Clique e assine a partir de 9,90/mês

Paulo Guedes cancela ida à CCJ para detalhar reforma da Previdência

Como a indicação de um relator foi adiada, ministro quer evitar superexposição

Por Por Redação - Atualizado em 26 mar 2019, 14h44 - Publicado em 26 mar 2019, 11h49

O ministro da Economia, Paulo Guedes, cancelou a sua ida nesta terça-feira, 26, à Comissão de Constituição e Justiça da Câmara (CCJ) — a primeira fase de tramitação do texto da reforma da Previdência.  

Quando foi marcado esse encontro, no dia 20 deste mês, era esperado que já houvesse um relator nomeado para o projeto na comissão. Como isso não ocorreu ainda e para evitar uma superexposição, o ministro desistiu de comparecer à comissão. O ministério deve enviar apenas técnicos da pasta para participar da discussão com os deputados.  

O ministro iria à CCJ para dar explicações aos parlamentares sobre a reforma da Previdência. Agora, a expectativa é que Guedes só vá à comissão depois que houver uma organização maior da base, já com o relator escolhido.

Os parlamentares queriam que o ministro esclarecesse pontos da reforma previdenciária e da proposta de mudança da aposentadoria dos militares, além de explicar a necessidade de mudança do sistema de Previdência Social do país.

O líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO), havia dito que os deputados tinham dúvidas sobre os impactos da proposta, apresentada pelo governo no mês passado. Segundo ele, a expectativa era que o ministro esclarecesse os principais pontos da emendas.

A semana passada foi marcada pelo impasse nas articulações políticas entre o Poder Executivo e a Câmara dos Deputados. Desta forma, o presidente da CCJ, Felipe Francischini (PSL-PR), decidiu adiar a indicação do relator até que o cenário político esteja mais favorável para a aprovação da reforma na comissão.

A previsão é que o nome seja indicado até quinta-feira, 28. O líder do PSL afirmou que Francischini está ouvindo partidos e governo para escolher o relator.

(Com Agência Brasil)

Continua após a publicidade
Publicidade