Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rede japonesa Miniso se prepara para abrir franquias no Brasil

Para ter uma franquia da Miniso será necessário fazer um investimento de 1,5 milhão de reais a 2 milhões de reais

A rede japonesa de Miniso pretende abrir franquias no Brasil. A empresa desembarcou no país em setembro do ano passado, causando alvoroço entre consumidores e filas nas portas das lojas. Hoje, já conta com 15 unidades próprias em São Paulo.

O maior atrativo são os preços baixos e a grande variedade de produtos – a rede vende desde produtos para casa até itens de papelaria, acessórios e vestuário. O plano da Miniso é fechar o ano com 20 lojas próprias.

“Nossa expectativa é chegar a 100 lojas no Brasil até o final de 2018, contando as unidades já inauguradas no ano passado. A previsão é expandir nas regiões Sul e Sudeste do país”, disse Frank Wei, presidente da Miniso no Brasil.

Além das lojas próprias, a rede também vai passar a trabalhar com franquias. Para ter uma franquia da Miniso será necessário fazer um investimento de 1,5 milhão de reais a 2 milhões de reais. Segundo a empresa, a perspectiva de retorno é inferior a três anos.

“Acreditamos que por meio do modelo de franquias, conseguiremos acelerar o desenvolvimento da marca no mercado brasileiro e, para isso, teremos três diferentes tipos de modelo de negócios projetados para os investidores”, afirma Wei.

A Miniso também pretende expandir suas operações para a América Latina. “Temos a previsão de abrir lojas na Argentina, Chile, Peru e Colômbia neste ano. Mas, a velocidade das inaugurações não será igual ao do Brasil e o número de lojas será menor”, diz o presidente da Miniso.

Rival da rede Daiso, as duas redes fazem sucesso por vender uma grande quantidade de produtos com preço abaixo de 10 reais. Esse formato é popular no Japão e assemelha-se às antigas lojas de 1,99 reais. No Japão, as lojas costumam vender tudo por uma moedinha de 100 ienes.