Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tyson Foods lucra 54% menos no 4º trimestre fiscal

Por Gabriela Mello

Springdale – A processadora norte-americana Tyson Foods anunciou hoje um lucro 54% menor no quarto trimestre deste ano fiscal devido ao fraco desempenho do setor de frangos, apesar dos preços maiores e do crescimento do volume de vendas.

No trimestre encerrado em 1º de outubro de 2011, a companhia lucrou US$ 97 milhões, ou US$ 0,26 por ação, bem abaixo de US$ 213 milhões, ou US$ 0,57 por ação, no mesmo período do ano anterior.

O faturamento saltou 13% no período, para US$ 8,4 bilhões. Já a margem bruta caiu de 9% para 4,7%. Analistas consultados pela Thompson Reuters previam lucro de US$ 0,32 por ação sobre receita de US$ 8,2 bilhões.

As vendas da Tyson subiram nos últimos trimestres, conforme a crescente demanda por embarques de carne suína e bovina permitiu ao grupo norte-americano repassar preços maiores.

Mas a empresa previa um prejuízo na unidade de frango no quarto trimestre por causa dos custos elevados dos grãos e do excesso de oferta. A Tyson está reduzindo a sua produção diante de cortes generalizados vistos no setor e também reestruturando as operações, conforme a fraqueza da economia diminui a demanda dos consumidores e as despesas com ração seguem em alta.

O lucro do segmento de carne bovina caiu 2,5% no quarto trimestre. Embora a receita tenha subido 16% no período devido a um salto de 19% nos preços médios, os volumes foram 2,3% mais baixos. A divisão de frangos registrou prejuízo, mas o faturamento teve alta de 9,2%, conforme volumes aumentaram 3,7% e os preços, 5,3%. O setor de suínos lucrou 10% menos, ainda que a receita tenha crescido 14% diante de volumes e preços maiores.

A Tyson prevê que o faturamento anual exceda US$ 34 bilhões, assim como analistas procurados pela Thompson Reuters. Na sexta-feira, os papéis da processadora norte-americana fecharam cotados a US$ 19,45 por ação, acumulando alta de 13% até agora neste ano. As informações são da Dow Jones.