja uma eternidade!!!

  17. Batista

    -

    24/02/2011 às 13:13

    A História fará justiça.

  18. Jeremias-no-deserto

    -

    24/02/2011 às 11:56

    Já fiz meu comentário a esse excelente texto do Augusto, mas não resisto à tentação de fazer uma outra observação pertinente à foto que ilustra a matéria, pois ela é muito expressiva e traduz de forma cabal o que se passa na cabeça dessa chusma islamobolivariana. Notem a expressão quase orgástica de Lula ao apertar a mão do já caquético Muamar, que parece estar babando ao responder aos afagos lulanianos. Ao fundo,como um torcedor de arquibancada que não pagou ingresso, um Evo com cara de tocador de flauta de bambu peruana na Praça da República, assiste a tudo de forma embevecida. É um quadro antológico que vai perseguir o molusco até o fim de seus dias. Bem feito.

  19. darcy antonio moura

    -

    24/02/2011 às 11:11

    ditadores amigos dos estados unidos e de obama.mubarak.são todos santos,mas se for amigo do lula é demõnio

  20. pericles

    -

    24/02/2011 às 11:02

    As coisas são assim mesmo. Quando é para aparecer fazendo política antiamericana, o ex estava sempre pronto. Agora, quando o ambiente fica pesado e trabalhadores brasileiros precisam de sua ajuda o presidente de honra (que honra, hein?) do Partido dos trabalhadores envia o rabo entre as pernas e toma chá de sumiço!

  21. arilson sartorato

    -

    24/02/2011 às 10:29

    O LULA SÓ NÃO DEU A MÃO PARA LUCIFER,POIS ESTE NÃO APARECEU, E ESTÁ AGURDANDO O MOLUSCO EM SUA MORADA PARA RECEBE-LO DE ABRAÇOS ABERTOS,COM DIREITO A PALANQUE.

  22. arilson sartorato

    -

    24/02/2011 às 10:23

    FALTOU O HUGO CHAVEZ ,AMABINIDEJAD E O FIDEL NESTA FOTO,PARA COMPLETAR A IRMANDADE E A CONFRARIA CRIADA PELO APRENDIZ DE CAUDILHO, QUE ATENDE PELA ALCUNHA DE LULA.

  23. REVOLUÇÕES e REVOLTAS

    -

    24/02/2011 às 8:48

    Percebam o poder que o povo tem. Os políticos brasileiros que abram o olho. As sacanagens que praticam e divulgadas diariamente, em nada diferenciam destes ditadores que estão caindo e outros que logo despencarão de seus tronos. O efeito dominó chegou e vai atingir muita gente nesta tão maltrata américa do sul.
    Quando se está revoltado, e o poder não dá a devida atenção aos lamentos, só indo para as ruas. Este sempre será o melhor argumento para se restabelecer a ordem.

  24. TÕ VENDO TUDO !

    -

    24/02/2011 às 8:23

    Zé Ramalho > A Terceira Lâmina
    A Terceira Lâmina
    Zé Ramalho
    Composição: Zé Ramalho
    É aquela que fere
    Que virá mais tranqüila
    Com a fome do povo
    Com pedaços da vida
    Como a dura semente
    Que se prende no fogo
    De toda multidão
    Acho bem mais
    Do que pedras na mão…

    Dos que vivem calados
    Pendurados no tempo
    Esquecendo os momentos
    Na fundura do poço
    Na garganta do fosso
    Na voz de um cantador…

    E virá como guerra
    A terceira mensagem
    Na cabeça do homem
    Aflição e coragem
    Afastado da terra
    Ele pensa na fera
    Que o começa a devorar…

    Acho que os anos
    Irão se passar
    Com aquela certeza
    Que teremos no olho
    Novamente a idéia
    De sairmos do poço
    Da garganta do fosso
    Na voz de um cantador…

    E virá como guerra
    A terceira mensagem
    Na cabeça do homem
    Aflição e coragem
    Afastado da terra
    Ele pensa na fera
    Que o começa a devorar…

    Acho que os anos
    Irão se passar
    Com aquela certeza
    Que teremos no olho
    Novamente a idéia
    De sairmos do poço
    Da garganta do fosso
    Na voz de um cantador…

    Heiá! Oh! Oh!
    Heiá! Oooooooh!
    Oh! Oh! Oh! Oh!

  25. Viernes

    -

    24/02/2011 às 0:54

    Um pôvo cego que já era, ignorantizado em termos expressos por um governo populista e deixado por uma oposição fraca.
    É, o Brasil não é um pais sério… Quem lê esta matéria, infelizmente, não é quem os coloca no poder. Não precisa ir ao oriente médio pra ver o desmando, basta ver que mais de 700 pessoas acabam de MORRER no Rio, irmãos Brasileiros, e está tudo bem, o que importa é que o Ronaldo tem hipotireoidismo… Por menos, num pais sério, um governador cairia…

    Abraço muito triste a todos

  26. ROBERTO MIRANDA

    -

    23/02/2011 às 23:41

    Do jeito que pensam os estadistas desse governo, logo, logo, Kadafi virá fazer companhia à Battisti.

  27. fatima

    -

    23/02/2011 às 23:00

    O Lulla deveria levar o amigo Kadafi para o apê dele em São Bernardo. Aí seriam dois desocupados, cínicos megalômanos, rindo da tragédia do povo, enquanto secam mais uma garrafa.

  28. jose

    -

    23/02/2011 às 22:55

    Os amiguinhos ditadores do lulla estão na berlinda TE-PREPARA BURRO CHAVEZ a tua hora tá chegando!!! Quando essa revolta do mundo Árabe vai chegar na America Latina? ou até mesmo em Brasilia? Acorda Brasil!

  29. juarez

    -

    23/02/2011 às 21:34

    O salário é muito bom, milicianojuarez.

  30. maria mariana

    -

    23/02/2011 às 21:08

    Augusto Nunes:
    Vendo essa foto parece que lula e kadafi estão cantando: “você meu amigo de fé meu irmão camarada”
    Chega a ser nojento a intimidade do ex presidente com os ditadores assassinos e sanguinários, mas todos eles terão o que merecem.

  31. Blumenau

    -

    23/02/2011 às 20:23

    Augusto.
    Que foto!Como estes assassinos se atraem…
    Será que junto com os brasileiros virá aquela Drag Queen de óculos Ray-Ban,suja de sangue.Quem sabe o tirano da hora seja convidado pra ficar no apto do lulla em São Paulo.Os ptistas vão bater palmas,e quem sabe até ter um orgasmo.

  32. Carlos Mendes

    -

    23/02/2011 às 20:22

    O sr. f tavares, na resistência, que fez postagem às 18:13, não entendeu o objetivo da minha postagem, que foi dar amplo conhecimento do episódio em que o jornalista Lúcio Flávio Pinto está sob mordaça de juiz federal. O texto jornalístico por mim assinado estará na edição de amanhã no “Estadão”. Bem reduzido, por sinal, e enxuto. A Agência Estado, a estas horas, já deve ter distribuído, como é de praxe.

  33. Juarez Nogueira

    -

    23/02/2011 às 19:34

    Augusto, caríssimo
    O sintoma é mais grave que megalomania.
    Lula já se comparou a Jesus Cristo.
    A Síndrome de Jerusalém é um transtorno mental, quando a pessoa acredita ser um personagem bíblico.
    A doença foi identificada em 1982 pelo Dr.Yair Bar-El, direitor do hospital psiquiátrico de Jerusalém, onde foram tratados o rei David, Sansão, Jesus e a Virgem Maria.
    O termo altamente evocativo poderia ser usado para descrever qualquer pessoa que acredite ser o salvador – de uma empresa, por exemplo, de uma equipe esportiva, de qualquer organização ou instituição.
    De um país.
    Já conhecemos essa aplicação do termo.
    E o que acontece quando a Síndrome de Jerusalém é agravada por uma sociopatia.
    O sociopata parece um tipo afável, carismático, mas é egocêntrico, despreza as leis, as regras e as obrigações, não tolera frustrações.
    É previsível o que em geral acontece quando a veneração acaba.
    (www.juareznogueira.blogspot.com)

  34. Sergio G

    -

    23/02/2011 às 19:06

    Reparou que os milicianos comentam no horário comercial, à tarde?
    Devem usar a conexão da repartição pública…

    Muito bem lembrado, caro Sergio. abração

  35. LUCIA

    -

    23/02/2011 às 18:37

    brasileiros!!!! prestem ATENÇAO aos protestos pelo mundo. pensem no nosso pais. ta precisando seguir alguns exemplos. banir estes politicos vagabundos que estao nos escravisando ao bel prazer deles!!!!!!!!!!!que tal?

  36. f tavares, na resistência

    -

    23/02/2011 às 18:32

    leonardo X, na resistência,10:00h,
    - claro que todos podem concluir, mesmo os que não são do ramo, que contratos de obras são regiamente pagos a quem os agencia, mesmo quando dentro do país. daí a permanente disputa (êpa!) por verbas, emendas ao orçamento, tudo “carimbado” com os nomes dos beneficiários, empreiteiros, construtores, indústria pesada… claro, também, que os contratos internacionais são ainda mais generosos, porque são pagos em moeda de circulação mundial, geralmente através de depósitos efetuados diretamente nas contas internacionais dos interessados. tem sido assim desde sempre, sendo que hoje, a canalha petista, liderada pelo especialista em falcatruas zédirceu, inventou a obra feita com dinheiro de um país e gerenciada pelo outro, como a refinaria de pernambuco, a ampliação de itaipu, as instalações industriais da petrobras por toda a américa latina e até na áfrica… o tribunal de contas não pode controlar a aplicação dos recursos, porque são administrados pelo parceiro internacional. e, quando o dinheiro é de fora, também o equivalente ao tcu de lá não pode intrometer-se no gerenciamento brasileiro. é a própria mina do ali babá, só que eterna… o mercado financeiro é sensível, rápido e ágil para colocar no devido lugar, as ações dessas empresas sob risco iminente de prejuizos incalculáveis… se cairem, nunca mais se reaprumam, como aconteceu com a mendes junior. alah akbar!

  37. catson aruak

    -

    23/02/2011 às 18:28

    Assunto de vigarista é assim: fala o que quer, porque não vai cumprir nada mesmo. Quanto mais empolado fala, mais mentira arrota.

  38. veiaco

    -

    23/02/2011 às 18:15

    Estão alugando um navio na Itália pra trazer os brasileiros, mas a suite presidencial é do Kadafi que vem ver as terras que comprou por aqui.

  39. f tavares, na resistência

    -

    23/02/2011 às 18:13

    carlos mendes, 14:23h,
    - para ser considerado verídico, o epísódio pode ser apenas relatado pelo senhor, que todos acreditamos em sua versão. mas por favor, publicar um processo inteiro, com datas, despachos, decisões, providências administrativas, não contribui para a autenticidade ou para a divulgação do fato: nenhum leitor se dará ao trabalho de ler um texto desse tamanho, nem se for assinado pelo titular da coluna…

  40. Francisco Rocha

    -

    23/02/2011 às 17:23

    Essa foto é um nojo!
    Ela retrata fielmente a estupidez desse Lula, ao cumprimentar de forma íntima (esse jeito presunçoso e asqueroso lula de ser…), um dos maiores sanguinários da humanidade, que em teor de maldades se iguala a Pol Pot e a Idi Amin Dada.
    Uma estupidez admirada por outro imbecil ao fundo.
    Mas a foto tem uma utilidade:
    Mais alguns dias, as custas de outras centenas de assassinatos, deve ser apeado do poder esse bandido mundial, expondo toda a carneficina promovida por ele ao longo dos último 42 anos de ditadura na Líbia. Daí poderemos esfregar na cara da petralhada quem eram os ‘amores’ do nécio enquanto presidente.

  41. Antipete

    -

    23/02/2011 às 17:22

    Que vergonha esse Lula ter contacto com um terrorista!!! Eu nao sei qdo essa nacao ira acordar!! Esse PT fez uma lavagem cerebral nessa nacao, nao eh possivel isso!!! E agora temos uma desgovernando uma potencia como o nosso Brasil!!! No momento tenho vergonha de ser Brasileiro minhas senhoras e senhores. Nao aguento mais!!!!

  42. Enio

    -

    23/02/2011 às 17:17

    Essa marvada dor de cotovelo que não passa!

    Você tem razão.O Lula precisa desencarnar.

  43. sisi

    -

    23/02/2011 às 16:52

    ECA……mais nada.

  44. Francisco

    -

    23/02/2011 às 16:47

    Augusto Nunes: Você conhece o jornalista Sebastão Nery?

    Conheço bem.

  45. Vanderlei

    -

    23/02/2011 às 16:32

    Essa é a troupe dos famigerados picaretas que continuam atacando os ididotas, incautos e analfabetos. Essa foto reflete a falta de vergonha desse energúmeno, cachaceiro, líder do Mensalão e vagabundo moral.

  46. Eduardo Oliveira

    -

    23/02/2011 às 16:12

    Como eu acho engraçado pessoas perceberem por fotos a intimidade…rsrs

    A foto ilustra a declaração de amor, milicianeduardo: “Meu amigo, meu irmão e líder”…

  47. Eduardo Oliveira

    -

    23/02/2011 às 16:09

    Caro Augusto, quero deixar claro que para brasileiro ser agredido por oficiais não precisa sair do país, basta comparecer em uma manifestação contra o aumento da tarifa dos ônibus que com certeza receberá toques de “Líbia”! Absurdas as cenas de manifestantes e vereadores de SP sendo agredidos por nossas polícias!
    Qual a sua posição prticular em relação ao assunto?
    Obrigado!

  48. Antônio Mário

    -

    23/02/2011 às 15:28

    Já que vc censurou meu comentário, deixando apenas a primeira frase, acho que vc deve procurar um analista sim, pode até ser o do Lula, por que não?
    …aquela história da largatixa…

    E você precisa procurar urgentemente um cursinho intensivo de português, milicianantoniomario. “Largatixa” é dose.

  49. Sofia Maria

    -

    23/02/2011 às 14:28

    Esta foto mostra claramente não um encontro de presidentes(sic)que eventualmente poderia acontecer mas sim de grandes amigos,dada a intimidade demonstrada na mesma.Ou alguém pode dizer o contrário?E mais o cocaleiro ao fundo!
    Bom,então cabe uma pergunta:cadê o cachaceiro,sempre lépido e fagueiro,palpitante juramentado,por onde andará?Não comentou nada ainda sobre o amigo Kadafi.

  50. Carlos Mendes

    -

    23/02/2011 às 14:23

    Veja aí, meu caro Augusto Nunes, a quantas anda a censura por estas plagas amazônicas.

    CASO SUDAM: JUIZ FEDERAL CENSURA JORNALISTA

    Despacho datado de 22 de fevereiro do juiz Antônio Carlos Almeida Campelo, titular da 4ª Vara Cível Federal do Pará, nos autos do processo 2008.8903-9, no qual os irmãos Romulo Maiorana Júnior e Ronaldo Maiorana, principais executivos do grupo Liberal de comunicação, além de outros dirigentes da corporação, são processados, a partir de denúncia feita em 2008 pelo Ministério Público Federal, por crime contra o sistema financeiro nacional, através do uso de fraude, para a obtenção de recursos dos incentivos fiscais da Sudam (Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia), que somaram 3,3 milhões de reais até 1999:
    “Tendo em vista a notícia publicada no Jornal Pessoal (Fevereiro de 2011, 1ª Quinzena, pág. 5) e a decisão de fls. 1961 dos autos, na qual decretou o sigilo do procedimento deste feito, oficie-se ao editor do referido jornal com a informação de que o processo corre sob sigilo e qualquer notícia publicada a esse respeito ensejará a prisão em flagrante, responsabilidade criminal por quebra de sigilo de processo e multa que estipulo, desde já, em R$ 200,00 (duzentos mil reais) [o erro é do texto original].
    O ofício deve ser entregue em mãos com cópia deste despacho.
    Intimem-se. Vista ao MPF”.
    No mesmo dia o Diretor de Secretaria da 4ª Vara, Gilson Pereira Costa, encaminhou o ofício, recebido no dia seguinte, 23, pelo jornalista Lúcio Flávio Pinto, que de pronto deu ciência sobre a determinação perante o oficial de justiça. Como não podia deixar de ser, o jornalista acatou a decisão do magistrado, mas dela pretende recorrer, na forma legal, em defesa do direito (que a liberdade de imprensa lhe confere) de continuar a prestar informações sobre tema de relevante interesse público, como é o caso em questão. Trata-se de denúncia feita pelo fiscal da lei, que é o MPDF, de fraude e malversação de recursos oriundos de renúncia fiscal da União Federal em proveito de projetos econômicos aprovados pela Sudam. Ressalte-se que a liberdade de informação possui tutela constitucional e os julgados dos tribunais superiores têm se orientado no sentido de que o sigilo não se aplica quando incide sobre questão de alto interesse público.
    A matéria publicada na última edição do Jornal Pessoal, da 1ª quinzena de fevereiro, que motivou a liberação do Juiz da 4ª Vara Cível da Justiça Federal é a seguinte:
    Ronaldo confessa.
    “Rominho” viaja
    Pela terceira vez seguida o empresário Romulo Maiorana Júnior faltou a uma audiência do processo a que responde por crimes contra o sistema financeiro nacional, perante a 4ª vara cível da justiça federal, em Belém. As duas primeiras audiências de instrução foram adiadas a pedido dele, por se encontrar ausente de Belém. No dia 1º, data marcada com quase cinco meses de antecedência para ouvi-lo, o principal executivo do grupo Liberal estava em Miami, nos Estados Unidos, onde tem residência, adquirida recentemente. Só voltou a Belém na madrugada do dia 6, depois de quase um mês em férias.
    Seu irmão, Ronaldo Maiorana, diretor editor-corporativo do principal jornal do grupo de comunicação, foi à audiência, junto com Fernando Nascimento, diretor da TV Liberal, e João Pojucam de Moraes, diretor industrial de O Liberal. Todos estão indiciados no mesmo processo por crime previsto no artigo 19 da lei 7.492, de 1986 (mais conhecida como lei do “colarinho branco”): “Obter, mediante fraude, financiamento em instituição financeira”.
    A pena prevista é de reclusão, por 2 a 6 anos, e multa. A pena poderá ser aumentada de um terço “se o crime é cometido em detrimento de instituição financeira oficial ou por ela credenciada para o repasse de financiamento”, como é o caso. O que significa que a pena máxima irá a oito anos de reclusão
    Condenado por me agredir fisicamente, em 2005, Ronaldo Maiorana só voltou a ser réu primário no ano passado, quando decorreu o prazo de cinco anos de suspensão da execução da sentença, por acordo que fez com o Ministério Público do Estado, substituindo a aplicação da pena pela doação de cestas básicas a instituições de caridade.
    Ronaldo confirmou a denúncia feita pelo Ministério Público Federal, de que ele e o irmão mais famoso fraudaram o capital próprio da Tropical Indústria Alimentícia (nome original da atual Fly, que já foi Bis) para receber dinheiro dos incentivos fiscais da Sudam, o mesmo crime que atribuem ao ex-deputado federal Jader Barbalho, por ter indicado dirigentes da Sudam acusados de desvio de dinheiro público, do qual tirou proveito.
    Com o dinheiro público, os Maioranas implantaram uma fábrica de sucos regionais (que se transformou em refrigerantes artificiais do tipo pet) no distrito industrial de Icoaraci. A Sudam liberou 3,3 milhões até 1999, quando começou a investigação da fraude. O processo já dura mais de uma década.
    A fraude era simples: os dois irmãos sócios depositavam um valor referente à contrapartida de recursos próprios num dia e o sacavam no dia seguinte, quando a Sudam autorizava a liberação, pelo Banco da Amazônia, da colaboração financeira da União, através de renúncia fiscal. Ronaldo se defendeu alegando que não sabia que essa é uma conduta ilícita. Sua defesa argumentou que, uma vez descoberta a fraude, o dinheiro da Sudam foi devolvido e o projeto implantado a partir daí apenas com recursos próprios.
    A ressalva, porém, não atenua a confissão de culpa: a doutrina e a jurisprudência dos tribunais brasileiros são pacíficas, ao caracterizar esse tipo de procedimento como delito formal. Para que ele se consume, basta que seja utilizado um meio fraudulento para acessar recursos públicos, independentemente de haver ressarcimento posterior. A correção do ilícito não elide a culpa. Logo, Ronaldo Maiorana é réu confesso desse crime. O empresário chegou a chorar ao ser questionado pelo representante do MPF no interrogatório.
    Esse foi o momento de maior pressão sobre ele. As perguntas feitas pelo juiz Antônio Carlos de Almeida Campelo foram genéricas e não se relacionavam diretamente com os fatos imputados. Ele se interessou por questões como saber quantos empregos o empreendimento gera e se o réu possui outras empresas.
    O tom da audiência foi tão cordial que no início da sessão o magistrado perguntou ao réu se poderia chamá-lo de doutor. Ao final, se levantou para cumprimentá-lo e aos seus advogados. Essa afabilidade contrastou com os termos do despacho do juiz em 23 de setembro do ano passado, quando, designando nova data para a audiência, ele escreveu que a instrução do processo “vem sendo postergada por razões diversas. A pedido dos réus”.
    O retardamento tem um objetivo claro: protelar o andamento do processo, recebido pelo juiz em agosto de 2008, a partir de denúncia do Ministério Público Federal, depois de oito anos de apuração, para que o crime prescreva e seus autores permaneçam impunes. É o que a justiça precisa evitar que aconteça. Este é o seu papel, não o contrário.

  51. Chico

    -

    23/02/2011 às 14:07

    Augusto Nunes, boa tarde. lula sempre elogiou as ditaduras, e sempre buscou agredir com palavrórios, as democracias. Este apedeuta, é caidinho por uma ditadura, ver seu comportamento nas viagens turisticas que vez pelo mundo. Quando ia visitar regimes de força, sempre abraçava com muito afago o cafajeste que o recepcionava. Já quando visitava estados democraticos, era um simples aperto de mâos com o mandatário do pais democratico. lula no fundo da sua alma, tem sérias tendência para um ditador, para ele a democracia atrapalha o desenvolvimento da humanidade. ABAIXO lula, ABAIXO AS DITADURAS!

  52. Jeremias-no-deserto

    -

    23/02/2011 às 14:02

    Os acontecimentos na Líbia são mais uma clara demonstração do tratamento que os brasileiros recebem quando apelam para os serviços das nossas embaixadas nos paises árabes.Parece até que essas embaixadas só se destinam a abrigar apaniguados do poder fazendo turismo das arábias às expensas do contribuinte.Quando pipoca uma revolução ou até mesmo uma guerra, coisa que não é tão rara entre os paises árabes, é um salve-se quem puder, pois a representação brasileira desaparece como que por encanto. Nessas horas, ao contrário do que ocorre nos paises civilizados, percebe-se que as mansões e palácios que abrigam nossas embaixadas são puro efeito cenográfico, pra inglês ver.Isto deve servir de exemplo para alertar futuros pretendentes a um trabalho nos paises árabes.Não caiam na tentação de acreditar na propaganda enganosa.Para o brasileiro, essa aventura é um salto no escuro, como demonstram os recentes acontecimentos na Líbia.

  53. Wania

    -

    23/02/2011 às 13:53

    Desde o domingo o q??? as manifestações começaram dia 15…

    O texto diz que o avião foi providenciado no domingo. Onde escrevi que as manifestações começaram no domingo?

  54. Brasilino Brasa

    -

    23/02/2011 às 13:44

    Realmente uma bela foto para o álbum petralha, Índio, Lula e Kadafi, é muita bagagem sem sombra de dúvida. Se merecem. Só faltou Fidel, Battisti e Ahmadinejad para completar o álbum de família.

  55. jovem

    -

    23/02/2011 às 13:26

    Augusto,

    Bão esse negócio do caça da FAB, não?

    A ministra dos Negócios Estrangeiros da França, Michèle Alliot-Marie, dedicou o dia ontem ao esforço de tentar vender ao Brasil caças Rafale.

    Já foi o tempo que esses milicos defendiam o Brasil.

    Hoje, inventam estorinhas para que os contribuintes paguem por caças encalhados!!!!

    Essa que veio aí não é aquela que sugeriu aos parlamentares franceses enviar urgente material de repressão aos insurgentes tunisianos?

    Acho que ela está sem moral no país dela e vem aqui ao Brasil para enganar os trouxas…

    Está dando nojo essa estória de caças, helicópteros e submarinos para os milicos!!!!!

  56. Auditor Interno

    -

    23/02/2011 às 13:25

    Prezado Augusto!

    Uma boa tarde ao editor e amigos do blog! Para adoçar a pílula, um provérbio árabe:

    “O primeiro copo faz de ti uma tímida gazela; o segundo uma zebra impetuosa; o terceiro um leão furioso; o quarto um completo asno”.

  57. mary nunes

    -

    23/02/2011 às 13:20

    Ué..Lulinha,paz e amor,seu amiguinho do peito Kadafalso ta enrrascado,chama ele pra morar na sua casa!!!!!!!!!!!!

  58. jovem

    -

    23/02/2011 às 13:14

    Augusto,

    A pérola do amigo-irmão do ex-presidente Lula:

    “Muamar Kadafi não é uma pessoa normal que você pode envenenar… ou contra a qual você pode se rebelar. Vou lutar até a última gota de sangue, com o povo ao meu lado. Se você ama Muamar Kadafi você vai sair às ruas para defender a Líbia.”

    Como os dois são irmãos-camaradas, acho o ex-presidente Lula deveria sair às ruas para defender seu querido parente, não?

    A única diferença entre os dois é que um tem as armas, o outro está a caminho de tê-las…

  59. Cws Multiradio

    -

    23/02/2011 às 13:06

    O QUE PENSAMOS>>Dias antes da queda do ex-ditador Hosni Mubarak, cidadãos brasileiros residentes no Egito tiveram sérias dificuldades para deixar o país do norte da África, sendo que muitos reclamaram do abandono por parte da embaixada tupiniquim no Cairo.

    Agora, com a crise ameaçando a Líbia com a possibilidade cada vez mais iminente
    de uma guerra civil, brasileiros sofrem para deixar as principais cidades do país comandado com mãos de ferro por Muammar Khaddafi. Até mesmo o Itamaraty vem colecionando alguns insucessos na tentativa de facilitar a saída dos brasileiros que lá vivem. A retirada dos brasileiros da Líbia em navio, prevista para acontecer no máximo até quinta-feira (24), ainda não é totalmente certa. Toda essa cena degradante reflete a incompetência com que a diplomacia brasileira foi encarada nos últimos oito anos, período em que o Brasil foi protagonista de nove entre dez piadas contadas nas rodes internacionais do poder.

    Ademais, os tropeços sofridos pelo Itamaraty nas conversas com diplomatas líbios escancaram a inocuidade dos salamaleques disparados pelo irresponsável Lula na direção de Khaddafi, nas diversas vezes em que o então mandatário brasileiro se encontrou com o ditador que garante que morrerá como mártir na terra de seus ancestrais. Conversa barata de quem não deseja perder a mamata financiada com o suado e ensangüentado dinheiro do povo da Líbia.

    Mas causa espécie o fato de a presidente Dilma Rousseff não se manifestar contrariamente à ditadura comandada por Muammar Khaddafi e a sua tentativa desesperada de se manter no poder às custas de uma reação militar covarde e criminosa, algo que a então companheira Estela tanto condenou nos plúmbeos anos brasileiros….FALA ALGUMA COISA AÍ PRESIDENTE….coisa que preste,claro..PORQUE PRESIDENTA,SIMBIOSE E TERGIVESAR,ALÉM CULPAR INTERNET POR ERRO GROSSEIRO DE TROCA DE NOME DE CIDADES…já viraram piadas no cenário mundial…O Povo brasileiro está esperanda que a sra fale alguma coisa que se aproveite…

  60. Paulo Berger

    -

    23/02/2011 às 13:03

    No meio de toda essa revolução que vem ocorrendo pelos países reconhecidamente ditatorais (exceto, obviamente, no ponto de vista do bando do PT & gang), espero que o brasileiro, que supostamente vive numa nação livre e democrática, aprenda uma valiosa lição, que é aquela de saber se manifestar e exigir muito mais dessa e de qualquer outra administração pública vagabunda. Infelizmente, no país sem terremoto e furacão, somente saímos para quebrar tudo quando o nosso time de futebol é incapaz de ganhar uma partida.

  61. jovem

    -

    23/02/2011 às 12:34

    Caro Pedro Luiz Moreira Lima, 23/02/2011 às 1:30,

    Esse dinheiro aí do Kadhafi é fichinha perto do que o Brasil vai pagar à França na “aliança estratégica”, onde a França entra com as mordomias para o Jobim, Lula e agora a Dilma, e nós, os contribuintes, com o traseiro de sempre.

    Meu amigo, e pensar que os milicos um dia defenderam essa terra…

  62. jovem

    -

    23/02/2011 às 12:34

    Caro Pedro Luiz Moreira Lima, 23/02/2011 às 1:30?

    Esse dinheiro aí do Kadhafi é fichinha perto do que o Brasil vai pagar à França na “aliança estratégica”, onde a França entra com as mordomias para o Jobim, Lula e agora a Dilma, e nós, os contribuintes com o traseiro de sempre.

    Meu amigo, e pensar que os milicos um dia defenderam essa terra…

  63. Petista nobre - The asno.

    -

    23/02/2011 às 12:05

    O mula-do-mar, o cocaineiro e o babaca analfabeto bovino.

  64. mané brasileiro

    -

    23/02/2011 às 11:57

    Augusto
    Tô achando que, o Kadafi usa a mesma tintura
    para os cabelos que certos políticos nossos
    usam.Tô errado, Terta?

  65. Sam Spade

    -

    23/02/2011 às 11:50

    Que “fotinha” safada Augusto!!! Isso é aperto de mão de brother, parece que se conhecem a 300 anos. Lulla só não é um ditador (e sanguinário) como Kadafi porque lhe faltou oportunidades e ainda resta alguns resquícios de instituições no país. Lulla é um sóciopata como Kadafi, Fidel, Bashir, Mubarak…

    E o duble do Zacarias e índio de araque ao fundo, que gracinha!

  66. Alex1960

    -

    23/02/2011 às 11:41

    O texto não foge da verdade , mas omite ações idênticas as de Lula por parte de vários líderes ocidentais que chegaram a convidar Kadafi a uma reunião do G-7 , perdoando politicamente seu passado. Gosto da linha de oposição da revista VEJA mas confesso não entender porque carregar tanto nas tintas.Não devem se esquecer que são jornalistas , de opinião , de fato , mas não podem deixar de citar fatos relevantes , a favor ou contra. Fora disso , perdem legitimidade.

  67. Cws Multiradio

    -

    23/02/2011 às 11:23

    E desde quando esse ordinário está preocupado com brasileiros e brasileiras??/Ele só se preocupa com “cumpanheiros” e “cumpanheiras”…Ele deve estar procupado com a graninha que vai deixar de ganhar. Afinal amigos e irmãos,que gostam de usufruir do esforço e trabalho alheio,gostam tambem de compartilhar o que roubam do povo…Por outro lado,se o nosso patife meter a colher de pau na história do vizinho…PODE ACABAR INDO PRESO JUNTO…Ficar quietinho,no silencio,é a estatégia..porque quem deve muito..teme muito….E dona PresidANTA,que braba que o pilantra te deixou nas mãos,hein???

  68. Homo Anômallus

    -

    23/02/2011 às 11:19

    Caríssimo Augusto
    Já que a nossa amestrada “imprensa” parece ter ignorado completamente este assunto, acredito ainda mais que as informações do MPF que seguem sejam bastante relevantes.
    “A assinatura de correspondências enviadas a aposentados do INSS foi feita para promover as autoridades e favorecer o Banco BMG, argumenta o MPF/DF
    O Ministério Público Federal no Distrito Federal (MPF/DF) entrou na Justiça contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-ministro da Previdência Social Amir Francisco Lando por improbidade administrativa. Eles são acusados de utilizar a máquina pública para realizar promoção pessoal e favorecer o Banco BMG, envolvido no esquema do mensalão. As irregularidades aconteceram entre outubro e dezembro de 2004.

    Segundo apurações do MPF/DF e do Tribunal de Contas da União, mais de 10,6 milhões de cartas de conteúdo propagandístico foram enviadas aos segurados do INSS com dinheiro público. As cartas informavam sobre a possibilidade de obtenção de empréstimos consignados com taxas de juros reduzidas. A manobra custou aos cofres públicos cerca de R$ 9,5 milhões, gastos com a impressão e a postagem das cartas.

    O MPF/DF defende que não havia interesse público no envio das informações e a assinatura das correspondências diretamente pelo então presidente da República e pelo ex-ministro da Previdência foi realizada para promover as autoridades.

    Outra irregularidade apontada foi o favorecimento do Banco BMG, única instituição particular apta a operar a nova modalidade de empréstimo naquela época. As investigações mostraram que a única novidade na época do envio das cartas era o convênio recém firmado entre o banco e o INSS, pois a lei que permitia aos segurados efetuarem empréstimos consignados foi sancionada dez meses antes. Outro fato que chamou atenção foi a rapidez no processo de convênio entre o BMG e o INSS: durou apenas duas semanas, quando o comum é cerca de dois meses.

    Para o MPF/DF, fica evidente o propósito propagandista da carta, a qual não tinha nenhum caráter educativo, informativo, ou de orientação social, como prevê a legislação. “Diante do apurado, podemos concluir facilmente que a finalidade pretendida com o envio das correspondências era, primeiramente, promover as autoridades que assinavam a carta, enaltecendo seus efeitos e, consequentemente, realizando propaganda em evidente afronta ao art. 37, 1º da CF e, ao mesmo tempo, favorecer o Banco BMG, única instituição particular apta a operar a nova modalidade de empréstimo”, defende o MPF/DF na ação.

    Para garantir a devolução dos valores gastos com o envio das correspondências aos cofres públicos, o MPF/DF pede, em liminar, o bloqueio de bens dos acusados. O processo está em fase de intimação dos réus.

    Irregularidades – De acordo com investigação feita pelo MPF/DF e o Tribunal de Contas da União, o envio das cartas foi feito a pedido do então chefe de gabinete do ministro da Previdência Social. Entretanto, a emissão e impressão das correspondências, que ficou por conta da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev), não obedeceu os trâmites legais, já que não houve um contrato formal para o processo.

    Só depois de iniciada a produção das cartas é que a Dataprev encaminhou proposta de contrato ao INSS, especificando o número e custo das cartas encomendadas, no valor total de R$ 9,5 milhões, aproximadamente. A resposta da Previdência, no entanto, veio apenas quatro meses depois, quando mais de 11 milhões de cartas já haviam sido impressas e pelo menos 10,5 milhões enviadas aos segurados pelos Correios.

    O INSS não reconheceu a dívida e concordou em pagar apenas pela postagem das cartas já expedidas, cerca de R$ 7,6 milhões. Os custos de emissão e impressão – cerca de R$ 1,9 milhão – foram arcados pela Dataprev. Nos dois casos, nunca existiu qualquer instrumento legal autorizando os pagamentos.

    Após a constatação das irregularidades pelo TCU, as duas instituições decidiram interromper o processo de produção e expedição das cartas e, no ano seguinte, determinaram a destruição de mais de meio milhão de cartas.

    A investigação mostrou, ainda, que os custos de postagem das cartas também causaram prejuízo aos cofres públicos, uma vez que os valores pagos pelo INSS aos Correios foram mais altos do que os valores de mercado.

    A ação quer o ressarcimento aos cofres públicos de todos os valores gastos indevidamente. Se forem condenados pela Justiça, os acusados poderão, ainda, ter os direitos políticos suspensos; pagar multa; ficar proibidos de contratar ou receber benefícios do Poder Público; e perder a função pública ou aposentadoria, quando for o caso.”

    O caso será decidido pela 13ª Vara da Justiça Federal no DF. Processo 7807-082011.4.01.3400. Consulte aqui a íntegra da ação civil pública.

    Assessoria de Comunicação
    Procuradoria da República no Distrito Federal
    (61) 3313-5460/5459
    twitter.com/MPF_DF
    Abs

  69. ana maria

    -

    23/02/2011 às 11:19

    Augusto,
    senti pela foto,olhos nos olhos, um clima entre estas duas figuraças,o cachaceiro e o carniceiro,eta dupla porreta!

  70. Curiosidade

    -

    23/02/2011 às 11:10

    Tradução para o português da Constituição Americana (The United States Constitution):

    http://www.braziliantranslated.com/euacon01.html

  71. fafa

    -

    23/02/2011 às 11:03

    Caro Nunes, vamos lá, voce sabia dessas relações?

    A Fafa diz que o Serra é mais amigo do Kadafi que o Lula. Deve ter almoçado com o chefe.

  72. Carlucio

    -

    23/02/2011 às 10:50

    Grande Augusto, mais um texto maravilhoso.

    Abração, amigo.

  73. Luis Miguel

    -

    23/02/2011 às 10:33

    Parabéns por lembrar a todos que o Presidente Lula se dizia amigo íntimo do ditador líbio. Não foi ele que recebeu Lula numa tenda no deserto? Porque agora o Lula não intervém em favor dos brasileiros em perigo na Líbia?

  74. Ricardo

    -

    23/02/2011 às 10:21

    Uma foto com três palhaços.

  75. Leonardo X, na Resistência

    -

    23/02/2011 às 10:00

    Adonde tá tu, Kid Palanqueiro? Com que corja e em que maguá tu te escondes, embuçado ou empapuçado de LI? Os governos que sucederão os de seus ditadores amigos do peito honrarão os contratos que você celebrou com a assessoria de Celso Amoral e MAG Patólógico? Meu brother f tavares, você conhece as empresas da contradança na quadrilha. E sabe o que fazer com as ações delas, ok? Detonar enquanto é tempo. Remember a Mendes Jr no Iraque.

  76. Leonardo X, na Resistência

    -

    23/02/2011 às 9:45

    A fotografia história mostra três líderes da “democracia adjetivada” pela esquerda, canhota, sinistra abjeta internacional. Três expoentes da ONU B, que Lula idealizou, para dirigi-la, mas que não saiu do papel, ou do bestunto jerimum, assim como o Fome Zero ficou na estaca zero. Eu conheci, há poucos meses, um analista de sistemas da Odebrecht, que rasgava elogios à diplomacia amoral do ministrim bainha-dce-canivete. Ele estava nas vésperas de retornar de férias. Espero que esteja na Líbia, onde trabalha, para colher os frutos da “ação patriótica do governo brasileiro num país irmão do nosso”, segundo palavras dele. Quem sabe ele entenda o que são democracia e patriotismo. E chegue à conclusão de que o Brasil é de outra família.

  77. Antônio Mário

    -

    23/02/2011 às 9:44

    Você deveria levar o problema que tem com o Lula para ser discutido com seu analista.

    Não tenho analista. Vou procurar o do Lula pra saber se o cara está melhor da mitomania. Se estiver, marco uma sessão.

  78. Ana Muniz

    -

    23/02/2011 às 9:17

    A foto confirma: surucucu anda aos pares.
    Elle está na encolha, a água começa a bater no umbigo por conta das denúncias de improbidade administrativa no caso dos empréstimos para aposentados e pensionistas.

  79. Ernesto Santana

    -

    23/02/2011 às 9:17

    DILMA/LULA/PT – Após o aparelhamento do governo, virá à censura da imprensa e por fim as forças armadas e outros órgãos de repressão estarão nas ruas matando as pessoas que discordarem do PT. A LIBIA DE HOJE PODE SER O BRASIL DO FUTURO.

  80. Maroog

    -

    23/02/2011 às 9:10

    Por que não mandamos o ex-verborréico presidente para a Líbia, para um tour entre os movimentos sociais de lá?
    Mas tem que ser na hora em que os caças estiverem atirando!!!

  81. Paulo Bento Bandarra

    -

    23/02/2011 às 8:37

    Vai-se o primeiro ditador escorraçado…
    Vai-se outro mais… mais outro… enfim dezenas
    De ditadores vão-se das ditaduras, apenas
    Raia sanguínea e fresca a madrugada…
    E Lula vê seus votos para o Conselho de Segurança esfarelar-se
    Os amigos sumirem escondendo-se, a Banania desmoralizando-se
    O “outro mundo” sonhado esmigalhando-se

  82. Paulo Bento Bandarra

    -

    23/02/2011 às 8:28

    Kadafi tem lugar garantido no palácio de Fidel, outro revolucionário que o povo deveria tirar até a última gota de sangue, que ele tirou do povo para si!

  83. Siará Grande

    -

    23/02/2011 às 7:50

    Caro Augusto, só um detalhe para provar como somos abençoados por políticos patriotas nesta Capitania do Siará Grande. Nossa Assembleia tem 46 deputados estaduais, dos quais apenas 45 apoioam integralmente a Family Gomes, mas emprega apenas 5.843 servidores. Ou seja, cada deputado dispõe de apenas 126 assessores para desenvolver seu duro trabalho legislativo. Claro, tem ainda os funcionários terceirizados, não sei quantos, mas imagino que seja outro tanto.

    Se duvidar, pesquise na rede:
    Número de servidores da Assembleia do Ceará é superior à população de 37 cidades do estado

  84. Jose Francisco Santoro

    -

    23/02/2011 às 7:40

    E agora,José? Vamos lá sr.Lula.Pelo menos uma vez assuma a amizade com o demônio e peça um pequeno favor.Amigo não é só para fazer propaganda política em tempos de paz.É para pedir favor em tempo de guerra.Coragem,palanqueiro.Apareça.

  85. jr

    -

    23/02/2011 às 6:58

    Pobre Brasileiro que pensa que tem diplomacia.
    ate hoje o aviao que ia resgatar os brazuca
    no Iraque ainda nao chegou.
    e os que estao na Libia vao esperando sentado!

    jr

  86. kalil

    -

    23/02/2011 às 6:42

    Está passando da hora do povo brasileiro tomar vergonha na cara e adotar com coragem um levante, nos moldes dos paises árabes, contra os facinorosos que tomaram de assalto o poder no Brasil, e desfila todo tipo de malandragem da forma mais descarada jamais vista ” na história desse pais” seguindo a escola institucinalizada pelo apedeuta de garanhuns.

  87. Claudio Pereira

    -

    23/02/2011 às 5:40

    Caro Augusto…serve aquela musiquinha mequetrefe?
    -Eu falei…que isso ia dar merda…

    .
    um forte abraço!

    Caro Cláudio, o sistema está considerando spam toda mensagem que inclui um link no fim. Foi por isso que cortei. Grande abraço, Augusto

  88. lucia

    -

    23/02/2011 às 5:26

    Ô Pedro Luiz Moreira Lima, escreveu um texto tão longo para defender o Lula cínico e safado.E´a cena do Lula com o ditador sanguinário que é horripilante.

  89. june

    -

    23/02/2011 às 4:42

    Ditadores em certos momentos difíceis da vida precisam de alguém para ajudar na saída. Os ditadores são para as horas certas e incertas. Uma palavra de força, de fé e de carinho dão a certeza de que nunca estarão sozinhos. Quem abraça ditadores com apertos de mãos calorosos e declara solidariedade ao Islã ( as pedras estão rolando) não fica livre de obrigações. Ou a saída do Sr Lula será o romantismo da esquerda contra a conspiração internacional em defesa dos fracos e famintos. Tese ingênua o suficiente para enrolar ditadores, abusando do charme da metamorfose ambulante, se desculpando no compasso de um bolero com o jargão : Eu não sabia,fui traído, herança FHC ou a culpa é da Google Maps.

  90. sinisorsa

    -

    23/02/2011 às 2:23

    Estou tão comovida com a pureza e carinhosa troca de sorrisos entre noço guia e o carniceiro líbio que não me resta outra alternativa: tenho que procurar meus lenços descartáveis imediamente.

  91. Pedro Luiz Moreira Lima

    -

    23/02/2011 às 1:30

    A nota náo e minha,copiada integralmente de um leitor do Ricardo Setti,apenas o ultimo paragrafo e meu.
    17/02/2009 – 07:00
    Diplomacia
    Líbia quer investir US$ 500 milhões na América do Sul

    E parte disso no Brasil. A informação foi dada pelo vice-primeiro-ministro do país árabe, Imbarek Ashamikh, em reuniões com o governador de São Paulo, José Serra, e com o prefeito Gilberto Kassab.
    Alexandre Rocha – alexandre.rocha@anba.com.br

    São Paulo – O governo da Líbia separou US$ 500 milhões para investir em negócios na América do Sul e quer aplicar parte desses recursos no Brasil. A informação foi dada ontem (16) pelo vice-primeiro-ministro do país árabe, Imbarek Ashamikh, durante encontros, em São Paulo, com o governador do estado, José Serra, e com o prefeito da capital paulista, Gilberto Kassab.
    Imbarek, que lidera uma delegação com representantes de diversas áreas do governo líbio, citou principalmente interesse no setor agropecuário. “O Brasil tem uma grande importância [na América do Sul] e a delegação que me acompanha estuda possibilidades de investimentos”, afirmou. “Existe vontade política na Líbia de investir no Brasil”, declarou, acrescentando que a quantia de US$ 500 milhões “é apenas o começo”.
    Serra declarou que o estado tem todo o interesse em atrair recursos líbios, pois “há carência de investimento, inclusive no agronegócio”. Ele falou, por exemplo, de oportunidades existentes no ramo sucroalcooleiro e na produção de grãos. “São Paulo tem a maior indústria do Brasil e é o terceiro estado agrícola, sendo que é o de maior produtividade, apesar de ter pouco mais de 2% do território nacional”, destacou o governador.
    O secretário do Desenvolvimento e ex-governador, Geraldo Alckmin, falou sobre a Investe São Paulo, agência paulista de promoção de investimentos. “Ela poderá ajudar nesse trabalho”, ressaltou. Alckmin disse que colocará o órgão à disposição dos líbios para auxiliar na identificação de oportunidades e realização de negócios.
    O vice-governador, Alberto Goldman, acrescentou que há interesse do Brasil em ampliar as exportações ao país árabe, uma vez que hoje a balança comercial pende para o lado líbio por causa das vendas de petróleo. O secretário da Agricultura, João Sampaio, afirmou que o governo pode apresentar aos líbios empresas que querem ampliar as relações comerciais.
    Serra ressaltou que, além da exportação de produtos industriais ou agrícolas, São Paulo pode fornecer serviços para a Líbia, citando como exemplo o trabalho já realizado pela construtora Norberto Odebrecht no país. A empresa está à frente da construção dos dois novos terminais do Aeroporto Internacional de Trípoli e da construção do terceiro anel viário da capital líbia. O presidente da companhia, Marcelo Odebrecht, participou da reunião no Palácio dos Bandeirantes e hoje o vice-premiê vai conhecer um projeto do grupo no ramo sucroalcooleiro.
    Ashamikh acrescentou que seu país quer também atrair investimentos brasileiros. Ele citou como exemplo a exploração de recursos naturais. “A Líbia é um país livre para investimentos. Existem riquezas que ainda não foram exploradas”, afirmou. Entre as oportunidades ele destacou a produção de matérias-primas para cimento e vidro e a extração de minério de ferro. Mais tarde, durante jantar oferecido pelaCâmara de Comércio Árabe Brasileira, o diretor do Conselho de Investimentos da Líbia, Abdarramhman Algamudi, destacou também projetos nas indústrias de móveis, eletrodomésticos, tecidos, produtos químicos, turismo, além do petróleo.
    O vice-premiê afirmou ainda que seu governo quer promover investimentos conjuntos da Líbia e do Brasil em outros países da África e do mundo árabe. “Podemos criar um exemplo econômico a ser seguido”, disse. Além disso, ele disse que gostaria de ver em Trípoli uma feira permanente de produtos brasileiros.
    Na prefeitura, Gilberto Kassab disse que é muito importante para o Brasil, e para São Paulo em especial, a aproximação com os países árabes. Nesse sentido, ele disse que vai liderar na próxima semana uma missão paulistana ao Líbano. “Espero fazer em breve algo semelhante em relação à Líbia”, declarou o prefeito, que é descendente de libaneses.
    Sul-Sul
    O presidente da Câmara Árabe, Salim Taufic Schahin, que acompanhou as reuniões do vice-premiê ao lado do vice-presidente de Relações Internacionais da entidade, Helmi Nasr, lembrou que o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva adotou como política promover a aproximação entre países em desenvolvimento. “A atitude do presidente Lula, de caminhar cada vez mais junto aos árabes, aos países da África, à cooperação Sul-Sul, tem dado resultados que vão se intensificar no ao longo do tempo”, destacou.
    No jantar oferecido pela Câmara ele falou da missão ao Norte da África liderada há pouco mais de duas semanas pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, que teve a Líbia como primeira parada. “O evento, coroado de êxito, reflete a relevância crescente da Líbia para o comércio exterior do Brasil”, disse.
    Ele citou também ações já promovidas pela Câmara Árabe como a participação brasileira na Feira Internacional de Trípoli e o apoio a outras delegações líbias que estiveram no Brasil. “Na relação entre Brasil e Líbia temos um campo fértil para evoluir”, afirmou. Schahin colocou a entidade à disposição das autoridades e empresários líbios que tenham interesse em ampliar as relações e os negócios com o Brasil.
    O vice-premiê visitou também a Assembléia legislativa, onde foi recebido pelo presidente da Casa, deputado Vaz de Lima (PSDB), e o Hospital Sírio-Libanês, onde conversou com o diretor clínico, Riad Younes, e com a presidente de honra da Associação Beneficente de Senhoras, que administra a instituição, Violeta.
    Kadafi,Ghadaffi(FSP)Libia,chegou a assumir uma cadeira no Conselho de Direitos Humanos da ONU,pedido de Lula?náo!com o aceite dos EUA,FRANCA,ITALIA,INGLATERRA e ISRAEL,caso Lula,FHC ou Serra fizessem o mesmo estariam seguindo o roteiro cinico – entre paises náo existe amizade e sim interesses.

  92. Cléber

    -

    23/02/2011 às 1:29

    O egrégio colunista não perde uma oportunidade de falar de nosso grande líder Nelson Mandela tupiniquim.

  93. Rinaldo Gonçalves

    -

    23/02/2011 às 0:31

    Irretocável…

  94. Márcia

    -

    23/02/2011 às 0:04

    Grande Augusto! Ontem eu já tinha comentado sobre o assunto em família, já que o Lula é irmão do Kadafi,né? E a foto ainda mostra a grande alegria em família, com o sorriso de orelha a orelha do irmãozinho Evito!

  95. FM

    -

    22/02/2011 às 23:23

    Augusto, os baianos quando querem dizer que alguém ou alguma coisa é algo vale a pena, eles dizem que é porreta. E você é um cara porreta, sabe?. Eu meteria a cara no vaso sanitário e daria descarga puxando um barbantinho amarrado no meu pescoço se desse chance e fosse esculhambado por você como você faz com esses crápulas. Mas isso só acontece com quem tem vergonha na cara, não é para petralha e nem para quem se mistura com eles.Seu texto mostra a estupidez dessa simpatia do ex-presidente por esse tirano, e denuncia o cinismo do silêncio desse metido a salvador da Pátria, quando deveria pressão para botar a salvo nossos irmãos brasileiros que foram tentar no país do tirano a oportunidade única de não se transformar em estatística de desemprego no país governado por ele.

    Você é um grande parceiro, meu amigo. abração

  96. Antonio G.

    -

    22/02/2011 às 23:22

    No dia da votação do mínimo do congresso, o ‘Vagarezza’ disse que o PT ficaria no poder até o ano de 2028. Parece que esse imbecil não lê jornais ou assiste aos noticiários.. Todas as múmias dos países árabes dizem que são amadas pelos seus povos e que estão no poder em conformidade com as constituições dos países que governam. O ráciocínio de todos os governantes ávidos para se perpetuarem no poder é sempre o mesmo. O povo não aguenta mais ver as mesma caras no poder por anos a fio.

  97. Carlos Quinto

    -

    22/02/2011 às 23:15

    Onde anda o molusco? Sempre tão saliente e opinativo sobre tudo. Não vai defender os antigos amigos em apuros?

  98. Lúcia Helena

    -

    22/02/2011 às 23:09

    Lulalato…. a melhor definição que já li!!!!

  99. Santeófilo

    -

    22/02/2011 às 23:09

    Que foto reveladora, hein? E que texto, que texto!! Até parece que a pérola estava guardadinha na gaveta, só esperando o momento certo para ser detonada. Azar do Lula e sorte minha, que não sou e nunca serei seu desafeto. E amigo, não resta dúvidas: o encontro esfuziante dos dois facínoras é o de velhos e queridos comparsas que, saudosos, se olham nos olhos, se tocam e trocam cálidos e sinceros apertos de mão.
    Em tempo: você está coberto de razão. Bastava um telefonema de Lula para resolver a situação dos brasileiros. Ele só não liga porque tem certeza que será imediatamente atendido. O crápula é esperto, muito esperto!

    Abração, grande Santeófilo.

  100. Carvalho Netto

    -

    22/02/2011 às 22:43

    Canalha, perverso, ordinário, mal carater, oportunista, esse são alguns pequenos adjetivos dos amigos do chefinho deles, leia-se (luiz inácio lula da silva) em minúscula mesmo, esse é o tamanho desse pequenes, virão mais coisas.

  101. Karl M.

    -

    22/02/2011 às 22:26

    Que bela e lírica imagem, Augusto!
    Da esquerda para a direita, um único CCCC:

    - cous-cous, coca & cachaça!

  102. zamborlini

    -

    22/02/2011 às 22:24

    augusto
    o último parágrafo foi simplesmente sensacional.
    análise irônica e divertida de um problema real.

  103. f tavares, na maior aversão

    -

    22/02/2011 às 22:23

    o maquiado ditador líbio e o formidável lula furaram o dedo e fizeram um pacto de aprovação recíproca, sob o testemunho do banano-cocaleiro evo, através do qual um passaria a falar bem do outro a partir daquela data. onde anda o curupira, que ainda não se manifestou sobre a reação do ridículo coronel-medalha à pressão popular na líbia para que deixe seja-lá-qual-for sua posição no processo decisório do país ? quem está blindando o farsante ? em que boteco de são bernardo o curupira se escondeu ?

  104. Rielda Cecília Lobato

    -

    22/02/2011 às 22:22

    Augusto,este teu texto está delicioso,assusta as asneiras do lullamusgo, mas as risadas que se dá das presepadas destes doidos de carteirinha,é demais! Esta foto é a coisa mais besta que já vi,aliás são realmente umas bestas os três! Coitada de dona Lindu(? é este o nome da mãe nascida analfabeta?),será que imaginava que o filhusco teria “um amigo,um irmão(?)e líder(?),canalha sanguinário e que elle diria isto em alto e bom som,nesta alegria toda?!Por falar nisto,de que mesmo elles estão rindo? Augusto,já sabemos que elle,o lluloplasta,criou a sua Pensão com o dinheiro do Brasil,claro,agora elle é ex, devemos sugerir que a casa delle se torne Pensão para Ditadores/assassinos/mensaleiros/grudados no poder,etc. Dona Marisa teria muito a ensinar ao seu Kadafi(ruguento,papadas e pelancas)! Quanto ao “olha,eu aqui,semMORALales”,foi fundo no óleo de peroba, a cara está um brilho só! O Flávio das 19:24 dá uma boa sugestão,quanto ao pedido do Ghostllulo! kkkkkkk

  105. lev

    -

    22/02/2011 às 22:17

    TOP SECRET
    Acaba de partir, rumo à Líbia, o nosso herói Capitão Metalúrgico.
    Missão: salvar o aloprado Muamar “Mula” Kadafi.
    Sub-Missão: Salvar, se der tempo, o aloprado, também conhecido como Rainha Persa, Ahmadinejad da Silva.
    Nosso herói conta apenas com a propulsão de sua capa vermelha, e em sua perna, ou em outra parte de seu belo corpo, seguirá pendurado seu fidelíssimo escudeiro Celso Moringa.
    Sorte, Capitão Metalúrgico, em mais essa missão internacional.

  106. Pimenta

    -

    22/02/2011 às 22:11

    Augusto,
    PARA O MILICIANOMARCELOPALHANO DAS 21:07:

    De recomendações como a sua, o inferno deve estar abarrotado!

  107. Wii R. Fucked

    -

    22/02/2011 às 22:09

    A proverbial competência e agilidade do itamaraty vai deixar os brasileiros na líbia literalmente a ver navios.
    A imprensa internacional informa que Kadafi, o fraterno amigo de lula, acaba de fechar os portos do país.

  108. Pimenta

    -

    22/02/2011 às 21:57

    Augusto,
    Se houvesse uma iniciativa de Lula para tentar ajudar, seria a de oferecer ao irmão camarada, a embaixada brasileira mais próxima, como refúgio.

  109. julio

    -

    22/02/2011 às 21:53

    deixem Lula em paz.

    Não.

  110. Ricardo Rodrigues da SIlva

    -

    22/02/2011 às 21:31

    Deixo claro desde já, que não desejo a morte de nenhum dos personagens da anedota abaixo, é só para imaginar como seria a cena.

    Pensei nisto depois da polêmica do Instituto Lula x Instituto FHC.

    A estória e sobre a morte e a ida para o Céu, de FHC e Lula.

    FHC falece, e ao chegar ao céu e encontrar São Pedro o mesmo o interpela a discorrer como foi sua vida, e o porque dele merecer ir para o Céu e não para o Hades.

    São Pedro – Meu filho conte-me sobre seus feitos na vida terrena, seus erros e seus acertos, para que justifique seu merecimento de viver no Céu ou ir para Inferno.

    FHC – Bem São Pedro, em minha vida busquei conhecer o ser humano, neste caminho estudei e me formei em Sociologia, fui professor, escrevi alguns artigos sobre sociologia e livros sobre política e economia. Fui exilado político no Chile e França, sou professor, fui senador, duas vezes ministro e presidente do Brasil por oito anos, onde junto com uma notável equipe, consegui domar a inflação, dar poder aquisitivo ao povo e criar condições sólidas a um crescimento sustentável ao País.

    Embora tenha feito alianças com certos setores da política em que não me orgulho, fiz em busca da governabilidade, busquei dentro da ética não me contaminar pelo meio podre onde vivi, também pela ética, evitei usar a máquina do Estado para eleger meu sucessor, alguém que com certeza seria do meu partido, pois a continuidade do processo iniciado era e é importante, talvez tenha sido uma decisão errada, mas prevaleceu o sentimento ético.

    Tive uma excelente esposa, que ao meu lado, colaborando a cada dia, me carregava de energia positiva para enfrentar as adversidades do dia-a-dia.

    Hoje presido um instituto que leva meu nome, onde procuro promover palestras, encontros e debates sobre a sociedade, economia e política.

    Sou humano e também cometi meus erros.

    É isto que apresento sobre minha vida.

    São Pedro – Muito bem filho, assim como todos os que procuram fazer o que é correto, tome o seu lugar de direito, irás para o Céu, onde aguardarás o parecer final de Deus.

    Nisto chega Lula, também falecido e busca junto a São Pedro as informações de como chegar ao Céu, para ficar mais real, pensem no diálogo do Lula com a voz de pato rouco.

    Lula – Companheiro São Pedro, onde posso assumir meu lugar aqui no Céu?

    São Pedro – Calma meu filho, não é bem assim, você deve primeiro justificar o seu merecimento a um lugar aqui no Céu, conte-me sobre você e após isto lhe encaminho ao responsável.

    Lula – Companheiro São Pedro, contar a história da minha vida é fácil, vamos lá.
    No inicio era o verbo, e o verbo estava comigo e o verbo era eu.

    São Pedro, cai na risada e manda o fanfarrão direto pro caldeirão do rabudo.

  111. lev

    -

    22/02/2011 às 21:17

    Conseguirá o Capitão Metalúrgico(inimigo mortal do Capitão América)salvar seu amigo/líder Kadafi? Conseguirá o Capitão Metalúrgico salvar seu amigo/irmão Ahmadinejad? A tarefa é árdua e mesmo ele sendo dotado de super-super-super-super-poderes talvez tenha que pedir ajuda ao seu mais fidelíssimo escudeiro, o quase herói Célio Moringa.
    Não percam os próximos capítulos de: ” Capitão Metalúrgico e Seus Amigos Aloprados”

  112. MARCELO PALHANO

    -

    22/02/2011 às 21:07

    Recomendo aos leitores…

    Recomende aos leitores de blogs estatizados, milicianopalhano.

  113. José Antonio

    -

    22/02/2011 às 20:59

    Quem sabe Chaves seja o próxiomo(…)

  114. Tchelo

    -

    22/02/2011 às 20:44

    Muito engraçado o final.
    Ri muito. O pior é que pode acontecer….

  115. Juliana

    -

    22/02/2011 às 20:42

    Esse analfabeto enoja toda a humanidade. Infeliz de nosso povo que entronizou essa aberração.

  116. Leopoldo Dogher

    -

    22/02/2011 às 20:30

    Concordo plenamente.
    Lula não é “o cara”?
    Não é amigão do Kadafi? Ou agora deixou de ser?
    Acho até que “o cara” deveria se oferecer pra ir lá e resolver a parada. Ou toda aquela valentia de outrora acabou de repente?

  117. Vera

    -

    22/02/2011 às 20:13

    Acompnhando este caso, noto a preocupação da Queiroz Galvão com seus funcionários. Já fretou um avião, reuniu todos em um hotel e só está esperando o LuladaSilva acordar,parar de tomar o “mé” e dar a cara a bater (o que duvido) e pedir ao esticado irmão e amigo permissão para que seus compatriotas retornem ao Brasil. Que é que vc está esperando AMIGÂO DO HOMEM, levante o traseiro da poltrona e faça alguma coisa. Vc e o GRANDE LIDER, se entendem.

  118. Cws Multiradio

    -

    22/02/2011 às 20:12

    O SILENCIO MORTAL DO GOVERNO BRASILEIRO NA LIBIA,EGITO…PORQUE SERIA???Seria porque O Vagabundo Cachaceiro,chamou um dia o ditador Líbio Khadafi de “MEU IRMÃO,MEU AMIGO”??…Tinha que ser asneira dita por um èbrio,um sujeito doente,que simplesmente viveu e vive de ufanismo,que não tinha e tem a menor vergonha na cara de falar tanta besteira junta..Incompatível com um chefe de Estado..E o Brasil?Não fala Nada?Fala aí “democrata” Dilma Roussef…dignissima sra. presidentE (e assim que se escreve,viu cambada de Antas,assessoria de bosta)..O Brasil quer saber sua posição..a posição de um país livre…FALA AÍ PLANALTO…Ou será que vão enfiar a viola no saco,somente para poupar o Vagabundo Velhaco pelas milhares de besteiras constragedoras ditas pelo mundo afora..possivelmente ditas e movidas por alcool 36º..

  119. G. Carvalho

    -

    22/02/2011 às 20:12

    Reconheço, Augusto, que meu comentário pode estar fora de foco, mas onde publicá-lo, se me fecham a porta aqui? O tunisiano Ben Ali acha-se na Arábia Saudita, aparentemente em coma. Em cama permanecem Ali Babá e seus 40 comensais, esperando por Godot, enquanto aguardam julgamento. Inspirado pela cana, continua Ali Bebum à procura de Gagá Khan. Em cana somente entraram até agora uns poucos ministros e policiais do Egito. Em Benghasi, o porta voz dos rebeldes referiu-se ao martirizado Kaddafi como muar, certamente um erro de transcrição.

  120. carlos nascimento

    -

    22/02/2011 às 20:08

    O tempo, sempre êle, continua sendo o Senhor das soluções, por nos ter oferecido essa sabedoria é que admiro os pensamentos do grande pensador Confúcio.
    Nada tão esclarecedor quanto à foto aqui postada, o apedeuta brasileiro fazendo “loas” ao ditador Kadafi, aqui parecendo uma simbiose de Reginaldo Rossi, Caubi Peixoto e Vanderlei Luxemburgo – com todo o respeito – o tempo se encarregou de desmascarar os dois FARSANTES, um animador de palanques e rei do engodo, o outro, o ditador sanguinário, já enloquecido, disparando contra o povo indefeso. Espero que os Tribunais enquadrem esse valentão, o massacre é crime contra a Humanidade, é hora dos EUA colocar à mão nesse ditadorzinho de quinta.
    Quanto ao molusco, aprenda, a mentira tem perna curta, os castelos de areia estão ruindo rapidamente.

  121. gaúcha indignada

    -

    22/02/2011 às 20:00

    Vamos lançar uma campanha: Luis 51 pega um avião, urgente, e vai para a Líbia, ajudar o teu amigão.

  122. Jonas

    -

    22/02/2011 às 19:55

    Concordo com a gaúcha indignada abaixo, mas creio que ultrapassam os 56%.”Uma sociedade de carneiros acaba por gerar um governo de lobos”.

  123. terceira via

    -

    22/02/2011 às 19:53

    não tem ai nem um “Jornalista” com culhões roxos para ir atrás do esponja ainda não dezencarnado e pedir a ele o que ele acha da situação??? Talvez ele queira fazer uma comparação com o Brasil, como fez com Cuba?????

  124. Liberacce

    -

    22/02/2011 às 19:49

    Sinceramente, gostaria que alguém – o colunista ou algum integrante do timaço de comentaristas – me explicasse a diferença entre a Líbia e o Maranhão, por exemplo, excetuado o índice de Desenvolvimento Humano (muito superior na Líbia – 0.755 x 0.683 MA).
    Uma pista: na Líbia, quem paga/pagava a festa são os líbios; no Maranhão, quem banca a Famiglia não são os maranhenses, que no geral não tem nenhum, mas todos os brasileiros.
    Logo, muito apropriada a pergunta de Lilian das 19:12.

  125. Siará Grande

    -

    22/02/2011 às 19:42

    Talvez agora Você consiga entender porque o economista Marcelo Neri comparou o exLulla ao Mandela, caro Augusto. Estadistas com a sapiência e a clarividência do exLulla são raros, muito raros.

  126. GUARARAPES

    -

    22/02/2011 às 19:39

    O Molusco Idiota deveria ir até a Líbia junto com aquele outro mais idiota indio da Bolivia da foto e pedir para o Kadafi cair fora….Sabem o que eles levariam…

  127. gaúcha indignada

    -

    22/02/2011 às 19:38

    Caro Augusto, a foto acima diz tudo. Mas o falecido 51 está MUDO, ele só diz ou faz alguma coisa quando é para tirar “partido” dos idiotas (56%). No momento atual finge que está morto. E os brasileiros na Líbia, correndo todo o tipo de risco. CADÊ O CARA???? De pau, é lógico.

  128. Mariazinha

    -

    22/02/2011 às 19:36

    A múmia do Kadafi está com a cara do Cauby Peixoto, credo! Vocês que são espertos me respondam, quem é que pinta o cabelo do kadafi? Todo o ditador é fã das tinturas da L’Oreal?

  129. AEduardo

    -

    22/02/2011 às 19:36

    Augusto,
    Informe-nos com urgência em que situação está aquele
    apartamento do Guarujá comprado pela assombração!
    Vamos que haja uma necessidade urgente…
    Faz de bobo não. É trocar o Mediterrâneo pelo Atlântico. O pre sal a gente dá um jeito de cercar
    se houver algum medo de assalto!
    Duvido que apareça algum líbio por aqui. É sem dúvida o lugar mais seguro que podemos oferecer!
    Dá um toque aí no Bancoop para agilizar o término
    da obra, meu irmão.Questão importante de segurança
    de amigos do peito. Por eles a gente faz até um
    sacrificio, né não?

  130. flavio

    -

    22/02/2011 às 19:24

    quem sabe uma troca. Kadafi liberta os brasileiros e lula vai em troca.

  131. Lilian

    -

    22/02/2011 às 19:12

    DITADORES EM QUEDA QUAL SERÁ O PRÓXIMO?
    http://www.youtube.com/watch?v=dvzy3ky1TMs

  132. Paulo Bomfim

    -

    22/02/2011 às 19:12

    Augusto, me perdoe sair do assunto do post mais uma vez, mas temos de achar uma forma de homenagear Jarbas Vasconcelos. Meu Deus, o homem é o único que tem coragem de colocar a mão na ferida e dizer o que tem de ser dito. Agora, há pouco, olhando nos olhos de Sarney, disse que a Madre Superiora fez uma artimanha para impedir o debate no Senado, sobre o salário mínimo. Olhou nos olhos e apontou.
    Se não pudermos homenageá-lo, pelo menos tentemos coibir (isso mesmo) os outros a agir com um décimo de sua coragem.
    Abração.

  133. O Chefe do MENSALÃO e os 40 LADRÕES

    -

    22/02/2011 às 19:10

    … Qual a diferença de um Kadafi para um lula ????
    É que kadafi já está a 40 anos no phoder e lula ainda só tem 12 (se a diuma não renunciar, é claro)………

  134. Julio Mad

    -

    22/02/2011 às 19:10

    Quero ver o molusco protegendo o amigo-irmão, servindo de escudo humano e cantando: voce, meu amigo de fé, meu irmão, meu camarada…

  135. Markito-Pi

    -

    22/02/2011 às 19:07

    Obrigado, Nunes, pelo brilho e elegancia de teu texto. E pela finesse da análise. Não sou tão esperançoso, entretanto. Kadafi, como bom beduíno, está c…ndo e andando( o que é uma posição desconfortabilíssima..)para este panaca de barba branca que está na foto, assim como para este figurante de programa de auditório na TV para aquele outro que aparece em segundo plano. Irrelevancia é o nome destes dois ….

  136. Junior_Basso

    -

    22/02/2011 às 19:05

    A relaçao Brasil/Líbia começou nos anos 70. Parou por um bom tempo (pelos atentados e sançoes da ONU) e com o FHC recomeçou as relacoes políticas.
    Blair, BUsh, Franca…todos estes países tinham uma boa relacao com Líbia, pelas riquezas de de petróleo e gas natural. Nao foi só o Lula. Sem esquecer de Iraque, Egito entre outros que tem e tiveram apoio de várias nacoes. Harmonia para todos.

  137. costa

    -

    22/02/2011 às 19:04

    E agora LULLLLLa, o que vc vai dizer em casa?

  138. Luiz Carlos(BLC)

    -

    22/02/2011 às 19:02

    A legenda para essa foto deveria ser: o bandido e o ignorante. Nada me dá mais nojo e repulsa do que um tirano afirmar: daqui não saio! O que pensam essas bestas? Porque não aceitam os desejos da população, será que não são legítimos esses desejos?
    O que falta para que esses arremedos de seres humanos desapareçam da face da terra?

  139. mpp

    -

    22/02/2011 às 18:58

    LULA PODE tudo… afinal, que ex-presidente brasileiro tem tanta credibilidade, reconhecimento, respeito e, consequentemente, PODER no mundo?

  140. Lilian

    -

    22/02/2011 às 18:57

    Enquanto o Governo americano utiliza o twitter através do @TravelGov para retirar os seus cidadãos da Líbia. O Brasil está “tentando uma saída pacifica”. Os PeTelecos acham ruim comparar o Brasil com os Estados Unidos, mas não tem comparação!
    Lula deveria ir pessoalmente à Líbia, afinal: amigo é amigo, FDP é FDP.

  141. cadu

    -

    22/02/2011 às 18:47

    Podiam mandar o Celso Amorim, fantasiado de Odalisca, pra negociar com o carniceiro Kadafi.

  142. lucia

    -

    22/02/2011 às 18:44

    Levem o Lula para a Embaixada brasileira na Líbia e digam aos revoltosos que ele é amigo de Kadaffi!

    E está querendo hospedá-lo em sua casa no Brasil.

  143. lucia

    -

    22/02/2011 às 18:39

    Por que não ficar hospedado na casa do Lula?

  144. CW

    -

    22/02/2011 às 18:36

    Da esquerda para a direita: Moe Howard, Curly Howard e Larry Fine.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados