Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia Federal apreende iate de Eike Batista

Embarcação de 115 pés ficava ancorada em Angra dos Reis e foi comprada por 85 milhões de dólares em 2006

Atualizado às 11h50

A Policia Federal realizou na manhã desta quarta-feira, em Angra dos Reis, operação de busca e apreensão do iate do empresário Eike Batista, que estava ancorado na Marina da cidade. A ação foi determinada pelo juiz Flávio Roberto de Souza, da 3ª Vara Criminal Federal do Rio de Janeiro, como complemento às apreensões realizadas na semana passada na casa de Eike no Jardim Botânico. Foram apreendidos também três jet skis.

O magistrado responsável pelo caso de Eike baseou as ordens emitidas na última sexta-feira e hoje no fato de terem sido detectadas várias doações e transferências de recursos para os filhos de Eike, Thor e Olin, e para a atual mulher, Flávia. A PF realizou buscas também na casa do empresário em Angra.

Na semana passada, a Policia Federal recolheu seis carros importados, um piano, 16 relógios, um telefone celular e mais 90.000 reais em moeda nacional e 37.000 em outras moedas. Segundo a ordem judicial, a busca – assim como o bloqueio de bens de Eike e seus familiares, também decretado na semana passada – visa garantir o eventual ressarcimento das vítimas, caso Eike seja condenado pelos crimes de insider trading e manipulação de mercado. O julgamento do empresário, que já foi o homem mais rico do Brasil e o sétimo mais rico do mundo, começou em dezembro, mas foi suspenso para que alguns processos iniciados em São Paulo fossem anexados à causa.

Leia também:

Justiça determina bloqueio de R$ 3 bi de Eike e família

Eike Batista renuncia à presidência da ex-OGX

Para garantir o sucesso da operação e transportar a embarcação em segurança até a marina em que ficará ancorado, os policiais federais que foram a Angra dos Reis contrataram um piloto especializado. Nos bons tempos, quem dirigia o reluzente Spirit of Brazil VII – nome com que Eike o batizou – era um comandante italiano formado na própria fábrica, contratado pelo empresário por um salário de 60 mil reais por mês. O cuidado tinha razão de ser. Comprado em 2006 por 85 milhões de reais, o iate de 115 pés da marca italiana Pershing chegou à costa brasileira em 2008. Na ocasião, segundo o fabricante, era o mais rápido e mais caro que já singrara os mares nacionais até então. Batizado de Spirit of Brazil VII, o iate é praticamente uma mansão em alto mar: são quatro suítes, sala com TV de 67 polegadas e capacidade para receber até vinte convidados.

O ex-bilionário tem uma relação tão especial com a embarcação que não a vendeu nem mesmo durante a crise financeira que abalou seu império (na ocasião, Eike colocou a venda seus seis aviões). Seus filhos Thor e Olin também são fãs do Iate e com freqüência exibem fotos do veículo nas redes sociais.