Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Stone Pagamentos levanta US$ 1,2 bilhão em abertura de capital nos EUA

Ações foram lançadas ao preço de 24 dólares; pouco após abertura do mercado, papeis subiram para 30,90 dólares

Por Machado da Costa Atualizado em 25 out 2018, 15h36 - Publicado em 25 out 2018, 12h23

As ações da empresa de meios de pagamentos brasileira Stone, que foram lançadas nesta quinta-feira 25 na bolsa eletrônica Nasdaq, em Nova York, subiram mais de 30% em relação a seu valor na abertura. A companhia havia precificado seus papeis em 24 dólares para a estreia. Os primeiros negócios foram realizados pelo valor de 32 dólares.

A companhia levantou 1,2 bilhão de dólares. Com a alta das ações, ela valia, às 12h20, 3,8 bilhões de dólares.

O mercado não ligou para o vazamento de dados anunciado pela Stone na véspera. A empresa teve de reportar à SEC, a Comissão de Valores Mobiliários americana, que sofreu com vazamento de informações e chantagem.

A própria Stone enviou um documento à SEC contando o caso. “Em 23 de outubro de 2018, percebemos que um indivíduo ou indivíduos divulgaram partes de códigos-fonte não materiais do software usado no sistema PSP Pagar.me e na plataforma Stone Pagamentos. […] Conectado à publicação inicial, recebemos a demanda por dinheiro e continuamos a receber essas demandas para evitar uma divulgação adicional”, diz a nota.

A companhia brasileira chamou a atenção de grandes investidores internacionais, como o magnata Warren Buffett, da holding de investimentos Berkshire Hathaway, e a Ant Financial, subsidiária de meios de pagamentos da chinesa Alibaba.

A Stone foi fundada por André Street e Eduardo Pontes em 2013, e seguiu o mesmo caminho de uma concorrente, a PagSeguro, que lançou suas ações apenas nos Estados Unidos. A PagSeguro, que no primeiro dia viu suas ações valorizarem 36%, atualmente, é avaliada em 9,7 bilhões de dólares.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês