Blogs e Colunistas

14/05/2012

às 18:58 \ Direto ao Ponto

O farsante escorraçado da Presidência acha que o bandido vai prender o xerife

Vinte anos depois de escorraçado do cargo que desonrou, o primeiro presidente brasileiro que escapou do impeachment pelo porão da renúncia reafirmou, nesta segunda-feira, a disposição de engrossar o prontuário com outra façanha sem precedentes. Primeiro chefe de governo a confiscar a poupança dos brasileiros, o agora senador Fernando Collor, destaque do PTB na bancada do cangaço, quer confiscar a lógica, expropriar os fatos, transformar a CPMI do Cachoeira em órgão de repressão à imprensa independente e, no fim do filme, tornar-se também o primeiro bandido a prender o xerife.

Forçado a abandonar a Casa Branca em 1974, tangido pelas patifarias reveladas pelo Caso Watergate, o presidente Richard Nixon passou os anos seguintes murmurando, em vão, que não era um escroque. Perto do que faria a versão alagoana, o que fizera o original americano não garantiria a Nixon mais que a patente de trombadinha. Como isto é o Brasil, Collor não só se negou a pedir desculpas como deu de exigir que o país lhe peça perdão por ter expulso do Planalto um chefe de bando. Foi o que fez no discurso de estreia que colocou de joelhos os demais pensionistas da Casa do Espanto (leia o post reproduzido na seção Vale Reprise).

Neste outono, excitado com a instauração da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito destinada a apurar bandalheiras praticadas por Carlos Cachoeira e seus asseclas, o farsante sem remédio decidiu enxergar na CPMI as iniciais de um Comitê de Pilantras Magoados com a Imprensa. Caso aparecesse no Capitólio em busca de vingança contra o jornal The Washington Post ou a revista Time, Nixon seria, na mais branda das hipóteses, transferido sem escalas para uma clínica psiquiátrica. Nestes trêfegos trópicos, um serial killer da verdade articula manobras liberticidas com a pose de pai da pátria em perigo ─ e com o apoio militante de inimigos do século passado.

José Dirceu, por exemplo, embarcou imediatamente no navio corsário condenado ao naufrágio ─ ansioso por incluir entre os alvos da ofensiva a Procuradoria Geral da República. E Lula, claro, estendeu a mão solidária para reiterar que os dois ex-presidentes nasceram um para o outro. Em 1993, como se ouve no áudio reprisado pela seção História em Imagens, a metamorfose ambulante endossou, sempre em português de botequim, a opinião nacional sobre a farsa desmontada pouco antes: “Lamentavelmente a ganância, a vontade de roubar, a vontade de praticar corrupção, fez com que o Collor jogasse o sonho de milhões e milhões por terra”, disse Lula, caprichando na pose de doutor em ética. “Deve haver qualquer sintoma de debilidade no funcionamento do cérebro do Collor”.

O parecer foi revogado por Lula, mas segue em vigor no país que presta. Entre os brasileiros decentes, a cotação do ex-presidente é mesma estabelecida em 1992: zero. Há quase 20 anos, Collor não vale nada.

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado

229 Comentários

  • Patrícia de Sampa

    -

    12/11/2013 às 3:26

    Nem o Lula, que eu saiba!!!

  • Nivaldo

    -

    11/11/2013 às 2:10

    O que esse povo tem na cabeça? Votar em Sarney, Lula, Collor, Renan, é continuar uma história de erros, reeleição é direito de mentira deles, de afundar a moral. Reeleição não é para que fique um bom candidato, que não existe, é so para que a mentira continue, pois acharam uma grande parte no cerebro do eleitor que é vaga, e se esse cidadão candidatar-se, terá votos sim, não largam o osso nunca, e o eleitor está lapara confirmar a mentira.
    Duas coisas que iludem esse povo: reeleição e voto obrigatório, a doação de campanha é voto comprado pelos grandes bancos e empresas. E votarão nesse cara!

  • miguel

    -

    10/11/2013 às 18:37

    A podridão moral é o comportamento padrão dos petralhas.

  • Francisco D.V.Filho

    -

    10/11/2013 às 0:15

    Se a maioria dos brasileiros fossem conscientizados politicamente já teriam escorraçado da política brasileira esse sujeito hipócrita, cínico, inescrupuloso e ganancioso. Lula e seus cúmplices só pensam no poder; não têm projeto para o País, apenas para o poder eterno do PT. E, em cumplicidade com Sarney, Maluf, Calheiros e Collor de Mello, liquidam as chances da oposição. Para cada apoio no Congresso desmoralizado, eles criam um ministério. A presidente Dilma não sabe decidir nada de importante sem consultar o Lula, visto os protestos de Junho. E eles estão fazendo o que querem em nome do Brasil: doam nosso dinheiro ao Eike, aos irmãos Castros de Cuba; a Bolívia, Angola, etc; rasgam nossos impostos nos cartões corporativos. O Brasil está uma zorra: bateu recorde em homicídios, assaltos; explosão de caixas eletrônicos. A bandidagem comum veem o poder político se corrompendo dia após dia, e aí estão botando pra quebrar. Mensaleiros ROUBARAM milhões dos cofres públicos e tá todo mundo solto. E haja embargo infringente. O povo não pode mais protestar, pq os black blocos resolveram dar uma mãozinha aos políticos desmoralizados. O Brasil corre perigo, pois Lula já disse que para ficar no poder,faz aliança até com Judas; e a Presidente Dilma, sua aluna aplicada, em discurso no Nordeste, diz que “quando se trata de eleição, é capaz de fazer o diabo”. Com gente com essa caráter doentio no comando, só podemos esperar o pior. Que Deus todo poderoso nos socorra!

  • wilsonrodrigues de oliveira

    -

    9/11/2013 às 12:16

    foi bom ele esteve la e continua com a dilmes nosso retrosseco e inespricavelpake um nada pake dois nada vamos ver o paki trez ????1 mihhao da minha casa minha vida ?nada o segundo dois mihhoes de casas nada o terceiro a promessa sera de tres mihh0es de casas ???da para acreditar vamos ver o que a mae dina vai dizesr ?????????isto e inacreditavel???

  • BrBr

    -

    8/11/2013 às 16:50

    Não vou enumerar os políticos e os Estados de origem. Os BRASILEIROS devem assumir a responsabilidade pela colocação desses sociopatas no poder durante as eleições. Não se deve recorrer a sentimentos separatistas que formam nossa História e ficar responsabilizando Alagoas, Maranhão ou qualquer outro Estado. Continuaremos a marcar passo.
    Não nasci no Nordeste mas isso não tem importância. Sou Brasileira!

  • BrBr

    -

    8/11/2013 às 16:48

    Não vou enumerar os políticos e os Estados de origem. Os BRASILEIROS devem assumir a responsabilidade pela colocação desses sociopatas no poder nas eleições. Não se deve recorrer a sentimentos separatista que formam nossa História e ficar responsabilizando Alagoas, Maranhão ou qualquer outro Estado. Continuaremos a marcar passo.
    Não nasci no Nordeste mas isso não tem importância. Sou Brasileira!

  • Caio Lima - A QUEM LULA SE REFERIA COM SEU DISCURSO DE BOTEQUIM?

    -

    8/11/2013 às 10:18

    .
    E disse Lula, do alto de sua etílica sabedoria: ““Lamentavelmente a ganância, a vontade de roubar, a vontade de praticar corrupção, fez com que o Collor jogasse o sonho de milhões e milhões por terra”, disse Lula, caprichando na pose de doutor em ética.””
    .
    ESTAVA ELE SE REFERINDO, ALÉM DE COLLOR, TAMBÉM A SI MESMO?

  • Osvaldo Aires Bade Comentários Bem Roubados na "Socialização" - Estou entre os 80 milhões

    -

    8/11/2013 às 3:12

    Ganhamos mais uma – parabéns!
    Abração a Todos

  • Dulce Regina

    -

    8/11/2013 às 1:03

    Fiquei até esta hora me divertindo, lendo os comentários e os “foras” aos milicianos. Elles sumiram, não ? De tanto rabo de arraia, que levaram . Excelente o testemunho do Oliver – 15/05/12- 11.03H. Muitas pessoas passaram por momentos terriveis. Acredito que elle é eleito, pelo voto de ” cabresto “, só pode… Valeu mais uma vez a reprise,e a foto inédita delle sorrindo, aí ao lado. Muito sugestiva. rsrsrs

  • Pampeano

    -

    7/11/2013 às 22:53

    Caro Augusto, nada como um dia após o outro.

    Por que o Collor que adora processar jornalistas, não processou o seu agora coleguinha de maracutaia, o Lula, quando o mesmo o chamou de ladrão e corrupto, conforme o exposto abaixo?

    Entrevista com Lula ao repórter esportivo Milton Neves, em 1993, por ocasião do impeachment do então Presidente Fernando Collor de Mello.

    Milton Neves pergunta:
    “O meu negócio é futebol, o seu negócio é política, é a primeira vez que falo com você lado a lado.
    Mas me diga uma coisa, uma curiosidade que eu tenho:
    -Lula, Luiz Inácio Lula da Silva, você tem pena de Fernando Collor de Mello?”
    Resposta de Lula:
    “-Tenho, eu… não é que eu tenho pena, como ser humano, eu acho que uma pessoa que teve oportunidade que aquele cidadão teve de fazer alguma coisa de bem para o Brasil, um homem que tinha respaldo da grande maioria do povo brasileiro, ou seja, e… ao invés de construir um governo, construiu uma quadrilha como ele construiu, me dá pena porque deve haver qualquer sintoma de debilidade no funcionamento do cérebro do Collor.
    Efetivamente, eu fico com pena porque eu acho que o povo brasileiro esperava que essa pessoa pudesse pelo menos conduzir o país, senão a uma solução definitiva, pelo menos a indícios de soluções para os graves problemas que nós vivemos. Lamentavelmente, a ganância, a vontade de roubar, a vontade de praticar corrupção fez com que Collor jogasse o sonho de milhões e milhões de brasileiros por terra.”

    https://mail.google.com/mail/u/0/?ui=2&ik=2d94358141&view=att&th=142258eaf6c9cc81&attid=0.1&disp=safe&realattid=f03a35e86ea29e68_0.1&zw

  • Arthur

    -

    7/11/2013 às 22:15

    Gostaria de saber quais foram os retardados-comprados mentais que elegeram um elemento-criminoso desses para senador , que votou nesse elemento-criminoso deve adorar viver e comer m*** .

  • carlos nascimento

    -

    7/11/2013 às 21:44

    Eis um legítimo AN, esse é marca registrada, um autentico *Trinitas de 64 anos*.

  • nazareno de jesus lobato de catro

    -

    7/11/2013 às 20:51

    dispensa qualquer comentário.

  • Roberto

    -

    7/11/2013 às 19:45

    Luladrão, Falcão, Gleisi, Genoino, Dirceu e tantos outros quadrilheiros devem ir para cana já. triste país este que obriga pessoas analfabetas ou completamente ignorante ao voto. deve ser facultativo já. voto distrital já. fora pulhas

  • Vicente Lino

    -

    7/11/2013 às 19:33

    O que constata é que o PT escolhe muito bem os seus aliados. São rigorosamente da mesma laia; Lula e Collor, Lula e Maluf, Lula e Sarney, Lula e Barbalho, por aí

  • deonisio@terra.com.br

    -

    7/11/2013 às 14:58

    Grande Augusto, refrigério de almas tristes com a corrupção! Parabéns!

  • silvia savasse

    -

    7/11/2013 às 13:50

    Graças a sujeitos como color lula Sarney renan dilma e o resto da quadrilha, o retrato do brasil é de pura corrupção sem punição, onde o crime compensa. Esse país é , realmente, RIDÍCULO / MEDÍOCRE. Não gosto nem de lembrar que votei nesse CRÁPULA do color, nos demais nunca confiei.

  • Frivollo

    -

    7/11/2013 às 13:41

    Nunca é demais expor à execração pública um elemento decididamente daninho à vida civilizada.
    Ah! Se os políticos honestos e decentes tivessem um palmo da indignação e da competência de nossos melhores colunistas…

  • Ubirajara Menezes

    -

    7/11/2013 às 13:02

    Collor e Lula são as duas faces de uma mesma moeda. Apenas uma distinção: um é burro e posa de intelectual e o outro é sabido e faz questão de ser ignorante.

  • Eduardo Queiroz

    -

    7/11/2013 às 11:00

    Excelente! Traduziu na perfeição a mente maléfica deste bandido… parabéns Augusto!

  • toninho Malvadeza

    -

    7/11/2013 às 10:58

    Augusto,o CARCARÁ SANGUINOLENTO perdeu de novo a ação e pela SEXTA VEZ ??? Ahahahahahahahahahah…

  • Clayton Moreira

    -

    7/11/2013 às 0:21

    Tipinho, hein?

  • Tuco

    -

    6/11/2013 às 22:07

    .
    .
    .
    Perfeitíssmo, Grande ANunes! Lapidar!
    No entanto, de tão bom, pode ainda
    melhorar! Humildemente agrego que, em
    vista do Collor não valer nada, como
    temos de classificar o povo-bunda que
    o alça a um cargo público?
    Quero crer que o povinho de merda vale
    ainda menos que ele – se isso for possível!
    .
    .
    .

  • Ebaggio

    -

    6/11/2013 às 20:50

    O Lula reeditou a política suja dos anos 50 e resgatou políticos delinquentes. Para os homens de bem, para os bem intencionados, este é um dos piores momentos para se viver no país, tendo que conviver com essas figuras, aceitá-las e ainda arcar com os impostos para mantê-las. Terrível.

  • Anna L.

    -

    6/11/2013 às 19:19

    Augusto,
    Penso que vale a pena dar maior visibilidade a este post, sem limitá-lo a um link.
    Considere reprisá-lo na “first page”.

  • Cristiano

    -

    18/11/2012 às 12:57

    Nenhuma imagem me deu tanto prazer de ver, quanto aquela transmitida ao vivo para todo Brasil , do Fernandinho do pó sendo chotado para fora do Planalto e o povo gritando.. revista ele , revista ele… Pobre eleitor das Alagoas que ainda trouxe esse energúmero de volta á política e nos faz ter vergonha da política. Figuras exóticas como essa e o Mula nos faz pensar .. será que valeu à pena ter conquistado o direito ao voto direto ? Depois dessa conquista tivemos Color , Mula e agora Dilma, a glamorização da mediocridade. êta Brasilzinho capenga ..

  • Luiz Henrique Potiens

    -

    16/11/2012 às 16:42

    Graças a Deus,naquela fatídica eleição,eu morava em Campinas, meu titulo de eleitor era de Botucatu e meu sogro morava em São Paulo e eu resolvi lhe fazer uma visitinha e não botei meu dedinho na urna para eleger nenhum dos dois. Sou virgem,nunca votei em nehum candidato a qualquer cargo que tivesse um candido Pentelhista e nunca votarei,nem que o dito cujo seja Unicampista e concorra a qualquer modalidade do Premio Nobel.

  • José Geraldo Coelho

    -

    16/11/2012 às 14:09

    Foi através do Collor que o brasileiro ficou sabendo que o Zé Sarney se chama “Zé de Ribamar”, ou coisa parecida.

  • Antonio Durão

    -

    16/11/2012 às 1:33

    Essa pústula ainda existe???

  • fpenin

    -

    15/11/2012 às 21:17

    O falso profeta, que se autointitulou “o caçador de marajás”, está no centro de polêmica que não leva a lugar algum.Fernando Affonso Collor de Mello, com todas essas letras dobradas, nasceu em 10 de agosto de 1949.Em plena terceira idade, já deveria ter tomado juízo, mas não o fez. Qual a polêmica? Digo já: o surrupiador da poupança dos cidadãos decentes nasceu no Rio de Janeiro, sendo portanto CARIOCA.Quem o colocou no cargo de presidente foram milhões de babacas, entre eles EU. Se arrependimento matasse…Para consolo dos meus irmãos alagoanos: Fernado Collor não é alagoano. PONTO.

  • Marco Felix

    -

    15/11/2012 às 20:46

    Meu caro Gilson (um pouco abaixo) está certissimo,ele foi tupiniquim a maioria o colocou lá, mas agora o dito voltou só alagoano, mas mesmo assim a responssabilidade é de todos pois a memoria como se sabe não aguenta muitos feriados e a educação (escolar) já sabe.

  • fpenin

    -

    15/11/2012 às 11:50

    Ou, na versão de Eliana Calmon: Zorro prendendo Garcia, o sargento…

  • Gilson

    -

    15/11/2012 às 0:36

    Só não gostei do termo “Versão Alagoana” adotado no texto. Como se assim, livrássemos do peso de termos eleito ele para Presidente, afinal não foi só os votos de grande maioria dos Alagoanos que o elegeu!
    Vamos fazer o seguinte: Por que não chamá-lo de versão Tupiniquim. Sim, a final de contas, não é rotulando ele de Alagoano, que vamos nos livrar das nossas culpas do passado.
    Abraço!

  • GPAULO

    -

    14/11/2012 às 19:34

    Com o maximo respeito que lhe tenho, é de bom alvitre lembrar que COLLOR, não cometeu nenhum crime que lhes imputaram, se assim não fosse não poderia ter sido absolvido da forma que foi pelo STF em mais de seis dezenas de delitos que lhe imputaram A historia revelará com mais exatidão, que o poder legislativo eivado de mensaleiros pagos não por um Valério a epoca, é que resolveram destitui-lo, não fazendo o mesmo com o chefe da quadrilha que ainda não respondeu pelas falcatruas e maracutaias que chefiou. Não se poderia viver com uma inflação beirando os 100% e se o choque foi pesado não partiu só dele, mais sim de uma comissão que até o Simonsen participara.

  • conceicao

    -

    14/11/2012 às 14:27

    SERÁ QUAL DOS DOIS, ROUBARAM E METIRAM MAIS? E QUAL DOS DOIS, SE LEMBRA MAIS DAS OFENSAS, OLHANDO NOS OLHOS UM DO OUTRO? LULA E COLLOR VOCÊS SÃO FARINHA DO MESMO SACO! EMQUANTO COLLOR SAIU, TRISTE, LULA SORRIA! HOJE COLLOR COME NAS MAOS DO LULADRÃO!!UMA BOA TARDE AUGUSTO.

  • Dulce Regina

    -

    13/11/2012 às 20:44

    Depois de passar varias vezes por esta figura insana, que ilustra o “vale reprise”, foi que me dei conta que a foto e d’ aquelle que dizia ter aquilo roxo…que cara, hein ?Como vc diz, -Chamem os enfermeiros! Seu texto, como sempre esta fantástico!

  • Julio-Curitiba

    -

    13/11/2012 às 16:41

    É por isso que ele dizia que tinha aquilo roxo ?

  • JONY

    -

    13/11/2012 às 11:43

    Collor la tem moral pra acusar quem? Omegalomaniaco deve estar abusando dos supositorios!!!! Alguem que vale menos do que o que um gato enterra na areia, agora resolveu acusar? Hummm, e certamente esta sendo apoiado pela QUADRILHA DA SEITA VERMELHA, sem duvida!
    Com o passar do tempo, e com varias mascaras caidas, os iguais finalmente se encontram e se abraçam, como Malluf, Lulla, Collor, Dirceu, e demais bandidos, numa foto que deve ficar no museu de horrores pra posteridade.

  • JUSCELINO

    -

    13/11/2012 às 10:57

    desde que comecei a acessar o blog nunca pintou tanta ratazana defendendo os chefes de esgoto não está no gibí. o que aconteceu? será encontraram alguma saída sem lacre?

  • razumikhin

    -

    13/11/2012 às 8:25

    Aprendiz de petista. Projeto mal-feito de José Dirceu. Senador da República pelo menor e mais mais violento estado brasileiro. Fiel àquelas fileiras, dizem..

  • jp

    -

    13/11/2012 às 1:13

    O Brasil, definitivamente não merecia ter tido os
    ESCREMENTOS José Sarney, Fernando Color e Luiz Iná-
    cio Lula ABELHA ALOPRADO da Silva, como ex-presi-
    dentes, nenhum dos tres vale uma pataca. Fernando Color, que segundo o irmão Pedro (falecido), usava
    supositório de cocaína, em razão de problemas no nariz causado pelo uso excessivo da droga, um país
    que teve um presidente desse, é um pais de futuro duvidoso.
    Esse DELINQUENTE deveria ser internado e com urgên-
    cia em uma clínica para trataamento de viciados.

  • Charles

    -

    13/11/2012 às 0:30

    Collor vai passar por essa existencia terrena e vai retornar ao mundo dos espiritos com um carma ainda maior. Ou seja, continua sendo lixo humano.

  • Sylvio Haas

    -

    13/11/2012 às 0:23

    A única pessoa capaz de dar um jeito no Congresso é Quentin Tarantino.

  • Ronaldo

    -

    12/11/2012 às 23:56

    Como se diz por aí: tem gente que não vale o que gato enterra!

  • Adilton

    -

    12/11/2012 às 21:43

    É muita cara de pau de Collor, o mal que essa criatura infeliz infligiu aos brasileiros com o confisco da poupança, arrasou com a vida de milhões de pessoas. Não deveria ter sido eleito nem para síndico de prédio.

  • Ivanildo Ferreira Alves

    -

    12/11/2012 às 21:34

    O ex-presidente Collor finge que é ingênuo para ocultaqr sua esperteza: Elle é odiado pelo PT de Lulla, mas faz de conta que não sabe. E odeia o PT, partido responsável por sua queda quando o partido da estrelinha vermelha ainda conhecia a palavra ética,mas dá a impressão que em breve irá filiar-se ao partido do mensalão.

  • caio portella

    -

    12/11/2012 às 20:23

    Continua sendo um bandido,daqueles bandidos brabos,de quadrilha de pilantras juramentados…principalmente agora,assessorado e tendo como parceiro de punguismo qualificado,um outro bandido sem vergonha,um tal de Lula da Silva,o maior vagabundo ainda vivo na era moderna brasileira….

  • carlos nascimento

    -

    12/11/2012 às 19:11

    AN,
    A sorte dele à época é que não tinha no STF, um HERÓI como JB.

  • Fernando

    -

    22/5/2012 às 2:14

    O que mais me impressiona no Collor é que ele não mudou NADA nesses 20 anos. Continua com o mesmo olhar de louco, o mesmo dedo em riste, o mesmo lixo de sempre.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados