Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Receita barra passageiro com 246 iPhones; saiba quantos você pode trazer

Todos os aparelhos foram apreendidos e o passageiro foi encaminhado para a Polícia Federal - ele deve responder pelo crime de descaminho

Por Redação
Atualizado em 4 jun 2024, 17h50 - Publicado em 2 ago 2018, 19h43

Viajar para os Estados Unidos é sempre uma oportunidade para trazer na mala produtos que custam mais barato lá do que no Brasil. A tentação de ultrapassar o limite pessoal de importação de 500 dólares é grande – deve-se pagar 50% de imposto sobre o que exceder. Algumas pessoas se arriscam demais enquanto outras simplesmente tentam fraudar a cota. Esse é o caso de um passageiro flagrado nesta quinta-feira pela fiscalização da Receita Federal no aeroporto de Guarulhos. Ele trazia 246 iPhones na mala.

Ao chegar do exterior, os viajantes têm duas opções: pegar a fila de quem tem bens a declarar ou de quem não tem nada a declarar. O viajante, que trazia três malas, entrou na fila de não declarantes com 246 iPhones novinhos na bagagem.

Segundo a Receita, todos os aparelhos foram apreendidos e ele foi encaminhado para a Polícia Federal.

Continua após a publicidade

Não são todos os produtos trazidos do exterior que precisam ser declarados. Pelas regras de entrada no país, os viajantes podem trazer bens de uso pessoal, como um relógio, um celular e uma câmera fotográfica, desde que usados.

A especialista em direito aduaneiro Analice Castor de Mattos diz que o passageiro flagrado tentou entrar no país com uma quantidade muito acima do permitido pela Receita. “Fica claro que essa quantidade não é para uso pessoal, e sim para fins comerciais.”

Segundo ela, a pessoa física pode fazer a importação simplificada de itens de até 3.000 dólares, desde que não caracterize fins comerciais, seja pela quantidade ou habitualidade. 

Continua após a publicidade

“A quantidade trazida por esse passageiro pode ser caracterizada como crime de descaminho, quando a pessoa importa sem fazer recolhimento de impostos”, diz a especialista.

Receita apreende 246 iPhones transportados por passageiro em malas (Receita Federal/Divulgação)
Receita apreende 246 iPhones transportados por passageiro em malas (Receita Federal/Divulgação)
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.