Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Preço dos smartphones cai a partir do segundo mês após lançamento, mostra estudo

De acordo com pesquisa feita exclusivamente para o site de VEJA, a maioria deles leva três meses até apresentar queda de preço igual ou superior a 10%

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 21h36 - Publicado em 6 abr 2015, 15h58

Um estudo feito exclusivamente para o site de VEJA pelo Zoom, site comparador de preços e produtos que analisou a oscilação de valores dos smartphones após seus lançamentos, mostrou que a maioria dos aparelhos começa a ter queda no preço a partir do segundo mês disponível no mercado, com exceção de alguns aparelhos da Apple e da Motorola.

O comportamento é muito parecido entre os demais modelos analisados, sendo que a maioria deles leva três meses até apresentar queda de preço igual ou superior a 10%.

O levantamento analisou o preço mínimo que cada modelo apresentou por mês e considerou os modelos mais buscados da Apple, Samsung, Nokia, Asus, LG e Sony, desde dezembro de 2013.

Leia mais:

Apple retoma liderança na venda de smartphones

Continua após a publicidade

Uso de smartphone aumenta atividade cerebral, diz estudo

Os preços dos aparelhos da Apple costumam oscilar bastante. De acordo com o estudo, os iPhones 5C e 5S só apresentaram queda de preço em outubro, um mês antes do lançamento do iPhone 6 e 6 Plus.

Os modelos de Iphone 6 tiveram uma queda em dezembro, que possivelmente é decorrente de promoções, já que, segundo a pesquisa, “esse é um mês no qual o varejo aposta em ofertas mais agressivas por conta do otimismo das vendas de Natal”. Em março, a maioria dos smartphones dessa geração, com exceção do modelo mais caro, o iPhone 6 Plus de 128gb, voltaram a apresentar o mesmo preço do mês de lançamento.

Já os aparelhos da Motorola, das linhas Moto G e Moto X, foram lançados em setembro do ano passado e tiveram uma queda de preço expressiva (10% e 20%, respectivamente) em dezembro. Essa queda de preço é decorrente de promoções, já que esse é um mês que o varejo aposta em ofertas mais agressivas por conta do otimismo das vendas de Natal. Os preços desses aparelhos voltaram a subir em janeiro.

O smartphone que apresentou a maior queda em seu preço foi o LG G3 D855 de 16GB, que caiu 63%, passando de 2.279 reais para 1.399 reais. O Motorola Moto E DTV Colors Edition XT1025 de 4GB caiu 58%, passando de 599 reais para 378 reais. Outra grande queda foi do LG L Prime D337 de 8GB, que passou de 749 reais para 510,23 reais, uma queda de 47% no valor.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês