Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petrobras deve apresentar balanço não auditado no dia 27

Documento devia ter sido divulgado em novembro do ano passado, mas a auditoria PriceWaterhouseCoopers se nega a chancelar números porque ainda teme resquícios de superfaturamento na estatal, envolvida no petrolão

A Petrobras deve apresentar no dia 27 de janeiro o balanço não auditado do terceiro trimestre de 2014, segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo. A divulgação do documento foi suspensa desde novembro porque a empresa de auditoria PriceWaterhouseCoopers (PwC) se negou a chancelar os números, temendo ainda haver resquícios de superfaturamento ainda não detectados pela estatal, em crise por causa do escândalo do petrolão. Segundo o jornal, a PwC mantém a decisão de não auditar o resultado.

A definição sobre a data do balanço não auditado ocorreu nesta terça-feira, durante a reunião do Conselho de Administração da empresa, em que também foi escolhido o novo diretor de Governança Corporativa, João Adalberto Elek Junior. Ainda não há previsão de divulgação do balanço auditado pela PwC.

Grande parte da reunião foi dedicada, contudo, a discutir os rumos de investimentos da companhia em período de queda do preço do petróleo. Nesta terça-feira, o preço do barril do Brent chegou ao menor patamar em quase seis anos: 46,59 dólares. Estimativas da própria estatal apontam que quando o preço do petróleo chegar a 40 dólares, a exploração do pré-sal deixará de ser rentável.

Leia também:

É hora de comprar ações da Petrobras?

A farra dos contratos sem licitação na Petrobras

Após petrolão, novo chefe da CGU anuncia setor só para fiscalizar estatais