Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Venda de iPhone 5 contribuirá em até 0,5 p.p. para PIB americano

Segundo reportagem do Wall Stree Journal, o banco J.P. Morgan projeção leva em consideração venda de 8 milhões de aparelhos no 3º trimestre

Por Da Redação 10 set 2012, 19h11

As vendas do iPhone 5, que deve ser lançado pela Apple esta semana, podem acrescentar entre 0,25 ponto percentual (p.p.) a 0,5 p.p. ao Produto Interno Bruto (PIB) anualizado dos Estados Unidos no quarto trimestre do ano, segundo relatório do banco J.P. Morgan. A informação foi publicada pelo Wall Street Journal nesta segunda-feira. O banco projeta expansão de 1,37% para a economia americana, dado anualizado, no último trimestre de 2012.

O economista Michael Ferolli, do banco, explica que a expectativa é que a Apple venda aproximadamente 8 milhões de unidades de iPhone 5 nos últimos três meses do ano, sendo que cada consumidor paga cerca de 600 dólares no aparelho. Contando que desse valor, cerca de 200 dólares são de componentes importados, os 400 dólares restantes por telefone devem entrar no PIB do país. Ele fala ainda que, mesmo que os consumidores não paguem este montante pelo aparelho, por causa dos benefícios que as operadoras de wireless dão, a venda de telefones da companhia vai reportar suas vendas baseadas no preço de loja.

Leia mais:

Economia americana cresce 1,5% no 2º trimestre

Como a Foxconn fabrica iPads e iPhones no Brasil

Três aplicativos para criar gifs animados no iPhone

Empresa chinesa lança cópia do iPhone 5 antes da Apple

Com isso, as vendas do iPhone poderiam aumentar o PIB do país em 3,2 bilhões de dólares ou 12,8 bilhões de dólares em taxas anuais, ou 0,33 p.p. da expansão econômica, em dados anualizados. Ferolli reitera ainda que esse montante pode ser ainda maior, já que essa projeção é a mais baixa entre as que eles fizeram.

Continua após a publicidade
Publicidade