Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Petróleo bate seu mínimo desde outubro em Nova York

Por Joel Saget 11 jun 2012, 16h48

Os preços dos contratos futuros de petróleo terminaram a segunda-feira em seu nível mais baixo em oito meses em Nova York, em um mercado cético quanto a capacidade do plano de ajuda europeu em socorrer de fato a Espanha.

O barril de “light sweet crude” (WTI) para entrega em julho perdeu 1,40 dólar, fechando a 82,70 dólares no New York Mercantile Exchange (Nymex), seu nível mais baixo desde outubro.

O petróleo seguiu as bolsas europeias, que abriram em alta após o anúncio de um plano de ajuda aos bancos da Espanha por até 100 bilhões de euros, mas que fecharam em queda, à exceção de Frankfurt.

“Assistimos a um movimento geral de queda dos ativos considerados de risco (como o petróleo) com uma alta do dólar, o que acentua a pressão sobre as cotações”, explicou David Bouckhout, da TD Securities.

Sobre Europa “temos a impressão de que quando curamos uma ferida, aparece outra”, disse Bouckhout, referindo-se aos temores dos investidores com relação à Itália, demonstrado nesta sessão através do aumento dos juros pagos pelos títulos com vencimento a dez anos.

Continua após a publicidade
Publicidade