Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Volkswagen anuncia investimento de R$ 9 bilhões no Brasil até 2028

Montadora alemã disse que irá lançar 16 novos modelos de veículos até 2028, como uma nova pick-up e outros com motores híbridos

Por Larissa Quintino
Atualizado em 2 fev 2024, 10h06 - Publicado em 2 fev 2024, 09h12

Depois da General Motors, foi a vez da Volkswagen anunciar investimentos bilionários no país. A montadora alemã afirmou nesta sexta-feira, 2, que pretende investir 9 bilhões de reais em recursos novos no Brasil nos próximos quatro anos. Segundo a empresa, esse novo ciclo de investimentos se soma a outro iniciado em 2022 e, com isso, a empresa totalizará 16 bilhões de reais aportados no Brasil nos próximos cinco anos.

De acordo com o anúncio, a companhia irá lançar 16 novos veículos no Brasil até 2028, entre eles modelos focados na transição energética, como híbridos e 100% elétricos. No primeiro momento, os investimentos se voltam à quatro novos veículos híbridos, entre eles uma pick-up, que serão desenvolvidos nas quatro plantas da empresa no Brasil. “No primeiro momento, o novo aporte já contempla o desenvolvimento e a produção de projetos inovadores e com foco em descarbonização para as 4 fábricas da Volkswagen do Brasil. Assim, reforçamos o nosso compromisso com o País, com nossos clientes, concessionários, fornecedores e colaboradores”, afirma Ciro Possobom, CEO da Volkswagen do Brasil.

Segundo a Volks, a nova ofensiva de produtos inclui 2 veículos inéditos a serem produzidos na fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP). Na planta São José dos Pinhais (PR) será produzida uma pick-up inédita. A Volkswagen confirma que a pick-up Amarok continuará sendo produzida na fábrica de Pacheco, na Argentina. A unidade da marca em Taubaté (SP) fabricará um automóvel inédito, 100% desenvolvido no Brasil. Ainda de acordo com o anúncio,  a fábrica de motores da Volkswagen do Brasil, em São Carlos (SP), vai produzir um novo motor para modelos híbridos. 

Considerando carros de passeio, a Volks foi líder em vendas ano passado, com 16,9% do mercado frente a 16,1% da Fiat. O T-Cross, da marca alemã, foi o SUV mais vendido no ano passado, com 72 mil unidades.

Continua após a publicidade

Estratégia

O novo ciclo de investimentos no Brasil está relacionado a estratégia global da empresa de descarbonização. Para impulsionar a eletrificação, a Volks afirma que irá trazer ao Brasil os recém-lançados veículos 100% elétricos ID.4 e ID.Buzz (Kombi elétrica), vindos do exterior.

Mercado

Na semana passada, a GM anunciou investimentos de 7 bilhões de reais no país até 2028, um valor 30% menor que no ciclo de investimentos anterior. Segundo a companhia, os recursos serão usados para renovar toda a linha de produtos e modernizar as fábricas. Não houve sinalização sobre qual estratégia a montadora usará para a eletrificação. A GM defende a passagem de veículos a combustão para eletrificados sem passar pelos híbridos.

Há também investimentos no setor automotivo vindos da China. A BYD vai investir 3 bilhões de reais para a construção de três fábricas na Bahia.  Entre os modelos estão o Dolphin, o Yuan Plus e o híbrido Song Plus. A produção deve começar no final de 2024 ou início de 2025.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.