Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Carlos Bolsonaro é ‘inimputável’, diz presidente da comissão da reforma

Marcelo Ramos publicou em sua conta em rede social que 'não dá para discutir' com o filho de Bolsonaro

O presidente da Comissão Especial que analisa o texto da reforma da Previdência, Marcelo Ramos (PL-AM), publicou em sua conta no Twitter nesta terça-feira, 25, uma resposta a críticas recebidas do vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho de Jair Bolsonaro (PSL). Ramos disse que não dá para discutir com o político porque ele é “inimputável”. No Twitter, o deputado garantiu que continuará “trabalhando pelo Brasil e pelos brasileiros”.

A resposta veio dois dias depois de Carlos Bolsonaro ter retuitado um vídeo editado de uma entrevista em que Ramos fala sobre a atuação dos parlamentares do centro pela aprovação da reforma da Previdência. “Isolem o PSL. Eles não têm voto para aprovar nada. É desse centro que vai sair que reforma, e em quanto tempo”, diz Ramos em um dos trechos. Na entrevista, também explica que começou sua vida política no PCdoB e diz que tem orgulho de sua trajetória.

Carlos Bolsonaro escreveu, também na rede social, na manhã desta terça-feira, 25, que os “vagabundos do país se uniram contra o governo para tentar torná-lo inviável”. “Os bandidos saem limpinhos e o Brasil volta para as mãos de quem nos saqueou. Se esquecem de muitas coisas”, concluiu.